Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L


Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico

  1. #1
    Leandro C.
    Olá pessoal ... estou querendo instalar um ponto de repetição com uma omni em um posto de gasolina ... o sinal pode atrapalhar as bombas de gasolina ou qualquer outro tipo de interferência ??? O pessoal do posto está querendo isso por escrito, por tanto se vcs puderem indicar um link onde tem essa informação eu ficarei muito grato !

    =]
    (Slack 10, A perfect version)


  2.    Publicidade


  3. acho q ñ tem nada a ver. os postos ñ trabalham com ondas... hehehe
    então ñ atrapalha em nada... quanto a ser inflamável, isso lógico que não.

    não sei te dizer onde vc acha essa informação por escrito, mas aqui na cidade todos postos tão usando wireless sem problema nenhum.

  4. #3
    garupeiro
    Não atrapalha não agora aonde vc vai acha isso escrito ja nao sei tbm!!!


    A questao de se inflamavel depende, vai q vc coloca 1000 usuarios a repetidora começa a fica louca e entra em curto ai cai uma faisca e pega fogo no posto???

    Mas se isso acontece joga na MEGA-SENA que vc ganha!!!! :wink:

  5. #4
    lss
    Este texto pode ajudar :

    USO DE CELULARES EM POSTOS DE GASOLINA

    (Carta do Secretário Geral do Mobile Manufacturers Forum à Imprensa)
    30 de outubro de 2002
    Prezado jornalista,
    Em nome do Mobile Manufacturers Forum (MMF), associação internacional de fabricantes de equipamentos de comunicação via ondas de rádio, gostaria de fazer algumas importantes considerações sobre o uso de telefones celulares em postos de gasolina.
    As pesquisas científicas mostram que o risco de combustão causada pelo uso de telefones celulares em postos de gasolina é insignificante e que, no mundo todo, não houve nenhum registro de incidentes desse tipo.
    A quantidade de energia de rádio-frequência emitida pelos telefones celulares modernos é muito baixa para causar faíscas, que poderiam inflamar vapores de combustível.
    A preocupação em relação ao uso de telefones celulares em postos de gasolina foi baseada na idéia de que haveria um risco da bateria soltar-se e causar uma faísca, podendo inflamar o combustível; porém, não há nenhuma evidência confiável que apóie essa opinião. Consequentemente, algumas empresas de derivados de petróleo aconselharam seus clientes a desligar e não utilizar qualquer dispositivo eletrônico operado por bateria, em postos de gasolina.
    Entretanto, as atuais pesquisas que consideraram, especificamente, o risco de descarga de faíscas de telefones celulares (como ao usar as teclas, desconectar a bateria, alterar a configuração para o modo vibratório, curto-circuito acidental na bateria e descarga eletrostática), concluíram que isso é altamente improvável.
    O relatório Exponent Failure Analysis Associates, publicado em 1999 nos EUA, concluiu que “o uso de telefones celulares em postos de gasolina, sob condições normais de operação, apresenta um risco insignificante”, e que a probabilidade de tal incidente, sob quaisquer condições, “é muito remota”.
    “Os automóveis (que têm várias fontes potenciais de combustão) possuem um maior risco de causar combustão”, afirmou o relatório. “Finalmente, outras fontes potenciais de combustão estão presentes, como a descarga estática entre uma pessoa e um veículo”.
    Uma análise do centro de Estudos de Compabilidade Eletromagnética Sem Fio, da Universidade de Oklahoma, encontrou uma conclusão similar, em agosto de 2001. De acordo com essa análise, as pesquisas sobre esses assuntos “não forneceram qualquer evidência sugerindo que os telefones celulares apresentam riscos em postos de gasolina”.
    “Enquanto pode ser teoricamente possível que uma faísca da bateria de um telefone celular, em condições muito específicas, inflame vapor de gasolina, a evidência histórica não apóia a necessidade de mais pesquisas”, afirmou o relatório. “Até que haja uma evidência contrária, sugerimos que nenhuma outra ação seja iniciada a esse respeito, e que não há nenhuma recomendação exigida sobre telefones celulares e a indústria de petróleo”.
    O relatório também determinou que os sinais de rádio emitidos pelo telefone celular podem ser eliminados como potenciais riscos.
    A opinião desses especialistas se apóia no fato de que não houve, no mundo, nenhum incidente em postos de gasolina causados pelo uso de telefone celular.
    Os fabricantes de telefones celulares respeitam as iniciativas de cautela, mas o risco do uso de telefones celulares em postos de gasolina é extremamente baixo.
    Atenciosamente,
    Michael Milligan
    Secretário Geral do Mobile Manufacturers Forum

    O Mobile Manufacturers Forum (MMF) é uma associação internacional associação internacional de fabricantes de equipamentos de comunicação via ondas de rádio, cujos membros incluem Alcatel, Ericsson, Mitsubishi Eletric, Motorola, Nokia, Panasonic, Philips, Siemens e Sony Ericsson.

    O MMF foi fundado em 1999 para garantir a melhor coordenação de pesquisas, padrões e regulamentações, regras públicas e comunicação sobre efeitos potenciais à saúde de telefones celulares e estações rádio-base. Juntas, essas empresas globais produzem e comercializam aproximadamente 80% dos equipamentos de comunicação.

    Mas ja te adianto ,já estão usando wireless em postos de gasolina sim.

    Em www.teleco.com.br vc tb pode ter informações.

  6. #5
    LenTu
    show di bola Iss

    tirou todas as duvidas...

    nice shot !

    :twisted:


  7.    Publicidade




Usuários que leram este tópico: 0

Nenhum usuário nesta lista