Resultados da Enquete: O Que deve ser feito nesse caso?

Votantes
9. Você não pode votar nesta enquete
  • Liberar todas as Versões?

    6 66,67%
  • Liberar Todas as Versões Anteriores a Atual?

    3 33,33%
  • Não Quero Pagar, gosto de usar e abusar, sem pagar!

    0 0%
  • Não Liberar Nada! Dane-se o Software Livre!

    0 0%
Enquete de Múltipla Escolha.
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Exclamation Processo Criminal Contra os Firmwares Comerciais

    Bom Dia,

    Foi noticiado pela Fundação do Software Livre o inicio de 2 processos Criminais, após várias tentativas de negociação com as empresas Xterasys e Hi-Gain Antenas, ambas as empresas utilizam firmware para seus produtos que incluem distribuições Linux e com alterações no sistema BusyBox.

    O grande problema gerado foi o motivo pelo qual a AP Router se fez de boazinha e colocou o firmware fonte (source) disponivel para baixar, só que essa não é a lei, de acordo com os termos claros e precisos do GPL v2 é necessário divulgar TODAS alterações nos softwares livres, ou seja, software livre é LIVRE e não fechado.

    O que ocorre é que as empresas brasileiras de Firmwares, que viraram febre nacional, modificar e "upar" os radios wireless, adicionando recursos incriveis, a um custo extremamente baixo, ficaram em xeque mate.

    Todo o sistema de trabalho da AP Router será afetado com essa notícia e ação, uma vez que serão obrigadas a divulgarem o codigo fonte de cada firmware disponivel, ou, poderão sofrer ação criminal da fundação do software livre.

    Esse primeiro passo, vai gerar uma enorme catastrofe nas empresas inicantes e nas que já se solidificaram, listando-as são: C3, APRouter, Wappro, WirelesRouter e outras pequeninas que são copias dos outros firmwares.

    Analisando a licença disponivel no proprio site da BusyBox, é requerido que qualquer alteração seja notificada e apresentada de forma, a manter o software livre, e a não divulgação deixa licença inapta, isso resulta em duas coisas, infração a lei, e roubo.
    licença do busybox: BusyBox

    O grande problema é:
    TODOS OS FIRMWARES NACIONAIS SÃO 100% BUSYBOX

    Sim, isso mesmo, 100% da interface manipulavel e funcional dos firmwares tradicionais nacionais, são BusyBox, só que com os drivers e patches necessários para fazerem esse mini linux funcionar corretamente.

    Onde esta o problema então?

    O único problema é que será impossível para as empresas de firmwares divulgarem os códigos fontes apenas das alterações do BusyBox, uma vez que isso é praticamente todo o firmware, e levará os mesmos a perderem literalmente seus negócios.

    Qual a solução?

    A Cisco, depois de sofrer grande pressão comercial e de processos nos Estados Unidos, ordenou a suas subsidiárias, Linksys e Sipura, não usarem mais Linux nem BusyBox nos seus hardwares, forçando as fabricantes chinesas a modificarem sensivelmente seus projetos e a usar uma versão comercial do Linux e uma similar do BusyBox, desta maneira, isentando-se da divulgação do código fonte.

    Impacto Comercial

    Desta forma, o que veremos é um corre corre nunca visto antes, os firmwares irão se tornar gratuitos, uma vez que tenham que ser divulgados. Pagar por uma licença, nunca mais?
    Não é bem assim, a propriedade intelectual, ou seja, a ideia concebivel e manipulada, essa sim, pode ser cobrada, entretanto, como o software é livre, você poderá manipular, e alterar, ver o que foi feito e melhorar ou até mesmo apenas usar desta "ideia original" e então, fazer seu proprio firmware.

    Heroes Origenes

    O grande "barato" desta história toda é: Todos copiaram de alguém, sim, foi isso mesmo, todos os firmwares "originais", sairam de uma versão divulgada básica pela propria Realtek, criada pra funcionar nos chipsets da empresa, só que a Realtek escapou desta, uma vez que para seus Partners (fabricantes que compram seus chipsets), os códigos abertos estão disponiveis para download livremente.

    Prison Break

    Grandes fabricantes como Sun, Microsoft, Sony, HP, usam, em algum hardware software livre, e nem sempre divulgam, o que deixam eles imunes a Lei? Nada, não são imunes, apenas, não foram ainda processados e apontados por infração de patente e de licença.

    Solução
    SOFTWARE LIVRE É LIVRE. TRABALHO É TRABALHO.
    TRABALHO CUSTA DINHEIRO, POR ISSO É COBRADA A LICENÇA DE "USO"

    Consideração Final.
    Gente, vejamos os dois lados, AP Router desenvolve, Wappro Copia, Wappro desenvolve, AP Router copia, e assim vai, só que nenhuma divulga nada, ficam todos na moita, somente porque se divulgarem, perdem seus negócios.
    Acredito nas empresas, acredito nas pessoas, mas, acredito acima de tudo, que tudo nesse mercado é apenas DINHEIRO ainda.

    referencias:
    Materia do Processo - Linux.com :: Two new alleged license violations against Busybox
    Noticia Oficial BusyBox - BusyBox
    Software Freedom Law Center - Second Round of GPL Infringement Lawsuits Filed on Behalf of BusyBox Developers - Software Freedom Law Center
    Noticia Brasil - UOL Tecnologia
    Processo contra Xterasys - http://www.softwarefreedom.org/news/...x/xterasys.pdf
    Processo contra High-Gain - http://www.softwarefreedom.org/news/...inantennas.pdf

  2. #2
    Moderador Avatar de Bruno
    Ingresso
    Nov 2002
    Localização
    Guarapuava-PR
    Posts
    3.932
    Posts de Blog
    1

    Padrão

    é complicado
    os caras pegam o software livre fecha e coloca preço ta certo foi trabalho dele
    ai vem e processa o cara pq usou software é livre e maum pode estar fechado
    ta mais ele naum ta cobrando o software e sim a mundaça que ele fez
    naum é isto ???



  3. #3

    Padrão

    ele está cobrando por todo o software. Sendo que 80% é o soft original, e 20% as mudanças feitas pela empresa vendendo o produto.

  4. #4

    Padrão

    Faltou esperteza das empresas. Eles deviam achar uma maneira de usar o BusyBox e outros aplicativos sem modifucações e criar interfaces do zero pra gerenciar isso tudo. Eles só precisariam divulgar o código do BusyBox não-modificado, que já é aberto, enquanto que os programas e interfaces que "configuram" todo o sistema são deles e eles poderiam manter fechados.



  5. #5

    Padrão

    deveriam olhar o exemplo do redhat enterprise :P



    eles cobram.. porem disponibilizam os pacotes em SRC.RPM.. se voce quiser.. voce recompilar e se vira :P

  6. #6
    Moderador Avatar de xandemartini
    Ingresso
    Nov 2005
    Localização
    Espumoso, Brazil
    Posts
    2.410
    Posts de Blog
    1

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexandrecorrea Ver Post
    deveriam olhar o exemplo do redhat enterprise :P



    eles cobram.. porem disponibilizam os pacotes em SRC.RPM.. se voce quiser.. voce recompilar e se vira :P
    Certamente! Se tivessem feito isso, teriam perdido uma pequena parcela de mercado somente... Pois a maioria (e me incluo nessa maioria) pagaria pra não correr riscos durante compilação/modificação...



  7. #7

    Post

    É só respeitar a licença, os software que são GPL não tem choro, tu modificou, tem que partilhar, os LGPL até permitem que se utilize em sistemas fechados, a maioria das bibliotecas da libC são LGPL por ex. O BusyBox é GPL, é simples tem que liberar todo código fonte, se não acha justo, que desenvolva tudo do zero. O que não é justo é usar o trabalho de outros desenvolvedores e não cumprir a licença que escolheram.
    Algo que poderia ser feito, era pegar todo código que eles realmente produziram e fechar, desde que este não desrespeite nenhuma outra licença (de uma lib por ex). Ai vende como busyBox+xptoManager por ex.
    Só para complementar, o processo cai em cima de que "fechou" código que era livre, essa coisa de processar usuário é coisa de microsoft(fud).

    Edit. Estava olhando o busybox no site, ele nada mais é que um "bash enxuto", ou seja é mais um dos vários programas que compõem a distro.

    []'s
    Última edição por Stauer; 24-11-2007 às 12:55. Razão: busybox.

  8. #8

    Padrão Solução!?????

    Usar licença BSD não resolveria esse tipo de problema, não?



  9. #9

    Thumbs up

    Resolveria, mas o pessoal que desenvolve o firmware não vai portar um bsd ou algum outro OS com licença compatível.

  10. #10

    Padrão

    Olá

    Esta é uma questão muito sensivel.
    SOFTWARE LIVRE É SOFTWARE LIVRE.
    VEJAMOS, todas as empresas que comercializam os firmwares ainda não colocaram os fontes porque não sofreram nenhum processo ainda.
    Ou seja, a AP Router "colocou" os originais, sem as mudanças, cade as mudanças ? Não deixa de ser CRIME, porém continuam violando a licença do Software LIVRE.
    Eles deveriam ser inteligentes, assim como a RED HAT. Disponibiliza o firmware final, com o codigo fonte aberto, sem compilar. Como o colega disse acima, 80% iriam comprar o que está pronto, funcionando, ou seja, VENDA o SUPORTE e não a LICENÇA.
    Logicamente que você comprando deles você terá um suporte, se você ligar eles terão o dever em lhe atender e ajudar. Se você apenas copiou e usou e teve um problema não terá a quem recorrer.

    OLÁ EMPRESAS BRASILEIRAS QUE FABRICAM FIRMWARES, PORQUE VOCÊS NÃO COMEÇAM A VENDER O SUPORTE AO INVÉS DO FIRMWARE !
    Tenho a máxima certeza que a comunidade LINUX irá agregar o seu conhecimento a estes firmwares, ou seja, DESENVOLVEDORES A CUSTO ZERO. Mas não, as Empresas gostam de ser como BURROS que carregam carroças, só tem força e não olham para os lados, como o próprio nome diz BURRO.

    E outro detalhe, hoje a AP ROUTER vende uma licença a R$ 50,00. Não está caro demais não ? Um valor simbolico de R$ 10,00 iriam vender muito mais que vendem.



  11. #11

    Padrão

    Mas me digam, eles modificaram o BusyBox? Ou só usaram ele? Porque não acho que tenha nada que precise de modificação ali, bastava usar o bicho e adicionar front-ends pro usuário.

  12. #12

    Smile

    Citação Postado originalmente por rccavalin Ver Post
    Olá

    Esta é uma questão muito sensivel.
    SOFTWARE LIVRE É SOFTWARE LIVRE.
    VEJAMOS, todas as empresas que comercializam os firmwares ainda não colocaram os fontes porque não sofreram nenhum processo ainda.
    Ou seja, a AP Router "colocou" os originais, sem as mudanças, cade as mudanças ? Não deixa de ser CRIME, porém continuam violando a licença do Software LIVRE.
    Eles deveriam ser inteligentes, assim como a RED HAT. Disponibiliza o firmware final, com o codigo fonte aberto, sem compilar. Como o colega disse acima, 80% iriam comprar o que está pronto, funcionando, ou seja, VENDA o SUPORTE e não a LICENÇA.
    Logicamente que você comprando deles você terá um suporte, se você ligar eles terão o dever em lhe atender e ajudar. Se você apenas copiou e usou e teve um problema não terá a quem recorrer.

    OLÁ EMPRESAS BRASILEIRAS QUE FABRICAM FIRMWARES, PORQUE VOCÊS NÃO COMEÇAM A VENDER O SUPORTE AO INVÉS DO FIRMWARE !
    Tenho a máxima certeza que a comunidade LINUX irá agregar o seu conhecimento a estes firmwares, ou seja, DESENVOLVEDORES A CUSTO ZERO. Mas não, as Empresas gostam de ser como BURROS que carregam carroças, só tem força e não olham para os lados, como o próprio nome diz BURRO.

    E outro detalhe, hoje a AP ROUTER vende uma licença a R$ 50,00. Não está caro demais não ? Um valor simbolico de R$ 10,00 iriam vender muito mais que vendem.
    Certo, seguindo tua lógica amigo, burro é quem não conseguiu pegar o código original modificar do seu jeito e fazer funcionar.

    Acredito que você não iria disponibilizar seu tempo para desenvolver um firmware e largar de graça para todo mundo. Eles provavelmente devem ter muitos funcionarios envolvidos desenvolvendo, se eles pararem com isso quem vai continuar inventando facilidades no firmware? você?

    O que não da pra engolir é essa história de cobrar por suporte, o brasileiro não tem ainda essa noção de que todo mundo precisa sobreviver, e com certeza isso ainda não funciona aqui ( infelizmente ).

    Quero deixar claro que não estou contra você, nem a favor de ninguem ( WAPPRO, APROUTER ... ), só acho que sem esses sistemas que ele fizeram e que ninguem do software livre conseguiu fazer, nossos "radios" não são nada além de bridges AP's.

    Vamos colocar na balança o valor agregado que isso nos retorna. Eu controlo a banda nos meus clientes devido a estes firmwares, ninguem me obrigou a comprar, e acho que ninguem é obrigado também.

    Não quer comprar o firmware, tudo bem, mas então usa teus equipamentos da forma "virgem" que eles são, e outra coisa, não quer pagar pelo firmware mas quer usá-lo? então compra produto nacional por exemplo, a AP ROUTER além de firmware vende rádio também que já vem com o firmware e a licença é gratis.

    Ou faz como a maioria do pessoal faz e que prejudica tanto você como eu. Compra rádio no paraguai ( sem nota, sem ajudar o pais ) e coloca um firmware que vai melhorar teu equipo, mas fazendo isso ninguém tem moral pra falar sobre liberar firmware, já que esta burlando a lei no momento que compra do paraguas.

    um abraço amigo.



  13. #13

    Padrão é ...

    Bom, em primeiro lugar SOFTWARE LIVRE É SOFTWARE LIVRE, quer queira quer não VIOLOU OS DIREITOS AUTORAIS. SE É LIVRE PORQUE ENTÃO NÃO OBEDECER AS REGRAS.

    Concordo com você, burro é quem não tem capacidade de fazer algo, e mais burro ainda é quem paga pra alguem por não ter capacidade de fazer algo.

    Vamos começar pelo BURRO MASTER então: Linus Torvalds
    O que ele ganhou em fazer um Sistema Livre ? Alguem daqui levou uma cesta de Natal pra ele ? Garanto que não !
    Mas e no seu provedor, na sua empresa, qual SO que roda em suas máquinas ? Quanto você economizou pagando apenas pelo seu HARDWARE e pelo SUPORTE ao provavel LINUX que esteja rodando neste seu Hardware. Mesmo que seja no seu Servidor e não nas estações de trabalho, mas o Linux ja está presente na maioria dos Servidores.
    Hoje existem diversos aplicativos, enfim, o KERNEL do Linux tem seu codigo divulgado na WEB. E o que aconteceu, versões melhores e melhores surgem. Contribuições vem. E o que as pessoas ganham com isso ?

    Concordo plenamente que para uma empresa poder comercializar um software ele deverá ser um CODIGO PROPRIETÁRIO, ou seja, você começou do ZERO, não aproveitou e nem pegou nada de ninguem que seja LIVRE. A licença diz, se pegou parte dele, ou total e modificou deverá disponibilizar as modificações efetuadas.

    Não somente eu, mas como diversas pessoas aqui do FORUM, posso garantir, que a partir do momento que o codigo fonte fosse disponbilizado, diversas modificações iriam surgir. E garanto que ninguem iria fazer com o intuito de "só para mim".

    Assim como você pode verificar, há varias pessoas aqui que dedicam um pouco do seu tempo, e boa vontade para solucionar problemas de terceiros. E o que elas ganham com isso ? Não digo trabalhar de graça, porque aqui é uma COMUNIDADE, e não um ALBERGUE. No Albergue os idosos são atendidos por pessoas de boa vontade também, com um detalhe, eles recebem, mas mesmo assim existem voluntários.

    Ninguém vive de AR ou se quer Brisa. Vou citar um caso aqui brevemente.
    Um colega, recentemente foi roubado e perdeu o seu equipamento de trabalho. Furtaram o seu NOTEBOOK. No equipamento ele continha todas informações necessárias para Administrar o seu Sistema de Anti SPAM (Gratuito). BRASILRBL - SPAM Blacklist (GRATUITO)
    Os usuários comovidos com o FURTO do SEU notebook se comprometeram a ajuda-lo na compra de um novo equipamento. (Brasilrbl - SPAM Blacklist) Pronto, agora me fala, e o que ele ganhava em fazer um Sistema Anti SPAM baseado em Linux, desenvolvido (possivelmente modificado) e mantido por ele ? Pode usar essa Lista, ela é ótima, se voce pedir o desbloqueio de um HOST ele faz na hora, e ele nao ganha NADA, ou melhor ainda tem CUSTOS.

    Em se tratando de comprar via PARAGUAI, vai me dizer que as suas máquinas são 100% nacionais com IMPOSTOS. Você só compra equipamentos na DELL. Porque qualidade infelizmente é na Dell. A não ser que você vá nas Casas Bahia e compre um CPU da Positivo. Você nunca usou um Windows PIRATA ? Existem alguem aqui no FORUM que só compra no Brasil, com Nota, recolhe todos os impostos e ainda doa dinheiro para o "CRIANÇA ESPERANÇA" ? Olha, eu não acredito mais em PAPAIL NOEL e nem coelhinho da páscoa.


    UMA REGRA NÃO CUMPRIDA, É UMA REGRA NÃO CUMPRIDA.
    CONHECIMENTO NUNCA É DEMAIS.
    Última edição por rccavalin; 27-11-2007 às 01:08.

  14. #14

    Padrão

    convido a todos a conhecerem o projeto shortlinux !!

    firmware para rtl8181 que pode ser portado tranquilamente para o rtl8186 .. por falta de tempo nao fiz mais updates.. nem o eliphas tambem..

    shortlinux.sourceforge.net



  15. #15

    Padrão Atualização do Tópico

    Gente, o processo vai rolar 5 milhões de dolares, o juiz deu abertura ao caso, e vai citar as empresas em 15 dias. O juiz quer apenas uma justificativa para anular o caso, ABRIR todo o codigo fonte, ou o processo continua, o pior não é isso, inumeras empresas brasileiras vão ser citadas no processo, espere para ver o nome da AP ROUTER circulando no processo também, essa notícia é quente, e vai ser divulgada em breve no proprio site da Fundação do Softweare Livre.

    Quem esperava sair ileso do campo de batalha, pode dizer que, ao menos saiu vivo...