+ Responder ao Tópico



  1. #1
    isolopak
    Visitante

    Padrão ajuda em analise do bind

    galera por favor facam uma analise no codigo que comentei e verifiquem se estou no caminho certo no meu raciocinio

    valew....

    ## no lugar do 0.200.200 coloco o IP valido da internet
    ##
    zone "0.200.200.in-addr.arpa" {
    type master;
    file "200.200.rev";
    };

    ## fazendo uma analogia
    ## empresa.com.br = uol.com.br

    zone "empresa.com.br"
    type master;
    file "empresa.com.br"; ## um arquivo que vou criar com o nome
    ## de uol.com.br para esta zona
    };




    ## crio o arquivo uol.com.br

    /var/naemd/empresa.com.br
    $TTL 86400

    ## uol.com.br pq root.uol.com.br???

    @ IN SOA empresa.com.br. root.empresa.com.br. (
    20050126 ; serial;
    3600 ; refresh
    900 ; retry
    1209600 ; expire
    43200 ) ; default_ttl
    ;
    @ IN NS host.empresa.com.br. ## qui sera o nome do
    ## servidor de nome?? tipo
    ## mk1.uol.com.br??
    5 IN MX email.empresa.com.br ## este sera o servidor de
    ## email, pd ser igual??
    host IN A 200.200.200.200 ## meu ip valido
    www IN CNAME host.empresa.com.br. ## mk1.uol.com.br
    ftp IN CNAME host.empresa.com.br. ## mk1.uol.com.br


    /var/named/200.200.rev
    $TTL 43200
    ## mk1.uol.com.br ????
    @ IN SOA host.empresa.com.br. root.empresa.com.br. (
    20050126
    3600
    900
    1209600
    43200 )
    @ IN NS host.empresa.com.br. ## mk1.uol.com.br
    5 IN PTR host

    por favor de uma olhada nos cometarios que fiz acima e verifique se minha analise esta correta, so nao entendi direiot o root.empresa.com.br, se eh que entendi direito.

    falew

  2. #2

    Padrão ajuda em analise do bind

    qual a sua duvida colega. ou melhor, oque esta acontecendo.



  3. #3
    karfax
    Visitante

    Padrão ajuda em analise do bind

    P:
    ###################################
    ## no lugar do 0.200.200 coloco o IP valido da internet
    ##
    zone "0.200.200.in-addr.arpa" {
    type master;
    file "200.200.rev";
    };
    ###################################
    R:
    Digamos que seu endereço seja:
    200.123.234.100
    então:
    zone "0.234.123.200-in.addr.arpa
    etc...
    O endereço reverso-in.addr.arpa,o último dígito como zero.

    #######################
    P:
    /var/naemd/empresa.com.br
    $TTL 86400
    #######################
    R:
    É /var/named !

    ##########################
    P:
    ## uol.com.br pq root.uol.com.br???
    ##########################
    R:
    É uol.com.br. <VEJA O PONTO
    root.uol.com.br.
    é o endereço de e-email para onde devem ser enviadas todas as dúvidas e reclamações sobre este domínio, sendo que o ponto é usado ao invés do "@".
    ##########################
    /var/named/200.200.rev
    $TTL 43200
    ## mk1.uol.com.br ????
    @ IN SOA host.empresa.com.br. root.empresa.com.br. (
    20050126
    3600
    900
    1209600
    43200 )
    @ IN NS host.empresa.com.br. ## mk1.uol.com.br
    5 IN PTR host
    ###########################
    R:
    .rev???? É o arquivo da zona reversa?
    Então:
    $ORIGIN 0.123.234.200-in.addr.arpa. <PONTO
    @ IN SOA host.dominio.com.br. superhyper.host.com.br. <ponto
    ; o "@" é usado neste caso para dizeer "ESTE HOST".
    Agora vc descobriu porque não pode ser usado "@" em endereços de e-mail nos arquivos de zona...

    HTH,