Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Uma pequena rede de galerias populares aqui da região esta querendo modernizar as suas 6 Filiais, sendo que 3 estão em uma região que não se oferta internet, de qualidade. Foi realizado uma reunião com os pequenos lojista, que soma em media de de 30, a 50, em cada galeria das quais não se possui internet, e ficou decidido que até Julho o problema teria uma solução técnica viável.
    Como já tomava conta da infraestrutura, me pediram um conselho, então sugeri o projeto acima, Mas se esbarrou em uma questão técnica como levar 3 link distintos, pelo MEIO FISICO criado via radio, isto é pelo PTP; Sem precisar usar mais de um par de antena para o PTP 1 usando tão somente o Throughput gerado pelo PTP1 que aqui esta 50Mb o que tecnicamente falando da para trafegar os 21MB total sem problemas, sendo que este 21MB é só até a primeira torre, na qual ficará com 5Mb, depois cada um link de 8Mb seguiria por links distintos PTP2 e PTP3, sendo que nestas duas galerias teremos 6 câmeras de monitoração em cada loja, que por sua vez deverá ser enviada para a loja 3 que será o centro de controle deste site, e o servidor Master é quem irá fazer o controle de acesso e de cache, não só das 3 lojas, mas das 6 lojas.
    Hardware.
    Servidor _1 Master
    3 placa PCI GigaBit para entrada dos links
    1 Placa PCI Expresse GigaBit para saída dos Links
    Construção de 3 Vlans, que deveram sair todas pela mesma interface.
    Um par de antenas fazendo PTP1.
    E as 3 Vlans trafegando dentro do link, na outra ponta o Mikrotik recebe.
    Servidor _2 Loja1
    Recebe por uma Placa PCI Expresse GigaBit para entrada dos Links.
    3 placa PCI GigaBit para saída dos links
    Interface_1 5Mb fica localmente
    Interface_2 8Mb será redirecionado para outra Bridge que será PTP2
    Interface_3 8Mb será redirecionado para outra Bridge que será PTP3

    A unica solução seria somente com o Balanceamento de cargas?
    Vpn?
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Projeto Wisp Diagrama.jpg
Visualizações:	73
Tamanho: 	37,2 KB
ID:      	36065  

  2. PQ nao usar loadbalance?



  3. A rede é para uso próprio do condomínio ou ele vai ofertar a internet aos lojistas?

    Se for o último caso, ele terá que ter Autorização de SCM para isso, mesmo que não cobre (oferta gratuita).

  4. Algumas sugestões:
    1) Use roteamento por marcação de pacotes, assim vc pode determinar qual loja vai sair por qual link ( o que possibilitaria o acesso externo as cameras também );
    2) Não é bem necessário fazer criação de vlan, vc pode fazer com tabela de rotas, ou se preferir implementar RIP, OSPF ou BGP ( o que vc possuir maior familiaridade ), pois assim optmiza o tráfego, e não tem consumo de banda com broadcast
    3) Sobre as cameras, é preciso saber qual o tipo de sistema usado, se é stand alone, se é nvr ( servidor para cameras ip ), se é computador com placa de captura, tipo de frame usado na configuração do h.264 ( qcif, d1, 720p ... ), se a monitoração vai ser on-line ou off-line. Pois dependendo do tipo de frame usado cada camera vai consumir de 512Kbps a 2Mbps em ótima resolução, se for usar baixa resolução 16 cameras usando qcif consome 1MB.
    4) Como vc se referiu a lojistas, considere o uso das RBs nas lojas pois assim vc poderia fazer controle de banda por queue tree ( divisão por igual ou com garantia de banda ), que iria garantir o uso eficiente do link destinado a cada loja, com também fazer QoS pelo tipo de serviço ( as cameras de vídeo ).



  5. Citação Postado originalmente por alvarocsfilho Ver Post
    A rede é para uso próprio do condomínio ou ele vai ofertar a internet aos lojistas?

    Se for o último caso, ele terá que ter Autorização de SCM para isso, mesmo que não cobre (oferta gratuita).
    A infra estrutura é provida pela Rede de loja populares, sendo que cada Box é de propriedade da rede, o lojista tão somente a luga o box para realizar a sua atividade, já entrei em contato com a anatel, e como todos computadores serão comprados pela administração da rede de lojas, o provimento de internet não tem nada de inlegal.
    Mas a concordo com a sua possição pois, cada lojista é uma empresa independente; mas temos que analisar o todo, todos os Box são da rede de Galeria, ou seja o CNPJ e da Rede de Galeria, e cada Box seria como varios quartos em sua casa, ou em sua empresa, na qual cada computador receberia a internet logo não tem necessidade jurida de SCM.
    Não estou falando que é o correto, é apenas uma leitura, ou um entendimento da lei.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 12
    Último Post: 18-03-2015, 10:08
  2. Respostas: 4
    Último Post: 29-10-2014, 12:31
  3. RB750GL é confiavel para uma rede de 20 estações?
    Por congregação no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 10-11-2013, 16:40
  4. Respostas: 16
    Último Post: 14-03-2011, 05:46
  5. Respostas: 4
    Último Post: 07-07-2008, 09:28

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L