+ Responder ao Tópico



  1. Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         mapas.jpg
Visualizações:	98
Tamanho: 	151,5 KB
ID:      	64851

    Implantação de Rede cabeada - Fonte VCD - Sugestões na implantação


    Boa noite, gostaria de deixar com vocês o cenário da rede que irei implantar.
    Sobre o LINK e as antenas, não será necessário. Já está certo com o provedor.
    Fui informado que era necessário para o bom funcionamento da rede:
    - 1 CPU para o sistema de autenticação.
    - 1 RB 2011 (para gerencia da rede)
    Cenario:
    Distribuirei internet para aproximadamente 30 à 50 pessoas.
    A maioria será cabeada.
    Mais terei uma rede wifi para oferecer.
    Nessa rede wifi, foi sugerido um AP GROOVE, mais achei meio robusto para o que necessito. (a area de cobertura ficará em 2 km²). Nas minhas pesquisas, axei MK- Routerboard Rbsxt, será q atende?
    Segue em anexo o plano inicial de cabeamento.
    O cabeamento ira nas caixas Hermeticas e nos switchs 8p irei fazer a distribuição dos pontos para clientes, conforme necessidade.
    A energia será feita via PoE, vinda de uma fonte VDC, e nas caixas hermeticas terá placa POE PASSIVO para alimentação dos switchs.
    O que vocês acham? O que pode ser melhorado?
    Esse planejamento será implantado em no máximo 2 meses.

  2. Para esse tipo de sistema, sugiro cabos de altíssima qualidade com no máximo 75 metros entre um switch e outro, caixas para acomodação dos switches extremamente vedadas, com isso acho que vc consegue trabalhar mais ou menos, pq bom mesmo é fibra



  3. Sobre a parte de wifi, te recomendo dupla-polarização, e não o Groove.

    Com dupla-polarização você tem o dobro de throughput que com polarização simples, usando a mesma largura de canal.

    A CPE escolhida, SXT, tem polarização dupla, então usar ela pra conectar em Groove (Só 1 antena, polarização simples) é meio que desperdício.

    A Omnitik tem polarização dupla mas tem antena muito pequena (7,5dBi, dá só pra 1km em data rate grande, ou 2km em data rate muito pequeno), mas tem vários setoriais dupla-polarização onde poderia usar uma RB 912 da vida (Tem várias opções dupla-polarização da Mikrotik, mas todas sem antena), uma setorial num canto da cidade/bairro pode atender ele todo, não necessariamente precisa colocar uma omni (Que só faz sentido se ficar no meio).

    Tem a omni dupla-polarização da Ubiquiti, AMO 5G10 digamos, dá pra usar com rádio Mikrotik (Antena é elemento passivo, pode usar com rádio de qualquer marca), mas é caaaaaara (R$ 1,5 mil?), pelo menos permitiria no futuro vender planos maiores.

    (Pol. simples te obrigaria a usar canal mais largo pra vender plano maior, e no ambiente urbano hoje não tem espaço limpo sobrando pra muita coisa, achar 20MHz limpo já é raro, imagina achar um espaço de 40MHz sem uso!)

  4. atente-se com a qualidade do material que irá utilizar. faça a segmentação da rede utilizando VLANs. Switch com a função de VLAN fixa garante mais segurança, privacidade, reduz o tráfego de broadcasts, aumenta o desempenho e a largura de banda.
    Se sua rede comutada use a topologia com anéis nas ligações, poderá pesquisar sobre os protocolos STP, RSTP. Equipamentos com esse protocolo auxiliam na melhor performance da rede, evitando loops e monitorando evetuais conexões redudantes.



  5. Boa noite pessoal, o projeto continua. Na minha pesquisa de mercado, a previsão de usuários está em 47 clientes. Todos serão via cabo utp. Obrigado a todos pelas dicas.
    Queria uma opinião, neste topico RUBEM sugeriu algumas soluções de AP. Mas analisando o perfil dos usuários, gostaria de acrescentar a seguinte informação: Os dispositivos que irão conectar a rede wifi serão unica e exclusivamente celulares. Qual seria a sugestão de vocês?
    Recapitulando o cenário:
    47 usuarios utilizarão minha rede via cabo UP (essa solução já está resolvida).
    Alguns usuarios (ainda não fiz o dimensionamento do quantitivo, mais creio q seja no máximo 20) utilizarão a rede wifi via celular.
    Como poderia irradiar esse sinal nesse territorio?
    A RB gerenciaria toda a rede?
    EM relação ao SSID, seria melhor ser o mesmo ou diferente?

    Obrigado

  6. Mas você quer vender conexão sem o cliente ter um roteador?

    Eu acho isso uma ideia bem ruim, smartphone tem antena extremamente lixo, tem potência muito baixa, eu chego com meu netbook vagabundo de marca que nem existe mais, na casa dos clientes reclamando de wifi caindo, e pega sinal ótimo por toda a casa, enquanto esses lixos de smartphones (A maioria é um lixo em matéria de wifi) tem sinal tão baixo que nem conectam nalguns cômodos. Toda semana tem um desse, cliente reclamando de sinal ruim, mas que pra um notebook comum e barato tem sinal mais que suficiente.

    Colocar cabeamento até o clente, com POE reverso, obrigando o cliente a ligar a fonte do POE reverso e do roteador wifi, sai barato, um roteador wifi dos mais vagabundos (R$ 60) disca PPPOE na wan, seta um SSID por cliente e ele passa isso pros visitantes e amigos se quiser (É sacanagem alguém ir na sua casa e você não poder compartilhar a conexão que só existe no seu celular).

    Se quiser mesmo colocar uma antena por quarteirão, pros clientes conectarem DIRETO no seu AP, aí não é comigo, não vejo como isso prestar já que celular sempre responde com sinais ridículos tipo -80dBm, pra vender conexão tipo 300kbps talvez resolva, mas isso só funciona onde tem paredes finas, ou pouquíssimas paredes no caminho, no mundo real tem parede de 10 a 20cm de largura, a penetrabilidade muda conforme tipo de tijolo e areia, depende se tem árvore no meio, depende do tipo de telha usada (Amianto, barro, cimento), depende de ter forro de PVC, madeira, ou ter laje de concreto, enfim, em local onde todas as casas são simples e iguais isso talvez funcione, mas sempre vai ter um canto da casa mais distante onde não pegará sinal, e o problema não é potência de AP (Apesar de ter muito energúmeno que faz isso com 1W no AP, sendo que o smartphone responde com 0,05W) mas sim a antena pequena e baixa potência do smartphone. Se o cliente se contentar em usar só no canto da casa que fica mais perto do AP no centro do quarteirão, talvez funcione, mas com um AP comum na casa de cada cliente sempre dá pra posicionar e configurar (Não deixar no default) direito pra que pegue em qualquer canto da casa, em qualquer posição, até caído debaixo da cama.

    Ter o mesmo SSID não ajuda em nada, porque a conexão é feita rumo ao MAC dos AP's, no cabeçalho dos pacotes vai o MAC de destino, então não tem como fazer uma rede móvel com wifi, rede móvel é coisa pra 3G, 4G, Edge, GPRS, essas coisas, wifi é pra conexão fixa, conecta em um AP, e só passa pro outro hora que a conexão do primeiro AP cair, e fica uns instantes sem conexão (Entre um cair e escanear outro SSID).

    Se quer montar uma rede móvel, terá que usar um monte de Ubiquiti Unifi, aí sim pode colocar uma duzia de AP's e os smartphones podem zanzar por todo canto, o sistema dos Unifi é 100% diferentes dos AP's comuns e troca dados entre os AP's pra facilitar essa mobilidade. Mas wifi via de regra não é móvel, não dá pra sair andando e trocando sozinho de AP's, a conexão cai na hora da troca, e se cai já não é conexão móvel. Só que uma duzia de Unifi (Cujo software permite controle fácil de usuários, tem até sistema de ticket) custa muito mais caro que um sisteminha simples de POE reverso com fontes 12V e com um AP de R$ 60 na casa de cada cliente.



  7. Sr. Rubem, ou eu expliquei errado nessa minha ultima mensagem, ou você viajou totalmente.
    Quando falei da RB, eu perguntei se ela poderia gerenciar os AP. A RB vai gerencia a rede cabeada, conforme disse na 1º postagem. Queria uma sugestão de como seria com a parte wifi.
    Em relação a internet via wifi, quando disse que seria via celular, é que solicitaram o acesso a muitos dispositivos de celulares (a demanda é bastante solicitada). Tenho ciencia que a conexão via celular não é boa. Apenas quero pegar essa fatia de clientes que não tem computador em casa, e tem somente smartfone.
    Quero sugestões de como poderia atingir essa demanda, quais antenas utilizar, visando somente atingir o maior campo possível e a dispositivos de celular.
    Quando vc fala do POE reverso, a solução de energia, já foi sanada.
    Sobre o SSI igual, apenas queria uma sugestão no que se refere ao seguinte cenário: caso tivesse 4 AP's, cada vez que o cliente logasse em um, ele automaticamente estaria "logado" em todos, ou seja, não precisaria logar novamente ao chegar em outro AP.
    Desculpe-me se me expressei mal.

  8. Se você quer vender conexão pro cliente pra ele conectar o smartphone direto no SEU AP, o único jeito de transformar wifi em conexão móvel é com sistemas tipo o que o Ubiquiti Unifi faz.

    Wifi não é móvel, não adianta todos os AP's na cidade ter o mesmo SSID que a troca de conexão só vai existir quando uma conexão cair, quando o cliente fica num ponto onde os 2 AP's próximos tem sinal ruim ele terá conexão lixo o tempo todo porque não há mobilidade, não há troca contínua de conexão como ocorre com 3G ou 4G. Com Unifi teria algo bem similar a conexão móvel (3G, 4G, etc).

    O que sugiro é: Se já tem cabeamento, põe um AP de R$ 60 na casa de cada cliente, põe a wan desse AP discando o PPPoE, e configura um SSID como o cliente quiser, com a senha que ele quiser. E tanto faz se ele via conectar nesse SSID apenas smartphone, ou smartphones e notebooks.

    Ter um AP wifi com o PRÓPRIO SSID e senha (E não com um SSID do provedor) é meio que básico, é sacanagem não poder passar senha do wifi pra um parente ou amigo te visitando. Um roteador Dlink DIR600, Intelbras Win150, Gothan, tem vários AP's domésticos de R$ 60 a 80, com só 1 porta ethernet (Wan) ou com 2 (Uma lan e uma wan), não precisa dar ele pro cliente, diz que precisa o roteador pra ter SSID e senha próprios dentro de casa e DUVIDO que algum cliente se negue a pagar R$ 60 ou 70 por eles (Pessoal reclama de pagar R$ 200 por instalação, e MAIS R$ 600 por uma CPE+AP). Isso é bem simples, vende acesso só via rede cabeada, quem tem apenas smartphone compra o mesmo roteador comum que quem tem notebook.

    Se quer MESMO vender conexão direta pra celular (Pra SUPOSTAMENTE sair mais barato), só posso recomendar Unifi, configura meia duzia de AP's Unifi UAP-outdoor pelo mesmo Unifi Controller, e ele põe o mesmo SSID em todos, mas não é só isso, ele derruba a conexão quando o sinal está ruim (Pro celular conectar em outro AP), ele troca dados entre os AP's pra que a troca de conexão no smartphone seja mais rápida, enfim, ele é feito exatamente pra esse uso (Mas os equipamentos comuns são feitos exatamente pro OUTRO uso, pra cada casa com seu AP, com seu SSID e senha. O problema é que meia duzia de Unifi UAP outdoor custa MUITO mais caro que o custo de ligar cada cliente via cabo (Com um AP baratinho dentro de casa, de propriedade do cliente, com SSID e senha DELE), se já tem cabeamento na rua (Ou seja, se já fez o projeto com a cia elétrica e já paga aluguel dos postes).

    Se não tivesse cabeamento na rua concordaria que a solução via wifi é mais em conta, mas lugar onde TEM COMO receber sinais dos smartphones num nível decente são poucos, já falei que depende dos obstáculos e nem 1 AP Unifi por quarteirão necessariamente resolva.

    A maioria dos provedores vende pra cada cliente CPE + AP wifi doméstico porque é o único jeito de garantir qualidade, de garantir que vai ter 5Mbps de tráfego dentro de casa caso o cliente assine esse pacote. Usar AP comum (Um SXT 2HND ou algo assim, ou uma RB751-2hnd, ou uma velharia tipo Bullet M2) pra vender conexão direta pra cliente só funciona sem mobilidade, se colocar o mesmo SSID e autenticação em todas as torres tem que esperar a conexão de um AP cair pro smartphone conectar na outra, esse é o resumo e o peso da frase "Wifi não é conexão móvel". Unifi e similares dão um jeitinho pra tornar wifi meio móvel, na prática até funciona, mas com AP comum tipo um Groove r52hn não tem como fazer isso.
    Última edição por rubem; 22-09-2016 às 04:10.



  9. Sr. Rubem, agora sim vejo que você conseguiu entender minha colocação.
    Muito obrigado pelos esclarecimentos. Vou analisar e ver como farei.
    A partir desse seu depoimento mudei a visão sobre como vou fazer o projeto wifi.
    Muito obrigado pela colaboração.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 24-07-2012, 15:54
  2. Mudar nome de rede cabeada
    Por Welitonxd no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 5
    Último Post: 13-07-2012, 03:13
  3. Migrando de rede cabeada para wireless
    Por leandrofbn no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 30-10-2010, 18:29
  4. Respostas: 6
    Último Post: 23-10-2010, 15:10
  5. Respostas: 4
    Último Post: 06-10-2009, 15:18

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L