Infect,

E demais Provedores,

Tudo que foi dito neste tópico e no outro tópico sobre o wimax, inclusive muito bem comentado pelo nosso amigo nataniel, tem relação direta e exclusiva com o tipo de exploração de mercado que as operadoras vem fazendo;

Agora, tem mais coisas além de carta aberta ao Ministro que poderemos fazer, que seria, judicialmente entrar com ações impedindo as novas assinaturas dos contratos de concessões que agora foram prorrogados para o dia 22 e não mais 28 de Dez;

Nós participamtes da ABRAMULTI, bem como os que aqui também fazem parte da ABUSAR, fizemos das tripas coração para levantar 100000,00 reais para o pagamento da ação Civil Pública que impedisse isto, eu sou pequeno, como muitos aqui, tenho na minha carteira de clientes 100 radios e 80 discados, cidade com 20000 habitantes, e paguei do meu bolso R$2000,00 reais para esta ação, em 4 cheques, 3 a prazo;

Esta nossa ação, teve ontem julgada o seu pedido de liminar, pela mesma juiza que deu liminar a favor da GTech para quem se lembra, e foi INDEFERIDA;

Senhores o que mais revolta não é simplesmente o fato de não termos conseguido em primeira instância a LIMINAR, mas sim o completo e total descaso em relação aos pequenos, não se assustem se os pequenos provedores, mesmo em cidades de 15 a 20 mil hab, antes de junho deste ano termos todas as cidades cobertar por ADSL pois isto é o que esta em um dos documentos que levantamos da TELEMAR, a meta é atingir 99% dos estados em que ela atua em cidades que hoje nem sequer telefone tem ainda.

Me perguntem como conseguirão tanto dinheiro, quem viu a entrevita do helio costa na TVE, viu o que eles estão fazendo com o dinheiro do FUST, portanto senhores, morrer calado eu não vou, coloquei minha vida e minha família neste negócio, fiz a minha parte paguei a ação, mesmo sabendo que o resultado poderia ser ruim, e vou fazer o possivel para pagar a outra ação em que entraremos contrao ADSL e a exploração do SVA - Serviço de Valor Adicionado das Teles, que pela LGT, LEI GERAL DE TELECOMUNICAÇÕES, não é permitido.

bom se ainda alguém aqui quer trabalhar (para si) podem ter certeza que o que deve mudar não é unica e exclusivamente o fato de como e quando operar nas novas tecnologias, mas sim se vamos ter o direito de acesso a elas.

E é por estes direitos que estamos lutando na JUSTIÇA, senhores imaginem o seguinte cenário.

A Nova LGT, permitir e isto já esta se tratando nos conselhos de formação, que a operadora tenha direito exclusivo de explorar o SCM, e a segunda licença que inventaram SCD que nós relis microempresários não poderemos explorar, tendo direitos inclusive, não querendo, por não compensar de fornecer sequer links de dados para nós, como trabalharemos???

Temos noção de que o que nós devemos fazer é algo como em associações como estamos já fazendo conseguir comprar backbones diretos fora do Pais e termos os nossos datacenters, ou locarmos, para sairmos por exemplo: um trace do nosso link ao yahoo, não dê 18 saltos, mas sim apenas 2 ou 3, como nas redes dos provedores gratis, e nos ADSL, senhores hoje já compramos o resto do que sobra nos backbones, e para quem não sabe os links novos em MG todos estão 2 saltos abaixo de onde o trafego do velox passa, então se voce compra 6 MB, da telemar por exemplo você esta sucetível a sofrer com a lentidão pelo consumo do VELOX e não somente da internet do brasil.

União é simples, afilie-se , temos ABRAMULTI, ABRAAFI, INTERNET SUL, REDENETWORKS, estas para nós micro empresas, para usuários - ABUSAR .

UNIÂO, é a palavra de ordem , independente se vamos continuar donos dos nossos negócios, ou apenas terceirizados como o Nataniel já disse da estrutura de alguma tele.

Abraços a Todos.

Massa
gustavosamonte@msn.com