+ Responder ao Tópico



  1. #1
    birinix
    Visitante

    Padrão Tarifação de Central Teleônica

    Fala pessoal..

    ae, alguém conhece ou utiliza algum software para Billing de PABX?

    Ps. Possuo uma Central Pabx Intelbrás 4015.

    Falow..

  2. #2
    alvaro_rs
    Visitante

    Padrão Tarifação de Central Teleônica

    E dae tudo blz

    Cara software livre eu não cheguei e a procurar e usar.

    Tinhamos um software da Visys que é pago, o nome dele era maxxi tarifa agora é mister way, jah usei mto eh adptavel a quase todas as centrais basta configurar o bilete de tarifação.

    Se te interessa entra em contato com eles:

    http://www.visys.com.br/

    Abraços



  3. #3
    whinston
    Visitante

    Padrão remora

    acho que um dos mais famosos eh o remora, mas eh pago e de codigo fechado

  4. #4
    alvaro_rs
    Visitante

    Padrão Tarifação de Central Teleônica

    Para quem trabalha com programação não deve ser difícil de criar um software desses. Pois o bilhete que vem da central é uma linha de texto contendo as informações todas separadas por espaços.
    Teria que ler a porta serial e jogar isso para um banco de dados, quem domina programação de porta serial e banco de dados deve ser um abraço para fazer....
    Interessante é a idéia tá aí uma coisa que alguem poderia implementar para a comunidade que usa Linux.

    :-)



  5. #5
    namjoy
    Visitante

    Padrão Re: Tarifação de Central Teleônica

    Citação Postado originalmente por birinix
    Fala pessoal..

    ae, alguém conhece ou utiliza algum software para Billing de PABX?

    Ps. Possuo uma Central Pabx Intelbrás 4015.

    Falow..
    R)
    Eu tenho um tarifador que funciona em diversos PABX como:
    NEC, INTELBRAS, ALCATEL, SIMENS, PANASONIC E MAIS UM MONTE DE PABX
    basta o PABX imprimir em porta serial que eu configuro.
    Hoje ele esta em VB com CLIPPER 5.2e to convertendo ele pra rodar em linux usando o FLAGSHIP. tá previsto para JULHO/2005.
    Vou migrar todos meu clientes.
    90% dos meus clientes são hoteis de grandes redes