+ Responder ao Tópico



  1. #1
    kraudio
    Salve salve galera, meu nome é Claudio e sou aluno da Universidade de Lavras/MG em estou cursando POS em Produção de Software com Enfase em Software Livre e gostaria da opniao de usuarios do GNU/Linux (SL em geral) sobre os padroes no SL, minhas duvidas sao as seguintes:
    1 - Os padrões servem para manter a ordem?
    2 - Com os Padrões você tem certeza do resultado?
    3 - Facilidade no desenvolvimento?
    4 - Aumenta a Acessibilidade?
    5 - Kurumin utilizase de padroes?
    6 - "Distribuições Linux unem-se para criar padrões
    Conectiva, Mandrakesoft, Progeny e Turbolinux anunciam acordo para criar padroes", sera isso possivel?
    7 - Se for mesmo possivel, sera melhor termos (no caso de gerenciadores de pacotes) um pacote como padrao? no caso qual sera o melhor(rpm, deb...)?
    8 - Ou ainda, que todas as distribuicoes conseguisem instalar pacotes diferente, como o debian poderia instalar pacotes rpm sem problema algum de invompatiblidade entre dist?

    Agradeço desde ja a atencao recebida
    e qualquer opniao sera bem vinda

    []'s
    Claudio Luiz Pozzebon

  2. Cara, trabalho de faculdade é sempre um trabalhinho e tanto.
    Eu passei por isso na época dos minis-computadores no Brasil.
    Eu penso que, o Linux mantém normas para tentar conseguir esse padrão. Na prática porém cada distro tem as suas características próprias, visando a facilitar o dia a dia de cada usuário. Existem distros que não trabalham por exemplo com rpm. Mas por questão de normas eles tem que ter algo que transforme o rpm em algo que a distro entenda. Então isso passa a ser norma padronizadora. Os comandos básicos de cada distros são praticamente iguais. Penso que também é padrão. Quanto a acessabilidade, imagino eu, que vai depender da vontade e interesse de cada em aprender e entender. O que também não é difícil. O Kurumin lendo no site do Morimoto segue o padrão Debian, que é uma distro respeitadíssima e bem padronizada, na comunidade Linux. Quanto a essa união Conectiva, Madrakesoft, Progeny e Turbolinux, acho que já teve alguma mudança. Afinal a Conectiva e Mandrake se uniram e criaram a Mandriva. Mas imagino que o padrão Linux permanece. Quanto a certeza do resultado, penso que a utilização do sistema operacional no dia a dia, é que vai dizer isso. A Mandriva lançou o Mandriva 2006 e com correções de 14000 bugs (eu acho estanho ... 14000 bugs ??? Deve ser publicação errada). Uma coisa que me ensinaram aqui e em outros fóruns e que eu tentei seguir, é que se eu tentasse utilizar o Linux configurando no modo texto eu teria menos problemas. Até porque o ambiente gráfico pouco difere do ambiente windows por exemplo. O KDE, Gnome hoje é uma realidade e não tem tantas diferenças do Bill Gates por exemplo. Realmente, eu segui esse caminho do modo texto. Passei pelo Conectiva 8, 10, Mandrake 10, SuSE 8.1 , 9.3, Kurumin 4.0 , 5.0 , Slackware 9 e 10.1 e outras por puro conhecimento. E existe padronização sim. Algumas pequenas diferenças, mas que a gente conhece com o uso a gente vai aprendendo. Mas o padrão Linux de configurar a maioria dos pacotes segue um padrão. A gente acaba é claro parando numa distro favorita. Por isso, por aquilo e aquilo outro. Mas dá para perceber que o Linux tem um padrão sim.
    Com certeza esse tópico deve ter mais e mais opiniões. Mas que o Linux hoje tem um padrão, tem sim.
    Um grande abraço e bom trabalho na sua pós-graduação. :good:






Tópicos Similares

  1. Senao SL-2511CD Plus ext2 802.11b (200Mw)
    Por f22bsd no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 13-02-2005, 18:08
  2. Padrões ? Só se definirmos os nossos!
    Por jweyrich no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 14
    Último Post: 13-01-2005, 10:12
  3. SL Americana
    Por Plugada no fórum UnderLinux
    Respostas: 2
    Último Post: 13-09-2004, 08:15
  4. Regras padrões do iptables
    Por no fórum Segurança
    Respostas: 5
    Último Post: 20-02-2003, 18:56
  5. Padrões para clusters
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 02-08-2002, 10:40

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L