+ Responder ao Tópico



  1. #1
    Visitante

    Padrão qual a diferença??

    qual a diferença entre colocar as regras assim

    iptables -A INPUT -m state --state ESTABLISHED, RELATED -j ACCEPT
    iptables -A INPUT -i eth1 -s 192.168.0.0/24 -p tcp --dport 22 -j ACCEPT
    iptables -A INPUT -j DROP

    e assim

    iptables -A INPUT -i eth1 -s 192.168.0.0/24 -p tcp --dport 22 -j ACCEPT
    iptables -A INPUT -j DROP

    Obrigado a quem ajudar!!

  2. #2
    Visitante

    Padrão qual a diferença??

    a regra

    iptables -A INPUT -m state --state ESTABLISHED, RELATED -j ACCEPT

    é inútil se nao utilizar a flag syn do tcp em uma outra regra??



  3. #3

    Padrão qual a diferença??

    acho que isso aqui eh o suficiente pra sanar duvida:
    https://under-linux.org/noticia4712.html


    mas nesse caso em especifico se vc nao tiver as regras state, vc vai cosneguir conectar no ssh, mas nao vai conseguir trafegar nada, pq tudo vai estar bloqueado, da uma lida nesse artigo q passei q lah explica melhor

  4. #4
    Visitante

    Padrão qual a diferença??

    li o artigo, mas so nao entendi o q vc quis dizer com "trafegar nada".

    Obrigado.



  5. #5

    Padrão qual a diferença??

    exatamente oq a palavra quer dizer, vc vai conseguir conectar no ssh pq vc tem a regra --syn, mas num vai se quer conseguir dar um ls, pq o trafego de dados não está liberado, eh ai q entra o --state