Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Para entrar com o pedido e ortoga SCM a Anatel pede uma série de documentos sobre a empresa e também um projeto básico, mas esse projeto básico é necessário ser feito por um engenheiro ou somente o projeto para registro das estações deve ser feito por um genheiro?

    Portela

  2. Aqui eu fiz tudo o engenheiro so vinha e assinava e carimbava os papeis leva em media 18 a 24 meses para fazer tudo, da uma dor de cabeça grande, se tiver condições pague alguem que saiba fazer eu pagaria hoje pra alguem fazer na época nao tinha condições e achava carro o que as empresas cobram hoje depois do tempo que perdi e da dor de cabeça que tive acho isso barrato , hehehe na verdade vc tenque pagar um engenheiro mensalmente contrato minimo de 20 horas perante o Crea sao 6 Salarios, eu sei porque eu pago isso tb, os 9 mil não é o que mais custa.



  3. Citação Postado originalmente por vanderleimt
    Pagar um Engenheiro de Telecomunicações/Eletrecista mensalmente é facultativo, porque tem vários engenheiros que assinam esse projeto por R$: 650,00 em uma única vez, vale para o ano todo, aí então no próximo ano tem que renovar a ART, aí vc paga mais uns R$: 600,00 que valerá por mais um ano e assim sucessivamente.

    Provedores pequenos não tem condições de pagar mensalmente um engenheiro de telecomunicações ou eletrecista nesses valores. E os administradores de provedores por ausência de conhecimento se sugeitam a esses absurdos.

    Att.

    Vanderlei.
    Só que a empresa precisa ser registrada no CREA (exigência da Anatel para obtenção da SCM) e para isso o CREA exige um engenheiro que seja responsável pela empresa.

  4. Pessoal posso contratar um engenheiro de qualquer lugar ou é obrigatório ser do mesmo estado onde o provedor estar instalado?



  5. No site da Anatel tem informando que o processo para a legalização total do provedor é composto de 3 fazes:


    » FASE I - DA AUTORIZAÇÃO

    I - Habilitação jurídica:
    II - Qualificação técnica:
    III - Qualificação econômico-financeira:
    IV - Regularidade fiscal:


    DO PROJETO BÁSICO
    Art. 1º O Projeto Básico, elaborado pela pretendente, e que fará parte do termo de autorização, deve conter pelo menos as seguintes informações:
    I - caracterização da área de prestação de serviço, relacionando as localidades geográficas abrangidas e a Unidade da Federação;
    II - âmbito da prestação;
    III - radiofreqüências pretendidas e a respectiva polarização, quando for o caso;
    IV - pontos de interconexão previstos;
    V - descrição geral do sistema pretendido, incluindo:
    a) a indicação dos principais pontos de presença;
    b) descrição sistêmica indicando os principais blocos constituintes do sistema e suas funções, com diagrama ilustrativo simplificado;
    c) descrição operacional.
    VI - cronograma de implantação da rede.

    » FASE II - DA INSTALAÇÃO DO SISTEMA

    Depois que a ortoga sai você vai instalar o sistema

    » FASE III - DO LICENCIAMENTO DO SISTEMA

    Depois de instalado você tem de registrar as estações



    Agora tenho uma dúvida, para a elaboração do projeto básico, que será enviado a anatel junto com toda a documentação da empresa, e necessário que o mesmo seja feito por um engenheiro ou vou precisar de um engenheiro somente quando estiver na fase II?


    Portela






Tópicos Similares

  1. Procuro engenheiro para tirar a SCM
    Por weasel no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 06-08-2014, 19:57
  2. Não tenho tempo para tirar a SCM o que fazer?
    Por juliermefreitas no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 19-03-2014, 22:29
  3. Qual o procedimento para tirar a SCM Própria?
    Por chronos7 no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 24-09-2009, 09:22
  4. Que Equipamentos usar para tirar a SCM
    Por nattus no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 25-01-2009, 13:37
  5. Como faço para tirar uma clusterização?
    Por dilsinho no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 12-06-2003, 16:43

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L