+ Responder ao Tópico



  1. Prezados, boa tarde!

    Peço a ajuda e compreensão de todos vocês!!
    Alguns parentes da minha namorada, moram em uma comunidade aqui no RJ,onde os serviços de Internet ainda não estão disponiveis, e os que tem, meu Deus ... Único provedor de Internet é Oi Velox, a qual não consegue cumprir com 1/4 da velocidade prometida. (O que muitas pessoas me disseram), um exemplo a avó da minha namorada tem um plano de 10Mb, o qual fica dificil até para assistir um simples video no Facebook ou Youtube.

    Mas vamos lá, chega de enrolação e vamos direto ao assunto...
    Pretendo montar um pequeno provedor de Internet, onde pretendo vender para meus clientes planos de 1 a 2 Mega, no momento não quero disponibilizar mais do que isso, pois o meu Link dedicado é de 15MB.
    De inicio quero montar uma estrutura para mais ou menos 30 Clientes, todos com Internet Cabeada.
    Utilizarei o firmware do Mikrotik e pretendo legalizar meu provedor (Quesito legalização já busquei todas as informações e estou ciente, pois irei receber ajuda e auxilio de um amigo que já teve provedor, que aliás vai me ajudar muito na criação desse, mas gostaria de aprender um pouco a mais sozinho e ainda receber novas opiniões e dicas, pois conhecimento nunca é de mais.

    Agora que já contem um pouco do meu projeto, quero saber de vocês opiniões e dicas para o inicio do meu projeto.
    Segue abaixo também, configuração das maquinas que deixarei como Ponto de acesso do provedor.

    Ambas possuem processadores da Intel i3.
    Uma com 1TB, memória ram de 4GB ram - Windows 7 Ultimate.
    Outra com 500 GB + 1HD de 250GB, 2GB ram - Windows 7 Ultimate.

    Sei que para uma maquina vou ter que comprar mais uma placa de rede, mais tenho alguns roteadores sobrando, seria possivel transformar algum desse como outra placa de rede ? caso não , tudo bem comprarei mais uma placa de rede, e peço uma ajuda de voces, qual comprar.


    Desde de já grato, aguardo a opinião de todos vocês.

  2. Eu diria que a parte MENOS importante é o hardware da autenticação, porque uma mísera RB450G dá conta de 200 clientes pagantes TRANQUILA (Um desktop com i3 gasta uns 50-60W por hora, a RB450G gasta menos de 10W, essa diferença dá uns R$ 20 a 50 na conta de luz, se vai ter poucos clientes não faz nenhum sentido usar desktop já que tem RB's pequenas com consumo muito baixo).

    Pra rede cabeada, a parte legal mais complicada não é licença de software (Que nas RB's é nativa, se comprar uma RB não precisa comprar licença da MK) mas sim o aluguel dos postes. Os postes são de propriedade da concessionária de eletricidade (Mesmo que foram colocados pela prefeitura, o possuidor que ganhou uma concessão de uso é a cia de energia, ela é quem manda neles, não são públicos, não pode sair pendurando de tudo), terá que ter CNPJ e licença SCM (De provedor) para apresentar um projeto de aluguel dos postes pra cia elétrica, só assim estará de fato legalizado.

    A parte que mais pesa é: Que estrutura de cabeamento vai usar? Se sair usando switch comum sua rede fica altamente vulnerável, num switch você esnifa numa porta o consumo dos outros clientes, fora que pode colocar um servidor DHCP num cliente (Cliente plugar cabo na lan ao invés de plugar na wan) e outros clientes ficam sem internet por causa disso. Teria que usar switch gerenciado ou algo do tipo, pra isolar os clientes entre si. E tem vários sistemas pra usar nesse caso, tipo POE-reverso (Recomendo), alimentação única a partir da base com 24-36V, e gambiarras que geralmente são ilegais tipo meter mais de 100VAC ou DC pelo cabo (Nenhuma cia elétrica costuma aceitar projeto que fale em uso de mais de 100V (AC ou DC) num cabeamento impróprio pra esse ambiente tipo cabo de rede (Acompanha como os funcionários sobem nos postes, apoiam escada na fiação, pisam na fiação, precisa fiação de capa muito grossa pra aguentar esse uso).

    A autenticação na base pra 30 clientes até uma RB750G baratinha faz, não precisa (Nem lucra nada!) usando um desktop gastador de eletricidade nesse caso, e o bicho pega é no resto da rede, se quer ser legal tem que ver que tipo de projeto a cia elétrica da sua cidade aceita pra alugar os postes, a coisa varia conforme a empresa mas duvido que alguma aceite alta tensão, no geral aceitam até sistemas de 48V apenas (Que funciona com fonte na base e alimentação pelos cabo, mas acho que fica mais em conta o uso de POE reverso).


    (No passado não existia RB de alta capacidade e fazia sentido usar RouterOS em desktop, hoje isso é um gigante desperdício de eletricidade, joga no lixo mais de R$ 50 em eletricidade todo mês, já que tem produtos tipo RB850GX2 ou RB1100AHx2 com capacidade pra 300 a 600 clientes, são produtos com consumo muuuuuuuito menor que qualquer desktop (Que não foi feito pra gerenciamento de rede))

    Sobre o uso ilegal dos postes, tem que ver se na região existe a praxe de retirar quem faz uso ilegal, nalgumas regiões parece que o crime corre solto e pode usar a vontade porque ninguém liga, mas eu estou em região que é CERTEZA que um cabeamento ilegal será removido em poucas semanas e vira PROCESSO na polícia. Mais fácil ser gatonet via wifi do que via cabo, via wifi tem como usar SSID oculto e tal, chama menos atenção (Mas 2km de alcance exige torre meio alta, não tem como não chamar atenção).






Tópicos Similares

  1. Estação cliente sem conexão de rede ativa! Me ajudem!
    Por leandroavance no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 1
    Último Post: 30-06-2009, 10:12
  2. Timer de 15 minutos, me ajudem.
    Por fagnerrodrigues no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 16-06-2009, 11:24
  3. Respostas: 33
    Último Post: 07-04-2009, 21:42
  4. Respostas: 3
    Último Post: 17-12-2007, 16:31
  5. pelo amor de Deus Gente me ajudem !!!!!!!!!!!!!!
    Por adelsonbbg no fórum Redes
    Respostas: 14
    Último Post: 19-05-2007, 09:11

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L