+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Angry Mikrotik como Client!! SOCORRO!!!! VOU ENLOUQUECER!

    Pessoal, ja fiz de tudo e nao consigo fazer esse bendito mikrotik funcionar como cliente. Alguem em dê uma luz!!!!

    meu sistema esta assim: Servidor mk (gateway)---> Senao ---> WRAP com CM9 (conectado ao senao em modo station) e saindo pela lan para o cliente
    cliente recebe configuracoes de IP do servidor(gateway), porem nao navega nem pinga o servidor (gateway), tenho outros 19 clientes nesse senao, e ta tudo as 1000 maravilhas sendo q todos conectados ao senao por placas pci.


    :

  2. #2

    Padrão

    Citação Postado originalmente por klemensonleal Ver Post
    Pessoal, ja fiz de tudo e nao consigo fazer esse bendito mikrotik funcionar como cliente. Alguem em dê uma luz!!!!

    meu sistema esta assim: Servidor mk (gateway)---> Senao ---> WRAP com CM9 (conectado ao senao em modo station) e saindo pela lan para o cliente
    cliente recebe configuracoes de IP do servidor(gateway), porem nao navega nem pinga o servidor (gateway), tenho outros 19 clientes nesse senao, e ta tudo as 1000 maravilhas sendo q todos conectados ao senao por placas pci.


    :
    Tente verificar se o nat na saida da net esta habilitado.. ou faca bridge lembre-se o mk trabalha como padrao no modo router. informe os ips e detalhe mais sua estrutura.



  3. #3

    Padrão

    Citação Postado originalmente por oyama Ver Post
    Tente verificar se o nat na saida da net esta habilitado.. ou faca bridge lembre-se o mk trabalha como padrao no modo router. informe os ips e detalhe mais sua estrutura.
    Nat habilitado sim. Ja com bridge e sem bridge mesmo asism nada.

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por klemensonleal Ver Post
    Nat habilitado sim. Ja com bridge e sem bridge mesmo asism nada.
    Na verdade, pra fazer um segundo MK tem que verificar uma "check list". Destaco abaixo:

    ADDRESS (das interfaces de entrada e saída)
    DNS (deve constar no primary, o IP do GW e no Secundary o DNS primary da torre principal)
    ROUTERS (o end. de saída, deve ser o IP do GW)
    NAT (deve ser habilitado)
    WIRELESS (amabas as torres devem estar "enchergando-se"

    A principio são estas que devem ser verificadas.... Quialquer dúvida entra em cntato novamente....
    Última edição por catvbrasil; 25-02-2007 às 13:43.



  5. #5

    Padrão

    com station o mk clinte esta conectado ao segundo suponho, se vai fazer NAT nele e mais simles. Coloque o ip na interface wireless no mesmo range do se primeiro MK e habilita o mesmo ip na lista ARP do promeiro com MAC como se fose un cliente normal, depois faca nat - masquerade na interface wireless.
    Na interface ethernet coloque outro range de ip , por ex. se a sua rede principal e 192.168.0.X coloque ese rango na wireless, na sua ethernet saida do segundo mk coloque 192.168.1.1/24
    na sua placa dos computadores ligados use ese ip como gatway. deberia funcionar, o dns sera o do primeiro mk. Eu fiz aqui e funcionou.

    Agora se quiser que ese mkclinte seja bridgue , ele so funciona se estiver em WDS.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por johnicar Ver Post
    com station o mk clinte esta conectado ao segundo suponho, se vai fazer NAT nele e mais simles. Coloque o ip na interface wireless no mesmo range do se primeiro MK e habilita o mesmo ip na lista ARP do promeiro com MAC como se fose un cliente normal, depois faca nat - masquerade na interface wireless.
    Na interface ethernet coloque outro range de ip , por ex. se a sua rede principal e 192.168.0.X coloque ese rango na wireless, na sua ethernet saida do segundo mk coloque 192.168.1.1/24
    na sua placa dos computadores ligados use ese ip como gatway. deberia funcionar, o dns sera o do primeiro mk. Eu fiz aqui e funcionou.

    Agora se quiser que ese mkclinte seja bridgue , ele so funciona se estiver em WDS.
    Dessa forma euja fiz e funciona, quero mesmo que ele funcione em bridge.



  7. #7

    Padrão

    amigo fassa o seguinte clik com o botao direito em cima da interface wlan1 que deve ser a interface de saida e adiciona um wds vai fica assim

    [[email protected]] interface wireless wds> print
    Flags: X - disabled, R - running, D - dynamic
    0 name="wds1" mtu=1500 mac-address=00:27:AA:AA:AC:A6 arp=enabled disable-running-check=no
    master-interface=wlan1 wds-address=00:00:00:00:00:00


    mais para funciona voce so deve coloca a a ether1 e a wds que vc criou em bridge


    assim
    [[email protected]] interface bridge port> print
    # INTERFACE BRIDGE PRIORITY PATH-COST
    0 ether1 bridge 128 10
    1 wlan1 none 128 10
    2 wds1 bridge 128 10
    Última edição por alexsk; 27-02-2007 às 16:32.

  8. #8

    Padrão optei por usar o mk como router mesmo

    klemensonleal,

    eu tive problemas na hora de configurar bridge no mk tb, fiz todos os testes que podia fazer e nao sei no que errei. resultado desisti.

    agora estou usando o mk pra rotear mesmo, li em alguns tópicos que a performance é até melhor. nao tenho como confirmar porque nao fiz os teste com bridge.

    fiz assim..
    (wan) srv (lan) <> (lan) mk_backbone (wlan em station 5.8ghz) <> (ap 5.8ghz) mk_torre (paineis em 2.4ghz) <> (ap em 2.4) cliente

    ips... (exemplos)
    200.x.x.x srv 10.10.254.254/24 <> 10.10.254.253/24 mk_backbone 10.10.253.1/30 <> 10.10.253.2/30 mk_torre 10.10.0.1/30 <> 10.10.0.2/30 cliente com mascara 252

    quando do cliente pinga um ip plubico ele dá os saltos em
    10.10.0.1
    10.10.253.1
    10.10.254.253
    10.10.254.254 (aqui o nat entra em ação)


    e na lan do cliente vc quem manda colocando a mascara desejada.. pode liberar toda a range (/24) ou apenas 1 pc
    (/32) ou 2 pcs(/30).

    o resto é rotas dentro do mk_torre e do mk_backbone.

    quem souber tirar a dúvida sobre a performance entre brige e route, favor ajudar!

    espero ter ajudado,
    Última edição por neon; 02-03-2007 às 11:11.