+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por davigava Ver Post
    Olá amigos!
    Estou querendo cabear o bairro onde fica meu cpd, tem em torno de 500casas.
    quero vender planos de ate 15mb no futuro,Voip e Tv, neste tópico gostaria de tirar algumas duvidas,
    tenho certeza que os entroncamentos serão em fibra, restá saber qual melhor solução para o resto,
    Já pensei em coaxial, mas não entendo muito , estou querendo usar produtos da volt, mas 10/100 quero que não
    suportaria uma IPTV no futuro, para usar 10/100/1000 fica caro, qual seria o melhor a fazer ja que quero ter
    aplicações de internet+Voip+TV ou IPTV




    Amigo creio tambem que 1 pessoa muito experiente no assunto...Ronaldo Couto da primori...Ele sim tenho certeza.Ja fiz 1 treinamento com Ele e foi otimo...

  2. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por davigava Ver Post
    Olá amigos!
    Estou querendo cabear o bairro onde fica meu cpd, tem em torno de 500casas.
    quero vender planos de ate 15mb no futuro,Voip e Tv, neste tópico gostaria de tirar algumas duvidas,
    tenho certeza que os entroncamentos serão em fibra, restá saber qual melhor solução para o resto,
    Já pensei em coaxial, mas não entendo muito , estou querendo usar produtos da volt, mas 10/100 quero que não
    suportaria uma IPTV no futuro, para usar 10/100/1000 fica caro, qual seria o melhor a fazer ja que quero ter
    aplicações de internet+Voip+TV ou IPTV
    FTTx, faça um curso em uma empresa como a CiaNet, ou Parks para vc entender o projeto, depois esboce o que vc quer fazer e se achar necessário contrate uma empresa. De qualquer forma é muito interessante vc fazer o curso, por que vc que vai dar manutenção na rede depois, e vc vai precisar de alguém para fazer o projeto geo-referenciado para ser apresentado e aprovado junto a concessionária de energia da sua região.

    Não vejo outras soluções para este fim com futuro promissor, do jeito que estão aparecendo mais fornecedores e equipamentos voltados a redes FTTx, o que está causando muita queda de preços se comparado a alguns anos, além de recursos como BNDeS e outras linhas de financiamento, acredito esta ser a melhor opção para vc.



  3. #9

    Padrão

    Tenho analisado o mercado há meses sobre isso. Realmente é uma aposta complicada: FTTH ou Ethernet.

    Primeiro de tudo, recomendo que faça o curso do Ronaldo Couto. Vale cada centavo!

    Vejo duas possibilidades:

    1)Uma rede mista - rede central com fibra e nas caixas de atendimento coloca o PACPON e chega com ethernet no cliente final.

    Vantagem:
    O custo cai absurdamente. O cabo até o cliente é ethernet (mais barato que o cabo drop de fibra) e na casa dele coloca um roteador normal.

    Desvantagem
    :
    Qualquer sistema de TV por IP faz broadcast. Assim, se você tiver 8 pessoas vendo canais HD ao mesmo tempo terá quase 80 megas de consumo. Ou seja, quase acabaram os 100 megas...
    Outra coisa: descarga elétrica. Mesmo sendo somente entre o cliente e poste com cabo metálico, já vi que tem PACPON com "proteção extra". Quer dizer, se fizeram o "extra" é porque a rede é vulnerável.

    Conclusão: para levar internet e voip beleza. Mas como fica no futuro, com TV? Lugares com baixo poder aquisitivo é uma boa solução.

    2) Rede toda em fibra (FTTH):

    Vantagem: velocidade. Nunca mais terá que mudar a fibra. Não tem problema com descarga elétrica. Tem como fazer FINAME.

    Desvantagem: preço! um cliente custa algo entre R$450,00 e R$600,00. Isso só o cliente, não inclua aí o cabo na rua, esse custa R$10,00 o metro.

    Conclusão: Se no local você tem um poder aquisitivo para pelo menos uma mensalidade de R$100,00 (internet + telefone), vale a pena sim. O ideal seria um ticket de R$150,00.

    Acho assim:

    Se o poder aquisitivo é ruim, usar ethernet é uma boa. Agora, se o poder aquisitivo é bom vai de fibra.

    Outra coisa é o tamanho do provedor: uma coisa é você já ter 2000 clientes. Nesse caso invista na fibra, pois já tem uma entrada boa de dinheiro. Agora, provedores pequenos, tem que pensar muito antes de gastar, pois a fibra/cabo você não leva embora nunca mais, colocou, já era!

    Espero ter contribuído!
    Abraços
    Fabricio

  4. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por FabricioViana Ver Post
    Tenho analisado o mercado há meses sobre isso. Realmente é uma aposta complicada: FTTH ou Ethernet.

    Primeiro de tudo, recomendo que faça o curso do Ronaldo Couto. Vale cada centavo!

    Vejo duas possibilidades:

    1)Uma rede mista - rede central com fibra e nas caixas de atendimento coloca o PACPON e chega com ethernet no cliente final.

    Vantagem:
    O custo cai absurdamente. O cabo até o cliente é ethernet (mais barato que o cabo drop de fibra) e na casa dele coloca um roteador normal.

    Desvantagem
    :
    Qualquer sistema de TV por IP faz broadcast. Assim, se você tiver 8 pessoas vendo canais HD ao mesmo tempo terá quase 80 megas de consumo. Ou seja, quase acabaram os 100 megas...
    Outra coisa: descarga elétrica. Mesmo sendo somente entre o cliente e poste com cabo metálico, já vi que tem PACPON com "proteção extra". Quer dizer, se fizeram o "extra" é porque a rede é vulnerável.

    Conclusão: para levar internet e voip beleza. Mas como fica no futuro, com TV? Lugares com baixo poder aquisitivo é uma boa solução.

    2) Rede toda em fibra (FTTH):

    Vantagem: velocidade. Nunca mais terá que mudar a fibra. Não tem problema com descarga elétrica. Tem como fazer FINAME.

    Desvantagem: preço! um cliente custa algo entre R$450,00 e R$600,00. Isso só o cliente, não inclua aí o cabo na rua, esse custa R$10,00 o metro.

    Conclusão: Se no local você tem um poder aquisitivo para pelo menos uma mensalidade de R$100,00 (internet + telefone), vale a pena sim. O ideal seria um ticket de R$150,00.

    Acho assim:

    Se o poder aquisitivo é ruim, usar ethernet é uma boa. Agora, se o poder aquisitivo é bom vai de fibra.

    Outra coisa é o tamanho do provedor: uma coisa é você já ter 2000 clientes. Nesse caso invista na fibra, pois já tem uma entrada boa de dinheiro. Agora, provedores pequenos, tem que pensar muito antes de gastar, pois a fibra/cabo você não leva embora nunca mais, colocou, já era!

    Espero ter contribuído!
    Abraços
    Fabricio

    Desculpem minha ignorância, meu patrão mesmo quer por que quer entregar TV para os clientes, mais vamos ser racionais. Até quando os GatoNet, ou SkyGato da vida vão funcionar livremente? E esses pacotes tipo da Sky, Claro e afins que vc compra o equipamento pagando em 12 vezes e depois disso fica com todos os canais abertos em HD de graça, pagando somente recarga se quiser ver os canais pagos?

    IPTV mesmo eu acho utopia, muito investimento pra pouquíssimo retorno. E olha que nem falei na tecnologia DLNA, NetFlix da vida e por ai vai.

    Tendo em mente que IPTV um canal HD precisa de até 16Mb de banda, façamos as contas, em GePON vc tem 1.25Gbps por porta e pode colocar 64 clientes (usando 100% fibra) isso te dá em média 19Mb por cliente, usando GPON isso sobe pra uns 39Mb por cliente. Bom se o cliente tiver 2 ou 3 pontos de TV e mais internet? Qual a banda que será possível vender a ele? Não esqueçamos que IPTV é stream direto, não é a mesma conta de acesso a internet, onde colocamos 5 clientes de 1M em 1M de link e todos vivem felizes para sempre. Outra, TV fica ligada direto, diferente do PC que vc não está sempre navegando.

    Ainda tem os custos da montagem do Head-End que é uma pequena fortuna. Sei lá, na minha humilde opinião, primeiro não devia existir mais as gatonets da vida (o que acho muito pouco provável) depois tinha que baratear muito a tecnologia, pra poder competir com as grandes, e torcer para serviços como NetFlix não virarem a TV do futuro.



  5. #11

    Padrão

    Marcio, concordo e amplio um pouco mais. E há ainda os custos mensais de direitos de retransmissão.

    Quem pode pode, quem não pode se sacode.

    Por isso que cada um faça um balanço de até onde seu bolso e sua carteira de clientes aguenta.

    Não duvido de quem está colocando 100% fibra. Se for para atender só internet e talvez incluir telefonia, tudo bem. Mas sonhar com TV isso já é outra conta muito extensa.
    Agora outro ponto a analisar: investir alto em 100% fibra para no futuro se ver tolhido pela falta do serviço de TV? Acho pouco por muito investimento.

    Então sobra a outra opção que o Fabricio citou: uma rede hibrida. Esta pelo menos está mais dentro da realidade de 90% dos provedores.
    Sonhar é bom mas não alimenta nosso fluxo de caixa.

  6. #12

    Padrão

    Consigo fazer uma REDE cabeada com PAC (Ponto de acesso cabeado), 10/100, mas não tem suporte pra TV e IPTV, somente internet.