Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Pessoal,

    Tenho certeza que alguem ja fez isso.

    criar um scritp que acione a compactação via .gz .bz2 etc... sendo que depois de isso gerado em um arquivo temporario automaticamente o script grava isso no CD Rom que foi colocado previamente na gaveta do servidor.

    eu consegui fazer o scritp chegar até o arquivo temporario mas não sei como fazer ele gravar isso no CD Rom.

    Alguem pode me ajudar.

    Agradeço desde já

    Roldan[/b]

  2. Bem... existe supondo que voce já tem o gravador a funcar... existe um utilitario para gravar CD's via linha de comandos... chama-se "cdrecord" aí é so juntar ao script e jogar com as argumentos do programa
    Um abraço



  3. #3
    fe_feu
    Amigo,

    Back-up em cd não é o que eu chamaria de confiável. Aconselho vc instalar mais um HD no seu servidor e montar somente na hora do back-up.

    Terminada a script desmonta o disco.

    Outra saída seria se vc tivesse outra máquina linux/windows na sua rede, vc poderia montar o compartilhamento desta máquina e jogar o back-up lá.

    Não confie em back-up no mesmo disco, mesmo que seja em partições separadas. A unidade de disco pode crechar e já era.

    O cd pode ser usado em conjunto com essas opções acima.

    Para gravar cd multisessão com o cd record:

    # cdrecord -v -eject speed=4 dev=ATA:1,0,0 -multi nomedoarquivo.iso

    No caso acima a flag "-multi" deixa o cd com a sessão aberta para a próxima gravação. Não esqueça de omitir esta flag quando for o último volume.

    O parâmetro "dev=ATA:1,0,0", que determina a sua unidade de cd, vc consegue saber qual é a sua com o comando:

    # cdrecord -scanbus

    Para continuar a gravação no disco gerado pelo comando acima vc precisa o ending-track da mídia. Isso vc consegue com o comando:

    # cdrecord dev=ATA:1,0,0 -msinfo

    Ele fornecerá algo assim: 0,16774

    O comando abaixo divide o arquivo iso em partes de 695Mb p/ gravar em quantos cd´s forem necessários:

    # tar cjvf documentos/pasta | split -b 695m arquivo_

    O split vai quebrar o arquivo gerado pelo tar em quantos forem necessários, todos com no máximo 695Mb, e eles receberão o nome: arquivo_aa, arquivo_ab e assim por diante.

    Pra juntar isso depois (restaurar)

    # cat arquivo_* > backup.tar.bz2

    É isso aí...
    Já dá p/ vc fazer alguma coisa...
    Espero ter ajudado...

  4. #4
    thiagog
    o script com SPLIT que voce mostrou eu ja utilizo e funciona muito bem
    ja gravar CDs no linux para mim é novidade porque nunca precisei mas meu cliente tambem me pediu isso;

    o /home dele esta com quase 3GB e eu precisaria gravar sem ser no formato .ISO

    acho que vou quebrar o diretorio dele em pedacos de 695m
    e depois sim gravar pasta_de_695m em cada cd ou entao utilizar uma gravadora de DVD de outro linux aqui;

    o que voce sugere ?



  5. #5
    fe_feu
    Thiago,

    Se vc tem a gravadora de DVD então manda ver nela. Vc deve usar os recursos que tem à disposição.






Tópicos Similares

  1. Slackware pela rede, em um notebook sem disquete e cd-rom...
    Por jayson no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 22-09-2005, 21:30
  2. como instalar o conectiva 10 sem cd-rom, em uma rede.
    Por akiraplex no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 19-06-2005, 10:41
  3. Backup em Cd-rom
    Por Good_speed no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 20-05-2005, 08:28
  4. Backup em CD (arquivo "grande")
    Por mistymst no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 20-01-2003, 21:42
  5. Backup em CD-RW
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 09-01-2003, 16:05

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L