+ Responder ao Tópico



  1. #19

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    Muita fonte chaveada de baixa potência funciona com uns 40-45VDC mesmo.

    Toda fonte chaveada funciona com DC, geralmente tem um CI chaveador que é quem faz todo o trabalho, nominalmente no datasheet uns dizem precisar 60V pelo menos, mas isso é o que eles garantem, existe uma margem de funcionamento que ninguém pode garantir, por isso o jeito é mesmo brincar de Lego e encaixar até alguma ligar.

    E se não funcionar com 48V, pode usar conversor dc-dc pra elevar pra uns 80VDC, aí é quase certeza que toda fonte de baixa potência, e bivolt, funciona.

    (Fonte ATX quase nunca vai funcionar abaixo de uns 100VDC, porque são outros componentes, é potência 4 a 20x maior (E olha que falo de fonte ATX de 100W mesmo), tem mosfet chaveando, precisa tensão mais alta mesmo. Isso é só pra fonte bivolt compacta de potência tipo menos de 50 ou 70W)

  2. #20
    Moderador Avatar de Bruno
    Ingresso
    Nov 2002
    Localização
    Guarapuava-PR
    Posts
    4.064
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Muita fonte chaveada de baixa potência funciona com uns 40-45VDC mesmo.

    Toda fonte chaveada funciona com DC, geralmente tem um CI chaveador que é quem faz todo o trabalho, nominalmente no datasheet uns dizem precisar 60V pelo menos, mas isso é o que eles garantem, existe uma margem de funcionamento que ninguém pode garantir, por isso o jeito é mesmo brincar de Lego e encaixar até alguma ligar.

    E se não funcionar com 48V, pode usar conversor dc-dc pra elevar pra uns 80VDC, aí é quase certeza que toda fonte de baixa potência, e bivolt, funciona.

    (Fonte ATX quase nunca vai funcionar abaixo de uns 100VDC, porque são outros componentes, é potência 4 a 20x maior (E olha que falo de fonte ATX de 100W mesmo), tem mosfet chaveando, precisa tensão mais alta mesmo. Isso é só pra fonte bivolt compacta de potência tipo menos de 50 ou 70W)
    então @Rubens o chaveador da fonte da 1036 pede no datasheet 52V, muito perto dos 48 da retificadora, tem retificadora que sai 52v



  3. #21

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    Ter tem retificadora que carrega a 56V mesmo, outras tem carga suja com spikes de 60V!

    56V seria o mesmo que nobreak DC 12V que flutua as baterias a 14V, coisa nem tão comum, a maioria é 13,8V quando a temperatura é baixa (13,2V com calor, nos que tem compensador), e geralmente sistema 48V fica em ambiente nem tão quente, normal ver 55V (Eu nunca vi menos que isso, na verdade).

    Carregador -48V ("Retificador", como se isso tivesse só um diodo igual em 1950) por mais caro que seja as vezes é sujo e tem muitos spikes, algumas fontes funcionam só pelos spikes, quando o consumo é baixo só os spikes já são suficientes pra manter os capacitores eletrolíticos da fonte carregados. Mas por sorte como a tensão é alta, a corrente é baixa, então qualquer filtro LC filtra os spikes, e os equiptos 48V não sofrem nada com DC suja (Nada perto do ripple das fontes 12V).

    Só tenho certeza que funciona com 40V mesmo, não só com spikes, porque um dia um amigo me chamou com um nobreak AC 5kVA 96V, que não ligava, medi as baterias e tinham só uns 35V, ao invés de uns 84V que seria o mínimo (10,5V por bateria), e tinha isso porque ele ligou o rádio 48V com a fonte direto nas baterias, não na saída do nobreak, aí o rádio ficou ligado e consumindo, o nobreak desligou quando a tensão das baterias vazias chegou nuns 85V, mas o rádio continuou ligado até a tensão cair a 35V (Seria 4V por bateria, provavelmente comeu ANOS de vida útil só nesse dia!). Eu sempre imaginava que as fontes ligavam por causa do ripple e spikes, mas nesse dia vi que tem fonte que opera com DC limpa (Não tem nada mais limpo que DC direto de bateria).

  4. #22

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    Gente bom dia talvez eu não tenha sido muito específico na colocação o que acontece no retificador tenha saída de - 48 só que se você inverter a polinização dos cabos na hora de você ligar sai 48 digo isso porquê temos uma Mimosa b5c que ela trabalha com 48 funcionando dessa forma ligada direto no retificador pois aí que ficou minha pergunta se fizesse a mesma coisa com a CCR no Jumper interna da placa não funcionaria também



  5. #23

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    O que é polinização? Nunca tinha visto esse termo na elétrica.

  6. #24

    Padrão Re: Alimentando ccr 1009 com -48

    Citação Postado originalmente por avatar52 Ver Post
    O que é polinização? Nunca tinha visto esse termo na elétrica.
    Colega..Na boa...da pra ver que foi um erro do corretor ortográfico da porcaria do Android. ..É óbvio que seria POLARIZAÇÃO ... Se foi uma piada tá de boa ..Todos merecem descontração. .