+ Responder ao Tópico



  1. #1
    cl2b2r
    Olha so o que aconteceu comigo...
    Tenho um cliente que tem 3 maquinas acessando um programinha feito em Delphi com banco de dados em paradox, o que aconteceu é que o servidor dele antigo deu pau e eu tive que trocar o hd , reinstalar, e voltar o backup, inclusive os arquivos de configuração.
    So que a maquina principal que acessa esse programa criava aqueles arquivos .LCK e .NET com usuario root (pq ele é admin do samba) e grupo = ao dono da conexao.
    com isso ninguem acessava o programa. qdo outro usuario logava sem ele estar no prog e criava os arquivos tudo ok! todos acessavam.
    bem, por fim so foi funcionar para todos quando eu mudei o grupo dele para um grupo especifico que nem era o proprietario dos arquivos! qualquer outro grupo que nao aquele da problema!!!
    alguem ja passou por isso? se sim por favor diga como conseguiu resolver! :-D


  2. Cl2b2r, boa noite caro amigo. Na empresa onde trabalho, utilizamos desde o Delphi 2 com o Paradox e agora paramos no Delphi 5. Na verdade está sendo desenvolvida outra versão do sistema para a empresa que está já em fase de testes em Java. Mas enquanto isso não acontece, continuamos a utilizar o Delphi com Paradox. Já passamos por n problemas com o Paradox. A nossa rede tem cerca de umas 15 máquinas windows acessando o servidor Linux com Slackware 10.1 que já foi Conectiva 8. Tivemos esses problemas com os arquivos .lck e .net. Mas lendo no próprio site da Borland lá tem umas dicas legais na utilização do Paradox (não sei se ainda está disponível). Seguimos essas dicas e estamos com o Paradox mais estável. Pelo menos não estamos tendo problemas de reindexação como acontecia várias vezes no dia. Uma dica da Borland, é criar um diretório denominado netdir e nesse diretório é onde o Paradox vai criar os arquivos .lck e .net. Crie esse diretório dentro do diretório onde vai ficar a sua base de dados Paradox. Dê um chmod 777 no diretório netdir. Outra coisa, criamos todos os usuários pertencendo a um mesmo grupo. Por exemplo : users. Quando criamos os usuários, jogamos eles no grupo users, e mudamos tanto o diretório da base de dados quanto o diretório netdir para o grupo users, através do chgrp . Outra coisa que a Borland também sugere : nas máquinas windows adicione o protocolo NetBUI, pois o protocolo TCP/IP gera instabilidade no Paradox, ao acessar os arquivos .lck e .net. Palavras da Borland. E por último, não sei se me lembrei de tudo, no BDE Administrator, na opção Local Share, ela sugere colocar como "no". Alguns utilizam essa opção como "yes", isso faz com cada máquina fique criando arquivinhos locais com cada acesso a base Paradox. E no nosso caso como utilizamos o samba, adicionamos cada usuário também no arquivo smbpasswd. Não sei se era isso o que desejava. Um grande abraço e fique com Deus ..... :-)






Tópicos Similares

  1. DNS que coisa louca viu
    Por Visitante no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 22-02-2005, 13:08
  2. A coisa tá feia!!!!
    Por mirror no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 03-01-2003, 11:58
  3. coisa do passado.
    Por pensador-ce no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 11-12-2002, 15:19
  4. Duvida sobre uma coisa do underlinux...........
    Por _Luigi_ no fórum UnderLinux
    Respostas: 7
    Último Post: 07-12-2002, 22:51
  5. SOCORRO!!!! SARG....ACCOUNTING....RADIUSLOG...QQUER COISA...
    Por dboom no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 05-12-2002, 12:41

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L