+ Responder ao Tópico



  1. A prática comercial atual é esta:
    Dedicado 100% de garantia com preço mais alto e permitindo compartilhamento
    Dedicado 50% de garantia com preço mais econômico e permitindo o compartilhamento
    ADSL 10% de garantia e controle de conexões com o preço mais baixo

    Taí o que voce sugeriu Aldo. Opções de comercialização.

    Rubensk, creio que o que voce quer saber é se provedores permitem que seus assinantes compartilhem a revelia do controle do provedor. Com certeza ninguém é louco de permitir isso. Quebra logo.
    Nosso contrato diz em resumo que a assinatura é para uso pessoal e no local da instalação.

    Quem for provedor e faz de outra maneira, que se pronuncie.
    Respeito muito o Aldo pelo conhecimento técnico. Muitos assuntos importantes ele já trouxe para nosso forum.
    Se um dia ele for dono de um provedor creio que poderá pensar de outro ângulo. Precisamos tornar nossos negócios rentáveis senão não sobrevivemos.
    E o Aldo não respondeu se perguntou a respeito deste assunto aos provedores que ele dá suporte.

    E com certeza o compartilhamento não é o melhor caminho para o crescimento. Seja usufruirmos do compartilhamento, seja permitirmos que nossos assinantes assim o façam.
    Se for um cliente que deseja compartilhar dentro da sua empresa, o correto é que ele faça um contrato de mais banda e dái partilhe entre os setores da empresa.
    Agora, deixar livre para que ele espalhe pela vizinhança? Então que me compre um link próprio para isso.Poderei em breve fornecer isso. Mas com certeza não será o preço de uma simples assinatura padrão.
    E daí entrar naquilo que o Aldo comentou. Vou manter meu lucro sem a necessidade do suporte.
    Mas tudo feito dentro de acordos comerciais.
    Se as operadoras não fiscalizam o uso compartilhado, o problema é nosso, pois os gatonets da vida estão proliferando.
    E como já disse mais acima, se elles não fiscalizam e não favorecem os custos de um dedicado, o que resta para muitos provedores é continuar utilizando adsl. Me incluo neste rol. Mas já estou saindo do adsl, pois como empresário burro, estou fazendo investimentos no transporte de link de longe até aqui.
    Na nossa rede, quem quiser assinar e compartilhar vai ter que pagar mais por isso. E acho que aí concordamos, não é Aldo?

  2. ^^ Esse mal hábito começou com as grandes operadoras no início do ADSL no país... se você disser que a idéia foi dos pequenos SCM, as áreas de marketing das grandes operadoras vão ficar chateadas.



  3. Não temo não, Aldo.
    É exatamente isso que estou tentando mostrar deste o início.

    Voce agora expôs de forma muito clara toda a situação. Muito primoroso seu raciocínio técnico.

    O compartilhamento de adsl é pernicioso, mesmo que o contrato estivesse prevendo este compartilhamento.
    Não há QoS que possa garantir nada ao cliente se for baseado em adsl.
    Isto que voce relatou, é extamente o que faz um concorrente aqui.
    Se o cliente reclama que está lento, ele sugere um plano maior e mais caro. Só que na prática a diferença é muito pequena que não compensa a migração do plano.

    Já com o dedicado eu tenho como manter uma política de fornecimento dentro daquilo que comercialmente está estabelecido pelo mercado. Venda de acesso com x de velocidade mas com garantia de 10% para atender ao que o órgão maior que regula o serviço, a Anatel permite. Todo mundo que usa dedicado faz assim e atende bem.
    Quem usa adsl se fizer assim não vai conseguir atender bem.

    Voltando ao tema do tópico, o SCM com adsl é sim permitido, porque a Anatel não fiscaliza tecnologias mas serviços.
    Mas exige pelos relatórios SICI um padrão minimo de qualidade que um ADSL dividido não vai conseguir atender.
    Agora, uma empresa SCM não deveria arriscar o uso do adsl pois pode sofrer uma ação da parte da operadora do adsl que iria quem sabe arrebentar financeiramente com o provedor. São aspectos legais, contratuais que entram neste campo.

    Mas voce ainda não me respondeu se os provedores que voce da suporte, se eles estariam dispostos a permitir o compartilhamento de seus assinantes sem o controle do provedor?

  4. Como posso garantir alguma coisa decente em banda, se meu fornecedor de adsl não me garantir?
    Se tenho 1mega dedicado eu posso contar com a garantia para poder fornecer banda.
    Agora voce não vai querer que eu compre 1mega por um valor alto e garanta 1 mega por umas merrecas.
    É isso que estou querendo chegar a um acordo desde o início.
    Eu compro um link que não é partilhado. Mas o revendo partilhado. Mas não posso permitir que meu consumidor o re-compartilhe.
    Há algo de errado nisso? Estou engando o consumidor? É assim que as operadoras fazem, e porque nós não podemos?
    Agora , se quero continuar com adsl, eu compro por ex. 10 mega para poder contar com 1mega garantido e daí projeto minha rede em cima disso. Superdimensiono o link que recebo para suportar o consumo.
    O custo disso? Financeiramente ainda compensaria, mas o custo tecnologico já não seria atraente, pois estes 10 megas ainda estão sob controle de conexões etc etc. Ainda serão 10mega adsl com toda a instabilidade que acompanha.
    É nisso que quero dizer, que o compartilhamento, chega num ponto que deixa de ser interessante usufruir até para o provedor empreendedor. Para o acomodado, para aquele que nao se preocupa em fornecer um melhor serviço até pode ir levando assim usando adsl.
    Agora , se voce tem um QoS milagroso que possa resolver esta questão perante o adsl, eu me rendo.
    Poste isso para que a comunidade usufrua também.

    E não esqueça de conversar com os provedores que voce dá suporte para saber deles se eles estão dispostos a permitir que seus assinantes compartilhem a conexão que recebem, ou então eles iriam re-calcular a banda do link para que o cliente possa ter um bom serviço. E consequentemente cobrariam mais por este link que seria compartilhado.



  5. A primeira pergunta é:

    Quanto você compra 1mb dedicado? Vamos supor que seja 1 mil por este mega.

    A segunda pergunta é:

    O que você vende para seus clientes? Link dedicado ou link não dedicado? A grande maioria vai dizer link não dedicado, certo?

    Agora eu pergunto, quanto sai esse mega não dedicado que você vende para seu cliente? Algumas pessoas vão dizer que só vendem planos de até 256k e cobram 70 reais, outros dirão que vendem 512k por 100 reais e outros dirão que vendem 1mb por 150 reais.

    Negoção esse heim?!?? Você compra 1mb por 1 mil e vende esse mesmo 1mb por no máximo 150 reais... Você tá ganhando dinheiro ou está perdendo?

    Já espero o espertinho vir aqui e dizer "olha, mas meu plano tem garantia de 10% ou então, mas meu link tem 1mb de upload e 1mb de download!!!".

    Grandes coisas!

    A questão é a seguinte. 1mb sempre será 1mb, seja ele dedicado, seja ele não dedicado. 1 cliente consumindo 1mb o tempo todo, será sempre 1mb consumido no link e ponto final. Ao menos na minha rede e acredito que na maioria das redes, se você vende 1mb, não tem "macumba" no mundo que vai convencer o clientes nosso de cada dia que ele contratou 1mb, porém só dá 100k no horário de pico. Cliente é assim, ele contrata 1mb, ele quer 1mb o tempo todo (por isso tem aqueles clientes que ficam consultando os velocímetros da vida, iguais uns tarados o dia todo). Inclusive o Procom está de olho nessa "malandragem" e quer acabar com esse negócio de garantia de 10% (eles consideram o conhecido gato por lebre). Então sabemos que se você vendeu 1mb, terá que entregar 1mb (a pena de não cumprir é seu provedor estar escrachado na boca do povo que não funciona, que fica lento, que é uma merd****).

    Como eu falei. Você comprou aquele 1mb por 1mil e no final revendeu ele por 150 reais. Assim você não ganha dinheiro.

    Vamos imaginar o seguinte:
    Se eu compro 1mb por menos de 150 reais e revendo ele por 150 reais, eu to ganhando ou perdendo dinheiro? Opa!! Agora a coisa tá melhorando!!

    Preços do RJ:

    **SERVIÇO NÃO DEDICADO**

    VIRTUA 100MB (10mb up / 100mb down) (CableModem, fibra e coaxial) = R$ 500,00 - PREÇO POR MEGA = R$ 5,00
    GVT 100MB (10mb up / 100mb down) (Fibra) = R$ 529,90 - PREÇO POR MEGA = R$ 5,29

    *GVT, adicionar mais 50,00 reais para cada 1 IP válido, caso deseje.

    Para quem não sabe a GVT entrega link dedicado abaixo de 100mb em cima da tecnologia ADSL.


    Bom a coisa começa a melhorar assim:

    No modelo acima, você ganha dinheiro. Você compra o mega não dedicado por 5,00 e vende este mesmo mega não dedicado por 150 reais. Isso é melhor do que vender droga (3000% de lucro)!!

    Quais são as vantagens de ter um link dedicado então (no meu ponto de vista)?

    - Estabilidade
    - IP válido (agora você tem no dsl gvt)
    - UPLOAD
    - Garantia

    Para que eu vou ter um link dedicado?

    Tenha o link dedicado para atender os seus clientes que pagarão por link dedicado ou se você realmente precisa das vantagens do link dedicado (upload ou bloco de ips por exemplo). Neste modelo você compra o 1mb dedicado por 1 mil e vende este mesmo mega dedicado lá para o supermercado por 3.500 reais. Negoção assim... Você comprou por 1mil, mas lucrou 2.500 reais em cima do negócio.

    Se você vende link não dedicado, certamente em seu contrato a garantia é menor do serviço, a instabilidade é menor e a garantia também, porém quando você compra da operadora está sujeito a ter todos estes "problemas" que estão previstos no contrato. O problema disso tudo é que por vezes sua rede poderá estar estável, porém devido aquele momento que o link deu aquela variada, normal, ele acabou afetando os seus clientes.

    Uma dica é você usar sempre links redundântes e de operadoras diferentes. Pois a probabilidade é menor de ter problemas.

    Eu vejo muita gente dizendo assim:

    "Eu tenho um MEGA LINK DE 300MB DE UPLOAD E DOWNLOAD PARA ATENDER MEUS CLIENTES RESIDÊNCIAIS."

    WTF???????

    Do que adianta você comprar 50mb dedicado para vender link não dedicado? Para que pagar caro para ter 50mb de upload, se no final o consumo de upload na rede é ridículo (normalmente 10% em relação ao download)? Para que pagar mais caro pelo serviço, se você não vai lucrar por este serviços a mais (latência, monitoramento do link feito pela NASA 24hs [daqueles que quando o link cai no domingo ás 4hs da manhã, eles te ligam para informar que caiu porém já voltou... rs] e coisas do tipo)?

    Costumo dizer que o problema do ADSL é um problema meu. Se você usa ADSL como link principal e este tem suas variações normais e isso te afeta, um cliente insatisfeito pode ligar para anatel e abrir uma reclamação e no final de tudo você pode ser multado. Multa é problema administrativo não criminal.

    Eu nunca vi gato de ADSL, todo mundo que distribui solicita uma linha da operadora, pede o serviço e PAGA por isso (pouco, mas paga). Não tem gato ou roubo.

    O que acontece é que nem mesmo a polícia quando prende um cidadão destes, colocam que o cara fazia "gatonet", porém nada tem a ver. Se os policiais realmente soubessem o que estão fazendo poderiam "ferrar" bonito o cidadão, bastando autuar ele no art.181 da LGT (atividade clandestina de telecomunicações) que seria muito pior. O melhor ou pior disso tudo é que se este cidadão tem um bom advogado, o tal "gatonet" que ele foi enquadrado não dá em absolutamente em NADA e o sr. Otoridade Policial, ainda correrá o risco de responder por constrangimento ilegal, falsa comunicação de crime e demais artigos que se enquadrarem.

    O pessoal tem que deixar de agir na emoção e ler mais, aprender e principalmente ter claro o que faz ou o que vende.

    Vou contar um caso recente que aconteceu em uma das área a qual legalizamos o serviço. Esta área é uma comunidade pacificada do RJ (não divulgarei o nome para preservar o local).

    Houve uma denúncia e uma equipe policial da UPP foi checar e como sempre o pessoal não quer ter trabalho, simplesmente enquadrou um dos funcionários daquela nossa unidade e o fez levar até o servidor (este fica dentro de uma caixa hermética na entrada da comunidade) e chegando lá este sr. autoridade policial disse o seguinte:

    "Estou com um fiscal da anatel aqui no telefone e ele está dizendo que é para vc abrir aquela caixa e se tiver adsl dentro dela está tudo errado. Então vou te dar duas opções: Ou você abre a caixa para eu olhar o que tem dentro ou me trás os documentos para eu dar uma olhada. Caso nenhuma das 2 coisas aconteça eu vou arrombar a caixa".

    Em primeiro lugar, dentro da tal caixa tem (veja, não é tinha, tem... Continua lá... rs) uma rb1000, 1 cabo ethernet entrando na interface 1 e um cabo ethernet saindo na interface 2, um nobreak e só. O link chega via cabo, vindo via wireless).

    O primeiro procedimento deste funcionário foi ligar para nossa base de apoio e eu educadamente, já sabendo que aquela ação policial era ILEGAL, fui falar com o policial.

    O cidadão me disse como vou descrever (primeiro ele fez o joguinho conhecido de policial mau e disse que não ia atender o telefone, logo em seguida atendendo):

    "Bom, aqui é o tenente X, ou você trás os documentos aqui ou vou arrombar a caixa da empresa".

    Eu educadamente falei para ele que nossa documentação, como de costume, fica na empresa junto do contador e que o comandante da UPP já tinha uma cópia deste em mãos e tinha feito as checagens que estavam todas em perfeita ordem.

    O cidadão me responde o seguinte:

    "Olha só, não tem documento nenhum com comandante nenhum, não quero saber de nada ou trás os documentos aqui ou eu vou arrombar'.

    Nosso pessoal que não é bobo nem nada e já tinha sido treinado previamente, ficou tranquilo e perguntou aquele policial se ele desejava então, já que duvidava da legalidade do serviço se ele queria se dirigir até a delegacia onde lá, enviariamos nosso advogado de telecom para resolver as dúvidas. O funcionário ficou muito calmo, pois ele sabia que não tinha anatel nenhuma no telefone, a anatel só fiscaliza pessoalmente sempre com 2 agentes e eles solicitam apoio da polícia federal se for necessário. Inclusive quando o funcionário questionou o policial e perguntou a ele onde estava escrito, qual lei que dizia que usar ADSL é crime. Inclusive ele falou: "ADSL é TECNOLOGIA" (será que aquele policial em sua sã conciência, saberia o verdadeiro siginificado da palavra tecnologia???). Claro que o policial viu que ele não era de "bobeira" e não soube responder.

    Mesmo assim o policial indagou:

    "Você está querendo complicar as coisas? Ninguém aqui vai para a delegacia não. Eu vou arromabar a caixa e pronto!!"

    Previamente já tinha ligado para nosso advogado e tinha pego as orientações. Eu simplesmente liguei novamente e falei o seguinte para ele:

    "Sr. policial X, nossos documentos são confidenciais e seu comando possui uma cópia. Apartir deste momento o nosso funcionário NÃO ESTÁ AUTORIZADO a abrir esta caixa e o Sr. também NÃO ESTÁ AUTORIZADO a abrir esta caixa. Caso o Sr. desobedeça esta ordem, eu irei chamar a polícia FEDERAL e nosso advogado que é especializado em legislação e telecom e assim iremos todos para a delegacia."

    O policial começou a gaguejar e falou um simples:

    "O Sr. não está em posição de me exigir nada".

    Então eu falei firmemente com ele:

    "Repito mais uma vez, o Sr. NÃO ESTÁ AUTORIZADO (bem timbrado) a abrir a caixa e fim de papo".

    Sabem o que aconteceu? Passou 5 minutos, liguei para o funcionário e ele disse que os policiais "desistiram" e estavam se retirando. Hoje estes policiais viraram "amigos" dos funcionários e nunca mais teve problemas naquela área.






Tópicos Similares

  1. Balanceamento de Tráfego com ADSL (Velox - PPPoE)
    Por Kurn no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 20-05-2003, 10:46
  2. Problemas com ADSL no RedHat 9.0
    Por pyromaniac no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 16-04-2003, 23:45
  3. duvidas com adsl
    Por demiurgo no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2003, 07:55
  4. GATEWAY COM ADSL
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 06-03-2003, 18:02
  5. PROBLEMAS COM ADSL
    Por Aquini no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 21-12-2002, 03:22

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L