Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Cyber cafés e Lan Houses - SCM

    Li em algum tópico aqui não lembro, que o que caracteriza a necessidade de uma SCM é a comercialização do um serviço.

    Bom aqui em minha cidade tem algumas lan-houses que inclusive usam rede sem fio em sua rede e compram sinal residencial da Brasiltelecom para comercializar. Então pergunto? Eles estão agindo ilegalmente uma vez que esse serviço de ADSL não pode ser recomercializado? Se eles estão agindo ilegalmente porque não há fiscalização em cima de cyber cafés-nesse sentido?

    Vira e mexe leio que alguem foi preso por compartilhar internet ilegalmente etc mas sempre ligado a provedores e nunca sobre cybers.

    Seria isso uma conspiração? hehehehehe

  2. #2

    Padrão

    Caro amigo,

    Na teoria , sua lógica está correta, a LANHOUSE deveria sim possuir SCM, entretanto, em vários seminários que participei a ANATEL não mostrou preocupação com este perfil de prestador.

    Nunca tinha ouvido falar que prenderam alguém que compartilha a INTERNET, mas vejo com preocupação o fato que muitos assinantes residenciais de VELOX estão compartilhando o VELOX com vizinhos em condomínios. O que fazer?

    Cordialmente,



  3. #3

    Padrão

    E vou mais longe:

    Aqui no prédio, com 60 apartamentos, tinhamos um provedor que fornecia internet a pelo menos 50 apartamentos. Cansei de pedir ao provedor que aumentasse o link, uma vez que o prédio tinha link de 600K compartilhado. Chegava final de semana, usar internet era um horror.

    O que fizemos ? 2 linhas que o condomínio tinha a disposição no prédio, solicitamos velox 1M, para cada uma, usamos um equipamento da Hotbrick para "juntar" os 2 links com balanceamento, e mandamos o provedor embora.......

    Hoje o prédio está satisfeito: Custo disso tudo? Antes: R$ 50,00 por apartamento. Hoje: R$ 15,00 por apartamento.

  4. #4

    Padrão

    Como o tópico fala de SCM, esqueci de complementar:

    O provedor quando levou o chute na bunda, 2 meses depois, denunciou o condomínio na Anatel e à Telemar.

    A Anatel esteve no prédio e mostramos para os fiscais:

    1) Não distribuíamos internet em outra forma, que não via cabo (os caras podiam achar que tinhamos rádio, e "embassar" com outros argumentos.

    2) Não estávamos comercializando o link. A Linha telefônica é de propriedade do Condomínio, e o condomínio estava distribuindo internet aos seus Condôminios, e que a conta era rateada por todos os moradores, tal qual despesa de gás, luz elétrica, etc.

    Com estas informações, os fiscais ficaram satisfeitos, e não viram nenhum ato ilícito, não tendo feito autuação, nem nada.....

    Estamos a 6 meses, aguardando a Telemar, que nunca apareceu...........

    Como soubemos da denúncia ? Um próprio morador, que usava o link do provedor, "de grátis", com direito a IP fixo "de grátis", ele não usava o famoso 192.168.x.x (tinha um dmz para ele), com velocidade de 1M "de grátis".

    Acabou a mamata, ele passou a ter a internet compartilhada como todo mundo e ele, junto com o provedor, denunciou o condomínio, e esse que vos escreve.........



  5. #5

    Padrão

    A solução realmente foi eficaz, mas não creio que seja legal.
    A TELEMAR por contrato não permite este compartilhamento.

    minha dúvida é: como este balanceamento pode ser feito se na volta ele não existe? ele pode distribuir as conexões , mas não pode balancear o link.

    pode me passar o modelo de equipamento?

    Cordialmente,

    -

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por ottolima Ver Post
    A solução realmente foi eficaz, mas não creio que seja legal.
    A TELEMAR por contrato não permite este compartilhamento.

    minha dúvida é: como este balanceamento pode ser feito se na volta ele não existe? ele pode distribuir as conexões , mas não pode balancear o link.

    pode me passar o modelo de equipamento?

    Cordialmente,

    -
    Me responda uma pergunta:

    Uma empresa chamada Cia de Vidros Ltda, possui 1 linha telefônica com Velox, para utilizar a internet em seus 16 computadores dentro da empresa. Eles usam a internet para venda, consulta, blá, blá, blá, etc....

    Pode ?

    Uma empresa chamada Condomínio do Ed Arcádia, possui 1 linha telefônica com velox, para utilizar a internt em seus 60 computadores dentro da empresa. Eles usam a internet para ler/criar e-mails, navegar, blá, blá blá....

    Não pode ?

    Qual a diferença ?

    Juridicamente as 2 são EMPRESA. Possui CNPJ, a assinatura da TELEMAR é cliente EMPRESARIAL, as 2 são obrigadas a declarar IRPJ, etc. etc...

    Onde está a diferença ?

    Me explique please........

    Agora se as linhas fossem RESIDENCIAL....aí era outra coisa.........