Resultados da Enquete: comando para copiar hd ou partição

Votantes
1. Você não pode votar nesta enquete
  • copiar hd

    0 0%
  • copiar partição

    1 100,00%
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão comando para copiar hd ou partição

    Informações sobre comandos???

    Galerinha, é o seguinte:

    Sei que no linux, tem um comando que se da para copiar uma partição, ou até mesmo um HD. Essa cópia é bit a bit.

    Alguém sabe me informar esse comando?


    Valeu!!!!

  2. #2

    Padrão comando para copiar hd ou partição

    Já achei galera:

    Naõ sei se tem comandos diferentes que esse. Até se alguem souber alguma forma diferente posta ai.

    O comando que encontrei é o seguinte:

    # dd if=/dev/hdc of=/dev/hdd

    E uma copia exata do hd no ide2 master sera feita no ide2 slave. Aqui cabe um aviso importante sobre linux em geral: se voce instalou o linux com o hd no primario master, e muda-lo para primario slave ou secundario master, o sistema nao vai dar boot. E ,obviamente, uma copia desses sistema tambem nao. Ou seja, quando for instalar esses hds numa maquina, certifique-se de que estao no mesmo ide e com a mesma configuracao (master ou slave) com que aquele linux foi instalado. Agora, a boa noticia e que a principio nao importa o SO que voce tem no hd original. O dd nao faz discriminacao Vai copiar bit a bit o que estiver no primeiro hd para o segundo. Legal ne?

    Bom, isto aqui ja quebra um galho de quem tem que instalar varias maquinas em serie, e essas maquinas em geral costumam ser iguais entre si. Mas e se forem maquinas diferentes, com hds de capacidades diferente?


    HDs DE DIFERENTES TAMANHOS

    Primeiro entra uma regra simples e logica, se voce quer colocar um sistema de arquivos dentro de um dispositivo, este tem que ter espaco para tanto. Ou seja, sempre copie do hd menor para o hd maior, nunca o contrario. No mais, voce pode utilizar o procedimento que foi feito ate agora, que a unica consequencia e que sobrara espaco nao particionado ao final do hd de destino. O qual voce sempre pode, posteriormente, particionar e especificar um ponto de montagem para ele. Uma outra situacao e que voce pode desejar querer mover aquele linux para um outro hd com outro esquema de particionamento. Aqui entra de novo aquela caracteristica do linux: se voce especificou que o raiz vai ficar, por exemplo, em /dev/hda3 durante a instalacao no hd original, no novo hd este tambem vai ter que estar em /dev/hda3. Se especificou que o /boot tem que ficar em /dev/hda2, tambem tem que ficar em /dev/hda2 no novo hd. Mas a boa noticia e que nada impede essas particoes de estarem alguns blocos mais a frente ou mais para tras, o que nao pode e haver mais particoes antes das particoes a serem copiadas em relacao ao hd original. Isto posto, nada impede que voce faca algo como:

    dd if=/dev/hdc2 of=/dev/hdd2 (admitindo que os hds estao no ide2 master e slave respectivamente)

    E repetindo o comando para quantas particoes formarem seu sistema, nao esquecendo a de swap claro. De novo chamando a atencao, note que foi copiado hdd2 para hdd2, ou seja, segunda particao para segunda particao. Mas nao ha impedimento que no primeiro hd a primeira particao tenha 2G enquanto que no novo hd a primeira particao tenha 4G, fazendo com que a particao hdd2 fique bem adiante.

    Note que, neste procedimento, voce nao copiou o boot loader para o segundo hd, ou seja, ele nao vai dar boot logo de cara. Voce vai ter que instala-lo manualmente. Se for o lilo, e se voce tiver o arquivo de configuracao do boot loader a ser instalado no novo hd no seu diretorio atual do linux que esta usando para executar a copia, voce pode fazer algo como:



  3. #3
    eyglys
    Visitante

    Padrão boa dica

    boa dica

  4. #4
    Digital_man
    Visitante

    Padrão Copia Exata

    Citação Postado originalmente por tomelin
    Já achei galera:

    Naõ sei se tem comandos diferentes que esse. Até se alguem souber alguma forma diferente posta ai.

    O comando que encontrei é o seguinte:

    # dd if=/dev/hdc of=/dev/hdd

    E uma copia exata do hd no ide2 master sera feita no ide2 slave. Aqui cabe um aviso importante sobre linux em geral: se voce instalou o linux com o hd no primario master, e muda-lo para primario slave ou secundario master, o sistema nao vai dar boot. E ,obviamente, uma copia desses sistema tambem nao. Ou seja, quando for instalar esses hds numa maquina, certifique-se de que estao no mesmo ide e com a mesma configuracao (master ou slave) com que aquele linux foi instalado. Agora, a boa noticia e que a principio nao importa o SO que voce tem no hd original. O dd nao faz discriminacao Vai copiar bit a bit o que estiver no primeiro hd para o segundo. Legal ne?

    Bom, isto aqui ja quebra um galho de quem tem que instalar varias maquinas em serie, e essas maquinas em geral costumam ser iguais entre si. Mas e se forem maquinas diferentes, com hds de capacidades diferente?


    HDs DE DIFERENTES TAMANHOS

    Primeiro entra uma regra simples e logica, se voce quer colocar um sistema de arquivos dentro de um dispositivo, este tem que ter espaco para tanto. Ou seja, sempre copie do hd menor para o hd maior, nunca o contrario. No mais, voce pode utilizar o procedimento que foi feito ate agora, que a unica consequencia e que sobrara espaco nao particionado ao final do hd de destino. O qual voce sempre pode, posteriormente, particionar e especificar um ponto de montagem para ele. Uma outra situacao e que voce pode desejar querer mover aquele linux para um outro hd com outro esquema de particionamento. Aqui entra de novo aquela caracteristica do linux: se voce especificou que o raiz vai ficar, por exemplo, em /dev/hda3 durante a instalacao no hd original, no novo hd este tambem vai ter que estar em /dev/hda3. Se especificou que o /boot tem que ficar em /dev/hda2, tambem tem que ficar em /dev/hda2 no novo hd. Mas a boa noticia e que nada impede essas particoes de estarem alguns blocos mais a frente ou mais para tras, o que nao pode e haver mais particoes antes das particoes a serem copiadas em relacao ao hd original. Isto posto, nada impede que voce faca algo como:

    dd if=/dev/hdc2 of=/dev/hdd2 (admitindo que os hds estao no ide2 master e slave respectivamente)

    E repetindo o comando para quantas particoes formarem seu sistema, nao esquecendo a de swap claro. De novo chamando a atencao, note que foi copiado hdd2 para hdd2, ou seja, segunda particao para segunda particao. Mas nao ha impedimento que no primeiro hd a primeira particao tenha 2G enquanto que no novo hd a primeira particao tenha 4G, fazendo com que a particao hdd2 fique bem adiante.

    Note que, neste procedimento, voce nao copiou o boot loader para o segundo hd, ou seja, ele nao vai dar boot logo de cara. Voce vai ter que instala-lo manualmente. Se for o lilo, e se voce tiver o arquivo de configuracao do boot loader a ser instalado no novo hd no seu diretorio atual do linux que esta usando para executar a copia, voce pode fazer algo como:
    Mais basta eu por um HD lá, sem formatação nenhuma tirado da caixa e pronto, e so colocar na IDE 2 e depois da o comando?



  5. #5

    Padrão comando para copiar hd ou partição

    isso mesmo, .....

    vc vai ter que montar primeiro o hd no sitema, para que o linux encontre o seu hd.


    tipo vai no /etcfstab e coloque ali.

  6. #6

    Padrão comando para copiar hd ou partição

    rsync também ajuda neste caso.



  7. #7

    Padrão comando para copiar hd ou partição

    Citação Postado originalmente por jorgetomazeli
    rsync também ajuda neste caso.
    Eu uso o G4U (ghost for unix) e faço via rede.

    Primeiro configure um servidor ftp (proftpd, vsftp, pure-ftp, etc) e dhcp.
    FTP:
    https://under-linux.org/noticia4485.html VSFTP
    https://under-linux.org/noticia4416.html Pure-FTP
    http://vivaolinux.com.br/artigos/ver...hp?codigo=1926 AxyFTP (WSFTP pra linux
    http://vivaolinux.com.br/artigos/ver...php?codigo=392 Pro-ftp

    DHCP:
    http://www.vivaolinux.com.br/artigos...=4011&pagina=2 Tutorial simples mas vc precisa de coisa simples mesmo.

    Crie uma conta no grupo ftp com o nome "install"
    useradd -g ftp install
    passwd install

    Daih vc baixa os arquivos:
    http://www.feyrer.de/g4u/g4u-2.1-1.fs
    http://www.feyrer.de/g4u/g4u-2.1-2.fs

    Ai vc cria o primeiro disquete
    cat g4u-2.1-1.fs >/dev/diskette

    Cria o segundo disquete
    cat g4u-2.1-2.fs >/dev/diskette

    Agora vc tem dois disquetes de boot. É hora de fazer a imagem.

    Coloque o seu server pra rodar e na máquina que vai ser clonada vc coloca para dar boot do disquete 1. Ele vai pedir para você colocar o segundo e apertar enter. Faça isso.

    Ele vai ler as configurações da máquina e montar placa de rede e outras tranqueras.

    Se vc ficar percebendo ele vai pegar um endereço de ip atribuido do seu server (Por isso tem de ter o server dhcp).

    Aparecerá um menu explicativo de como usar o programa. mas abordarei os principais comandos.

    uploaddisk <IP-Servidor-FTP> <nome da imagem> <disco>
    Esse comando envia a imagem do "disco" e armazena compactada no servidor ftp com o nome <nome da imagem>.

    uploadpart <IP-Servidor-FTP> <nome da imagem> <partição>
    Mesma coisa mas vc pode especificar soh uma partição.

    slurpdisk <IP-Servidor-FTP> <nome da imagem> <disco>
    Baixa para a nova máquina uma imagem criada e armazena em disco.

    slurppart <IP-Servidor-FTP> <nome da imagem> <partição>
    A mesma coisa da de cima mas baixa a imagem de uma partição.

    disks
    Mostras os discos presentes no computador. Com esse comando vc coloca o nome em <disco> mas normalmente eh "wd0" para primário master.

    A vantagem desse sistema eh que vc pode fazer várias máquinas ao mesmo tempo e ele copia inclusive a MBR. Pra máquinas iguais ainda num vi melhor. DAih é só fazer as modificações como nome da máquina e rede e deitar e rolar enquanto o computador faz tudo que vc teria que configurar um por um.



    Afffff. Isso aqui merecia um tutorial neh?