Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L


Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico

  1. TVs e rádios reclamam de interferência de serviços sem fio
    A Agência Nacional de Telecomunicações está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi


    Rio de Janeiro - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem recebido muitas queixas de empresas de rádio e televisão de que as transmissões estariam sendo prejudicadas por interferências vindas dos serviços de tecnologia Wireless Fidelity (Wi-Fi) para acesso sem fio à Internet em determinados locais.

    A Anatel está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi. “A radiodifusão tem preferência sobre o Wi-Fi. Tem tido problemas sérios de interferência e, se a radiodifusão está tendo interferência, então tem que desligar o serviço de Wi-Fi que está provocando a dificuldade”, disse o gerente geral de certificação e engenharia do espectro da Anatel, Francisco Carlos Giacomini Soares.

    De acordo com ele, há várias empresas oferecendo serviço de Wi-Fi sem licença da Anatel, com equipamento não certificado pela agência e com potência acima da permitida, o que prejudica também outros provedores de Internet por Wi-Fi. É nesses três pontos que a Anatel vai centrar a fiscalização. “Vamos botar ordem nessa bagunça”, afirmou.

    A Anatel aprovou a resolução 365, publicada hoje no Diário Oficial, estabelecendo condições para os serviços de Wi-Fi como as freqüências de 2,4 Ghz e 5Ghz e potência máxima de 4 Watts. “Tá cheio dessas empresas que botam a potência lá em cima. Aí, onde poderiam funcionar quatro ou cinco, fica um sozinho. Um segundo que tentar não consegue operar”, disse Giacomini. Na semana passada, contou, a Anatel, fechou uma dessas empresas que operava como provedora de Internet em Londrina, no Paraná. Ele mostrou uma foto de uma antena improvisada feita com uma lata de óleo de soja vazia. “A lata de óleo como antena evidentemente não está homologada pela Anatel. Resolve, mas causa interferência”, afirmou.


  2.    Publicidade


  3. #2
    doidoht
    Citação Postado originalmente por ijr
    TVs e rádios reclamam de interferência de serviços sem fio
    A Agência Nacional de Telecomunicações está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi


    Rio de Janeiro - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem recebido muitas queixas de empresas de rádio e televisão de que as transmissões estariam sendo prejudicadas por interferências vindas dos serviços de tecnologia Wireless Fidelity (Wi-Fi) para acesso sem fio à Internet em determinados locais.

    A Anatel está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi. “A radiodifusão tem preferência sobre o Wi-Fi. Tem tido problemas sérios de interferência e, se a radiodifusão está tendo interferência, então tem que desligar o serviço de Wi-Fi que está provocando a dificuldade”, disse o gerente geral de certificação e engenharia do espectro da Anatel, Francisco Carlos Giacomini Soares.

    De acordo com ele, há várias empresas oferecendo serviço de Wi-Fi sem licença da Anatel, com equipamento não certificado pela agência e com potência acima da permitida, o que prejudica também outros provedores de Internet por Wi-Fi. É nesses três pontos que a Anatel vai centrar a fiscalização. “Vamos botar ordem nessa bagunça”, afirmou.

    A Anatel aprovou a resolução 365, publicada hoje no Diário Oficial, estabelecendo condições para os serviços de Wi-Fi como as freqüências de 2,4 Ghz e 5Ghz e potência máxima de 4 Watts. “Tá cheio dessas empresas que botam a potência lá em cima. Aí, onde poderiam funcionar quatro ou cinco, fica um sozinho. Um segundo que tentar não consegue operar”, disse Giacomini. Na semana passada, contou, a Anatel, fechou uma dessas empresas que operava como provedora de Internet em Londrina, no Paraná. Ele mostrou uma foto de uma antena improvisada feita com uma lata de óleo de soja vazia. “A lata de óleo como antena evidentemente não está homologada pela Anatel. Resolve, mas causa interferência”, afirmou.
    Onde vc achou essa notícia não tem o link pra gente ver a foto dessa antena!? Se tiver posta aí... valeu

  4. Citação Postado originalmente por doidoht
    Citação Postado originalmente por ijr
    TVs e rádios reclamam de interferência de serviços sem fio
    A Agência Nacional de Telecomunicações está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi


    Rio de Janeiro - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem recebido muitas queixas de empresas de rádio e televisão de que as transmissões estariam sendo prejudicadas por interferências vindas dos serviços de tecnologia Wireless Fidelity (Wi-Fi) para acesso sem fio à Internet em determinados locais.

    A Anatel está preparando fiscalização nacional sobre as empresas que oferecem Wi-Fi. “A radiodifusão tem preferência sobre o Wi-Fi. Tem tido problemas sérios de interferência e, se a radiodifusão está tendo interferência, então tem que desligar o serviço de Wi-Fi que está provocando a dificuldade”, disse o gerente geral de certificação e engenharia do espectro da Anatel, Francisco Carlos Giacomini Soares.

    De acordo com ele, há várias empresas oferecendo serviço de Wi-Fi sem licença da Anatel, com equipamento não certificado pela agência e com potência acima da permitida, o que prejudica também outros provedores de Internet por Wi-Fi. É nesses três pontos que a Anatel vai centrar a fiscalização. “Vamos botar ordem nessa bagunça”, afirmou.

    A Anatel aprovou a resolução 365, publicada hoje no Diário Oficial, estabelecendo condições para os serviços de Wi-Fi como as freqüências de 2,4 Ghz e 5Ghz e potência máxima de 4 Watts. “Tá cheio dessas empresas que botam a potência lá em cima. Aí, onde poderiam funcionar quatro ou cinco, fica um sozinho. Um segundo que tentar não consegue operar”, disse Giacomini. Na semana passada, contou, a Anatel, fechou uma dessas empresas que operava como provedora de Internet em Londrina, no Paraná. Ele mostrou uma foto de uma antena improvisada feita com uma lata de óleo de soja vazia. “A lata de óleo como antena evidentemente não está homologada pela Anatel. Resolve, mas causa interferência”, afirmou.
    Onde vc achou essa notícia não tem o link pra gente ver a foto dessa antena!? Se tiver posta aí... valeu
    Vc diz a antena feita com lata de óleo??

    Acho q tu encontra em www.warchalking.com.br uma feita com lata de pringles, dá p/ fazer tbm c/ lata de neston e a potência é de 12dbi, mas acontece que essas antenas são usadas geralmente por warchalkers.

  5. #4
    soco1000
    Galera que absurdo,,Antena de lata de picles ,,gente com o preço que tá as antenas não compensa arriscar ser lacrado pela ANATEL,Todo equipamento deve ser Homologado pela ANATEL,,,è melhor trabalhar com qualidade e Profisionalismo.Imagino que um antena desta,além de espuriar bastante e provoca potência refletida causando assim a queima do cartão. Aprendir nestes 22 anos trabalhando com telecomunicações que o importante é um bom casamento de antena e cabo e conexões bem soldada,a potência de wireless é muita baixa por isso é importante observar estes detalhes.




    Daniel

  6. Citação Postado originalmente por soco1000
    Galera que absurdo,,Antena de lata de picles ,,gente com o preço que tá as antenas não compensa arriscar ser lacrado pela ANATEL,Todo equipamento deve ser Homologado pela ANATEL,,,è melhor trabalhar com qualidade e Profisionalismo.Imagino que um antena desta,além de espuriar bastante e provoca potência refletida causando assim a queima do cartão. Aprendir nestes 22 anos trabalhando com telecomunicações que o importante é um bom casamento de antena e cabo e conexões bem soldada,a potência de wireless é muita baixa por isso é importante observar estes detalhes.




    Daniel
    Concordo com vc, mas essas antenas de lata de batatas pringles (não de picles) não são usadas por provedores, a não ser que o kra seja muito loco mesmo, essas latas são usadas por warchalkers, ou seja, pessoal hacker que estuda sua rede sem fio e descobre uma maneira de entrar nela, seja para capturar informações ou para acessar a internet de graça se for a rede de um provedor.


  7.    Publicidade