• Gerente da Apple Acusado de vazar Segredos por Dinheiro

    Mais um grande problema de "recursos humanos" dentro da empresa da maçã. Dessa vez foi a vez de um gerente de suprimentos global da Apple que está sendo acusado em um Juri Federal norte-americano, por fraude, lavagem de dinheiro, além de enfrentar uma ação civil da própria Apple. De acordo com um relatório da San Jose Mercury News, Paul Shin Devine de 37 anos, em Sunnyvale, California, está sendo citado em 23 acusações, junto a Andrew Ang, de Cingapura.

    A acusações dizem respeito a um alegado esquema de fraude, que alega o uso do certificado de segurança de Devine na Apple para fornecer informação confidencial dos produtos a serem lançados para seus fornecedores, incluindo Ang na fraude. A acusação diz que esses fornecedores usam as informações secretas para negociar contratos favoráveis com a Apple e, subseqüentemente, pagar as propinas para Devine, que ele compartilha com Ang.

    O dinheiro é então lavado através de uma série de contas em território norte-americano e bancos estrangeiros, com pagamentos identificados como "amostras", para não atrair tanta atenção. Foi visto que Devine abriu várias contas para aceitar os pagamentos tanto em seu nome quanto no nome de sua esposa; e em alguns casos, aceitar subornos pessoalmente durante as reuniões com os fornecedores na Asia.

    O interessante é que as companhias envolvidas não são citadas na acusação, mas incluem os fornecedores para os produtos ipod e iPhone, e diz que os mesmos são encontrados em "vários países da Ásia", incluindo China, Cingapura, Coréia do Sul e Taiwan. O caso foi elaborado pelo FBI (Federal Bureau of Investigation) e o IRS (Internal Revenue Service), relatando que Devine está nas mãos de agentes federais norte-americanos, e enfrentará a Corte Federal em San Jose, na Califórnia ainda nesta segunda-feira, dia 16 de agosto de 2010.O relatório ainda diz que a IRS não quis comentar o atual status de Ang.

    Além da ação penal, a Apple também estaria movendo uma ação civil contra Devine, acerca de US$ 1 milhão desviados em "pagamentos, propinas e subornos" durante vários anos.

    Steve Dowling, um porta-voz da Apple, disse em um comunicado que "A Apple está comprometida com os mais altos padrões de ética na forma como fazemos negócios", e completou "Nós temos tolerância zero quanto a comportamentos desonestos, dentro e fora da companhia".

    A Apple tem trabalhado duro para manter segredo de seus produtos em ordem de tentar impedir que os concorrentes adivinhem, e para excitar os clientes com lançamentos chamativos de produtos, mas o caso também destaca as ameaças que a empresa enfrenta no trabalho com seus próprios parceiros, no lucrativo mercado de fornecimento de peças e montagem de novos produtos.

    Se esse caso terá efeito na contenção do constante vazamento de informações de protótipos de seus produtos que a empresa estava sofrendo, só o tempo dirá.


    Notícias relacionadas:

    - Apple TV Renomeada para iTV e Resolução de 720p
    - QuickTime 7.6.7 Corrige Vulnerabilidade Crítica
    - Apple Utilizando Tecnologia da Liquidmetal
    - AT&T não tem Medo de Perder Exclusividade nas Vendas do iPhone
    - Os Motivos para a Demissão de Papermaster da Apple


    Links de Interesse:

    - Apple manager charged with leaking secrets for kickbacks

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L