Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Faq Velox - Intermediárias (Geral)

    Perguntas:

    O que é frame? O que é pacote?
    O que é encapsulamento?
    Quais são os encapsulamentos usados no Velox, e quanto gastam de banda?
    Onde é feita a limitação de banda do Velox? A banda computada é bruta ou líquida (inclui ou não o gasto com os encapsulamentos)?
    Como é feita a minha autenticação na internet com o Velox?
    Que programas posso utilizar para simplificar o processo de autenticação com o provedor via web do Velox? Que URL pode ser chamada via browser, caso não exista um programa para meu SO?
    O que são portas de entrada e saída e por que, no modo roteado, posso precisar abri-las?
    Quais portas de entrada são bloqueadas no Velox?
    O velox é full-duplex? Realizar um upload pode prejudicar minha taxa de download (e vice-versa)?
    Como sei se minha conexão está sendo roteada pelo modem ou sendo realizada diretamente no computador ("bridgeada")?
    Qual é a tecnologia/padrão ADSL utilizado no Velox?
    Quais são os valores do VC/VP no Velox?
    Quais são os servidores de DNS do Velox?
    Quais são outras configurações eventualmente necessárias?

  2. Respostas:

    O que é frame? O que é pacote?

    Frame é a unidade usada na comunicação via rede. É composto, basicamente, por uma determinada quantidade de informação e por dados de controle, como endereço do remetente e destinatário, entre outros. Toda a informação enviada via rede é "quebrada" em diversos frames, que são depois reagrupados no computador que os recebem. Cada tipo físico de rede possui um formato de frame diferente. Ethernet (rede comum) e ATM (ADSL) são, por exemplo, dois tipos físicos distintos de rede.

    Pacotes são praticamente a mesma coisa, só que não estão atrelados ao tipo físico de rede. Os pacotes TCP/IP (protocolo da internet) podem, por exemplo, trafegar em qualquer tipo de rede. Quando a informação trafega via rede em forma de pacotes, primeiro é dividida em pacotes. Depois estes pacotes são colocados em frames. Existem portanto, várias camadas de controle.

    Uma analogia bem simples. Imagine que se queira transportar 100 quilogramas de areia (informação) de um lugar para outro. Você primeiramente escolhe o tipo de caixa que quer usar (protocolo do pacote). Você escolhe uma caixa que possui 1 kg de capacidade (digamos, protocolo TCP/IP). Em cada caixa você escreve informações sobre o conteúdo, destinatário, e etc (dados de controle TCP/IP). Mas a própria caixa tem uma determinada massa, digamos 10 gramas (espaço ocupado pelos dados de controle do TCP/IP). Você decide transportar tudo por avião (rede ethernet, por exemplo), e deve portanto, colocar estas caixas dentro de envelopes especiais utilizados em aviões (frames ethernet). Estes envelopes também terão um certo peso e informações neles escritas (dados de controle ethernet). Pode ser que para chegar ao destinatário os pacotes devam também fazer uma certa parte do percurso via trem (rede ATM, por exemplo), que terá por sua vez outro tipo de envelope. Ao alcançar o destinatário, este desempacota e junta toda areia novamente. É mais ou menos isto que ocorre na comunicação via rede.
    Voltar

    O que é encapsulamento?

    Encapsulamento é, basicamente, colocar um pacote dentro de um frame, um frame (que vira pacote) dentro de outro frame ou um pacote dentro de outro pacote. Para fazer o encapsulamento será necessário, algumas vezes, quebrar os pacotes em várias partes, quando a capacidade do pacote ou frame mais externo for menor que a do pacote interno. Isto ocorre na rede ATM (ADSL), por exemplo, que possui frames bem pequenos. Quanto mais encapsulamentos forem necessários, mais banda será desperdiçada com informações de controle.
    Voltar

    Quais são os encapsulamentos usados no Velox, e quanto gastam de banda?

    Na rede ATM o frame ATM encapsula o pacote PPP (PPPoE ou PPPoA) que encapsula o pacote TCP/IP. Há um desperdício de aproximadamente 10% de banda, gerado, principalmente, pelo encapsulamento ATM. O uso do PPPoE gera um desperdício de cerca de 2%, em relação ao uso do PPPoA.
    Voltar

    Onde é feita a limitação de banda do Velox? A banda computada é bruta ou líquida (inclui ou não o gasto com os encapsulamentos)?

    A limitação de velocidade (128/256 kbps) aonde k = 1000 é feita no DSLAM. Quem roda o PPP porem é o agregador que fica depois do DSLAM (do ponto de vista da casa do usuário).

    Ou seja, todo o protocolo de controle é computado como "carga" pelo DSLAM e se inclui dentro dos 128/256 disponíveis. Em resumo, você tem 128/256 brutos de banda.

    Voltar

    Como é feita a minha autenticação na internet com o Velox?

    Inicialmente é feita a autenticação PPP. Esta autenticação é feita pelo modem, caso esteja operando em modo roteador, ou diretamente pelo software de "dial-up" do computador, caso o modem esteja operando em modo bridge. Esta autenticação no modo bridge se assemelha com a ligação a um provedor discado comum, com a diferença de ocorrer quase instantaneamente. O nome do usuário e senha desta autenticação são o número do telefone onde está ligado o Velox.

    Em seguida somos obrigados a fazer a famosa autenticação via web. É necessário abrir a página do Velox, cheia de pop-ups, seguir alguns links, entrar com o nome do usuário e senha do provedor. Mesmo os usuários do Velox empresarial são obrigados a seguir este ritual, apesar de não serem obrigados a usar provedor. No Velox empresarial você não entra com usuário/senha, só clica em "conectar". É necessário fazer uma nova autenticação via web sempre que a conexão PPP é reiniciada (desligando o modem no modo roteado ou desconectando-se no modo bridge). Este processo pode ser "burlado" com a ajuda de programas feitos especialmente para a autenticação web no Velox.
    Voltar

    Que programas posso utilizar para simplificar o processo de autenticação com o provedor via web do Velox? Que URL pode ser chamada via browser, caso não exista um programa para meu SO?

    Estes programas basicamente chamam a URL necessária (já enviando o nome do usuário e senha), realizando a autenticação automaticamente, sem a necessidade de se abrir a página do Velox. Deles indico o RouterMon para Windows (clique para fazer o download diretamente do nosso servidor), que também gerencia seu modem/roteador. Outros programas podem ser encontrados na área de arquivos da lista Grupo velox-telemar ou no site ABUSAR - Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido. No Linux, a solução mais elegante é criar um shell script que chama as URL necessárias automaticamente e ignora qualquer resposta que o servidor web da telemar retorna (exemplos podem ser encontrados aqui, aqui e aqui) .

    Existem duas URLs, primeiramente a que chama a página em que você escreve o nome do usuário e senha:
    http://velox.telemar.com.br/dashboar...t_NOMEPROVEDOR
    A outra, que envia o nome do usuário e senha, é:
    http://velox.telemar.com.br/dashboar...password=SENHA
    Onde LOGIN é o nome do usuário no provedor e SENHA é a senha no provedor. NOMEPROVEDOR é o nome-código do seu provedor. Você deve substituir estes valores pelos seus. Para ter certeza do nome-código, veja o cógido fonte da página da Telemar onde você digita o nome do usuário e senha. Um mínimo de conhecimento de HTML pode ser necessário. Eis uma lista de alguns nome-códigos dos provedores do Rio e de Minas Gerais, separados por espaço:

    ABOUT AIG ATARDEONLINE BRIDGE BRTURBO CPUNET DATERRANET IG IMAGELINK INFOLINK INTERDOTNET INTERNETT ITECI MARLIN MCANET MEUPROVEDOR RJNET TASK TERRA TERRAMG UAI WB

    Acho que não é necessário chamar as duas URLs em seguida. Chamar somente a segunda deve ser suficiente para fazer a autenticação. Não pude fazer os testes ainda.
    Voltar

    O que são portas de entrada e saída e por que, no modo roteado, posso precisar abri-las?

    O IP (Internet Protocol - RFC-791), que é usado em conjunto com os protocolos TCP (transmission control protocol - RFC-793) e o UDP (User Datagram Protocol - RFC-768), utiliza, além do endereço de IP, o número da porta de entrada (destination) e saída (source). Desta forma diversas conexões simultâneas podem ser recebidas ou feitas ao mesmo tempo, de um mesmo computador. Portanto, além especificar o endereço do computador na internet com o qual você quer se comunicar, você também deve especificar que porta será utilizada nesta comunicação.

    Quando o modo roteado NAT é utilizado, o endereço de IP válido fica no modem/roteador. Se alguém enviar ao seu endereço de IP uma mensagem do tipo "quero me conectar em você, na porta 80", esta chegará ao modem, que não saberá o que fazer, a menos que a porta 80 esteja configurada para ser direcionada ao computador X, dentro da sua rede interna. Conexões desta forma são chamadas ativas. Portanto, a única forma de aceitar conexões ativas neste modo é configurando o direcionamento de portas no modem/roteador. Alguns programas, que necessitam de conexões ativas, exigirão esta configuração para funcionarem (é o caso de servidores de jogos, ftp, http, etc). Outros terão, sem ela, funcionalidade limitada (é o caso da maioria de programas para compartilhamento de arquivos (Kazaa), ICQ, clientes de FTP, etc).
    Voltar
    Última edição por maxmelo; 30-04-2007 às 20:57.



  3. Quais portas de entrada são bloqueadas no Velox?

    Não existem portas de entrada bloqueadas no serviço Velox. No modo roteado, estas portas devem ser direcionadas pelo modem, sendo necessário configuração do mesmo. Alguns modems, como o Ericsson, não permitem o direcionamento de portas, impossibilitando o usuário de utilizá-las de modo ativo.
    Voltar

    O velox é full-duplex? Realizar um upload pode prejudicar minha taxa de download (e vice-versa)?

    Sim, o Velox é full-duplex. Isto significa que os 128kbps de upstream e os 256kbps de downstream podem ser utilizados simultaneamente.

    Isto não significa que realizar um upload não pode prejudicar suas taxas de download. Para todo pacote recebido um pacote ACK (de acknowledgement) de confirmação é enviado de volta. Isto significa que, ao realizar um download você também utiliza parte da banda de upload (e vice-versa). Os ACKs são bem pequenos, se comparados aos pacotes originais, e a banda consumida por eles é desprezível. Acontece que, caso sua banda de upload esteja sobrecarregada, seu tempo de resposta na rede irá aumentar muito, retardando o envio dos ACKs e, consequentemente, diminuindo sua taxa efetiva de download.

    Para evitar perdas, e aconselhável que você restrinja a sua taxa de upload para um valor próximo de, no máximo, 90% do máximo. Vários programas que realizam upload (programas de compartilhamento de arquivos, como o KaZaA, por exemplo), têm a opção de se restringir a taxa máxima de upload.
    Voltar

    Como sei se minha conexão está sendo roteada pelo modem ou sendo realizada diretamente no computador ("bridgeada")?

    No Velox, a única forma de se ter uma conexão direta é através do uso de um programa discador PPP no micro (ou com o uso do PPTP no Allied - mas se você usa PPTP já sabe a resposta desta questão, pois a Telemar não sabe configurar os micros dos clientes desta forma). Se você não utiliza tal programa (basta ligar o computador que já está "conectado" na internet) é porque sua conexão é roteada. Na conexão roteada o IP válido na internet é deixado no modem/roteador. Na conexão direta o IP válido fica no seu computador. Para ter certeza, você pode tentar obter o IP do seu micro, através do comando winipcfg (no win9x) ou do ipconfig /all (win 2000/xp), a serem digitados no "command prompt". Se seu computador tiver algum IP vinculado a ele que seja iniciado por 200., é porque sua conexão está no modo bridge.
    Voltar

    Qual é a tecnologia/padrão ADSL utilizado no Velox?

    O Padrão é DMT (ou ADSL T1.413), no modo G.Lite.
    Voltar

    Quais são os valores do VC/VP (virtual circuit/virtual path) no Velox?

    São valores necessários em conexões ATM (como o ADSL). Você precisará configurá-los no seu modem. VC = 33 e VP = 0.
    Voltar

    Quais são os servidores de DNS do Velox?

    Em Minas Gerais, no momento os endereços são 200.202.193.66, 200.202.193.69 e 200.202.193.75. No Rio de Janeiro os DNSs aparentemente são 200.222.0.34, 200.222.0.35 e 200.202.193.76. Nas demais regiões, possivelmente os servidores usados são os do RJ ou os de MG.

    Informação adicionada por Fábio Amorim - Em Recife, PE os DNSs são os seguintes: 200.223.0.83 (dns.telemar-ba.net.br) e 200.223.0.84 (ns2.telemar-ba.net.br). Como o nome de domínio mostra, esses servidores provavelmente devem ser utilizados na Bahia (e talvez em outros estados do Nordeste).

    No caso de dúvida, basta testar os endereços acima e verificar quais funcionam. Caso saiba de outro servidor, ou caso algum dos acima não esteja funcionando, informe-me.
    Voltar

    Quais são outras configurações eventualmente necessárias?

    Para o PPP, você pode habilitar a compressão de cabeçalho TCP/IP, pois é suportada pelo Velox. O método de autenticação pode ser tanto o PAP (Password Autentication Protocol) como o CHAP (Challenge Handshake Autentication Protocol). Deixe no PAP, que não faz encriptação de password (não é necessária, pois o password é o seu telefone), economizando recursos.

    O tipo de PPP (PPPoA ou PPPoE) é determinado pela Telemar. Você tem que selecionar aquele que corresponde a configuração deles. Isto pode ser alterado na central, com facilidade, mas eles não gostam muito de ajudar os clientes. Muitas vezes o PPPoA é simplesmente chamado de PPP. Esta configuração é necessária para o modem funcionando no modo roteador.

    Se seu modem possuir uma opção denominada "encapsulation type" (LLC - logical link control ou VCMux - virtual circuit multiplexed), escolha VCMux. Quando usava o modem da Ericsson esta opção funcionava e, aparentemente, consome menos banda.
    Última edição por maxmelo; 30-04-2007 às 20:56.

  4. Interessante amigo.. belo post, com certeza vai esclarecer muitas duvidas do pessoal...



  5. Gostaria de acrescentar uma informação que constatei no ano de 2005 e não sei se ainda está válida, mas vamos lá. A porta 515 (printer) é bloqueada pelo Oi Velox. Ou seja você não conseguirá imprimir em uma máquina linux rodando LPD ou Cups-LPD a partir da Internet pela porta padrão do serviço. Sei que esta porta não é utilizada em aberto na internet mas só postei esta informcação para constar neste questionário sobre o Oi Velox.






Tópicos Similares

  1. Sistema para quem usa F2B!!!
    Por kyanbatera no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 04-03-2013, 06:40
  2. interessante para quem usa AP
    Por Roberto21 no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 23-11-2007, 07:44
  3. Dicas para quem usa linux com um celular Symbian
    Por urubatan123 no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 0
    Último Post: 22-07-2007, 22:23
  4. Para quem usa antenas de 15 dbi da aquario
    Por acnunes no fórum Redes
    Respostas: 24
    Último Post: 18-05-2007, 19:39
  5. Para quem usa o SuSE
    Por PiTsA no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 09-06-2005, 11:32

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L