+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Energia solar

    Olá, pessoal gostaria de saber o que é melhor para alimenta uma repetidora de internet. tenho na torre uma nanobeam, uma sxt sa, uma airgrid, um suit.
    PS: Quero só saber o que é melhor dentre as opções abaixo.

    usar duas baterias freedom de 70ah em série ou apenas uma de 115ah.

    Queria saber se uma placa de 140W é capaz de carregar qualquer uma das opções.

    Moro no Piauí e a incidência solar é perfeita.

    Obrigado gente!

  2. #2

    Padrão Re: Energia solar

    Amigo, pra voce nao ter dor de cabeca , ja pensando em uma futura espancao que voce pode precisar no futuro próximo , como colocar mais 1 ou 2 radios, recomendo lhe colocar, 1 painel de 245W da Yngli Solar, 2 baterias de 115AH, freedom e um controlador de carga de 24V/20AH com tecnologia MPPT

    Pronto isso vai lhe atender perfeitamente

    nao bote baterias menores que 115 para que as baterias nunca descarregue mais que 20% durante a noite, assim voce aumenta a vida util da bateria para uns 5 anos, se quiser aumentar para uns 8 a 10 anos, coloque baterias de 150 ou 170 AH ( lembrando que serão 2 baterias )

    o bom do sistema solar e que sendo bem dimesionado voce esquece da torre, nao da problema, principalmente no inverno que a energia da concessionaria tem muitas quedas e ocilacoes que queima seus equipamentos



  3. #3

    Padrão Re: Energia solar

    mais um detalhe antes de colocar as baterias na torre, de uma carga na bateria

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por weslly21 Ver Post
    Amigo, pra voce nao ter dor de cabeca , ja pensando em uma futura espancao que voce pode precisar no futuro próximo , como colocar mais 1 ou 2 radios, recomendo lhe colocar, 1 painel de 245W da Yngli Solar, 2 baterias de 115AH, freedom e um controlador de carga de 24V/20AH com tecnologia MPPT

    Pronto isso vai lhe atender perfeitamente

    nao bote baterias menores que 115 para que as baterias nunca descarregue mais que 20% durante a noite, assim voce aumenta a vida util da bateria para uns 5 anos, se quiser aumentar para uns 8 a 10 anos, coloque baterias de 150 ou 170 AH ( lembrando que serão 2 baterias )

    o bom do sistema solar e que sendo bem dimesionado voce esquece da torre, nao da problema, principalmente no inverno que a energia da concessionaria tem muitas quedas e ocilacoes que queima seus equipamentos
    Chefe, uma coisa muito boa era aprender a escrever. Português bem escrito sempre é melhor para entender. Se essas baterias durarem mais de 2 anos você está perdendo dinheiro investindo em provedor. Amperagem de bateria não aumenta vida útil de bateria.
    Uma placa de 250w vai de dar muito sossego utilizando baterias de 63 ou 70 amperes. Compre na Therezina Baterias, Heliar Freedom. Fica perto do Albertão. Antes de querer chingar por causa do carão do português, eu sou da terra do poeta "Da Costa e Silva".



  5. #5

    Padrão Re: Energia solar

    A princípio o Nanobeam consome 8W de pico, SXT 90° mais 8W, airgrid uns 6W, e um switch de 5 ou 8p com só 3 ou 4 em uso uns 3 a 4W. Total de uns 25W de picos, em 12V isso dá 2A.hora, em um dia todo (24h) dá 48A. Pega 70% disso como realidade (Consumo de pico não corresponde ao real, o real depende do trafego, nível de sinal, potencia, pacotes perdidos, etc), e 70% de 48 dá pouco mais de 33A por dia.

    Sobre a opção de painel de 140W, ele tem captação diária, se bem posicionado, mais ou menos assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Tabela_KM140(P).png
Visualizações:	258
Tamanho: 	31,4 KB
ID:      	57206
    O numero exato depende de como posicionar o painel (Quantos graus de inclinação, orientação com relação ao norte), da época do ano (Se está mais pro sul terá captação melhor quando o sol descer pro trópico de capricornio), e da região, mas ta aí na tabela a média brasil, 38A captados por dia.

    Se seu equipto consumo 33A você tem uma margem de erro muito pequena, qualquer 2h de nuvens das 12 às 14h vai te dar menos captação que consumo, aí teria que colocar bateria bem grande, 140W em 12V dá quase 12A, e a carga ideal é feita com corrente de 10%, então a bateria ideal pra painel de 140W seria uma bateria de uns 120Ah.

    Mas que tal usar 24V? 2 paineis de 83W, com 2 baterias de 90Ah acho uma boa, ia ter margem pra 1 semana nublada.
    O problema de usar 12V é que os cabos precisam OU ser grossos OU ser curtos. Cabo PP de 1,5mm com consumo de 2A não devia passar de uns 4m, então colocar equipto no alto e painel em baixo não dá certo se for torre de uns 30m ou mais. Se a distancia entre equipamento e baterias for maior que uns 10m é bom usar cabo de uns 2,5mm, ou usar 24V.

    (Sobre 2 baterias em serie, isso dá 24V, pra isso precisa 2 paineis. Se quer usar 12V com 2 baterias tem que colocar elas em PARALELO, positivo com positivo e negativo com negativo)

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    A princípio o Nanobeam consome 8W de pico, SXT 90° mais 8W, airgrid uns 6W, e um switch de 5 ou 8p com só 3 ou 4 em uso uns 3 a 4W. Total de uns 25W de picos, em 12V isso dá 2A.hora, em um dia todo (24h) dá 48A. Pega 70% disso como realidade (Consumo de pico não corresponde ao real, o real depende do trafego, nível de sinal, potencia, pacotes perdidos, etc), e 70% de 48 dá pouco mais de 33A por dia.

    Sobre a opção de painel de 140W, ele tem captação diária, se bem posicionado, mais ou menos assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Tabela_KM140(P).png
Visualizações:	258
Tamanho: 	31,4 KB
ID:      	57206
    O numero exato depende de como posicionar o painel (Quantos graus de inclinação, orientação com relação ao norte), da época do ano (Se está mais pro sul terá captação melhor quando o sol descer pro trópico de capricornio), e da região, mas ta aí na tabela a média brasil, 38A captados por dia.

    Se seu equipto consumo 33A você tem uma margem de erro muito pequena, qualquer 2h de nuvens das 12 às 14h vai te dar menos captação que consumo, aí teria que colocar bateria bem grande, 140W em 12V dá quase 12A, e a carga ideal é feita com corrente de 10%, então a bateria ideal pra painel de 140W seria uma bateria de uns 120Ah.

    Mas que tal usar 24V? 2 paineis de 83W, com 2 baterias de 90Ah acho uma boa, ia ter margem pra 1 semana nublada.
    O problema de usar 12V é que os cabos precisam OU ser grossos OU ser curtos. Cabo PP de 1,5mm com consumo de 2A não devia passar de uns 4m, então colocar equipto no alto e painel em baixo não dá certo se for torre de uns 30m ou mais. Se a distancia entre equipamento e baterias for maior que uns 10m é bom usar cabo de uns 2,5mm, ou usar 24V.

    (Sobre 2 baterias em serie, isso dá 24V, pra isso precisa 2 paineis. Se quer usar 12V com 2 baterias tem que colocar elas em PARALELO, positivo com positivo e negativo com negativo)
    Esse tipo de resposta é o que se espera..



  7. #7

    Padrão Re: Energia solar

    O Rubem é o cara.
    Fiz um pop com energia solar mais ou menos como o amigo quer fazer e me ferrei.Não levei em consideração os aspectos
    técnicos que o Rubem mencionou.
    Fazer um pop com alimentação 12V é furada,pois aumenta o consumo e vai ter equipamentos com problema de alimentação.

  8. #8
    Avatar de Djaldair
    Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Matupá - MT
    Posts
    637
    Posts de Blog
    2

    Padrão Re: Energia solar

    Tenho 3 pop com energia solar, como foi mencionado até esqueço deles, todos funcionam em 12volts, mas o ideal é fazer o dimensionamento antes, como a tabela do @rubem, tenho um desses pop que ficou up mais de 8 meses, mas tem um que consome um pouco mais vez em quando desliga a noite, principalmente quando o dia anterior foi muito chuvoso. Utilizo painéis de 60watts e de 100watts, bateria freedom de 70Ah. Quanto ao tamanho do painel aconselho levar em consideração onde vai instalá-lo, se for colocar na própria torre, dê preferência por colocar dois painéis menores, devido ao vento, se for colocá-lo no chão ai não tem problema, veja as dimensões do painel antes de comprar. Boa sorte.



  9. #9
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    903

    Padrão Re: Energia solar

    O problema de se usar com 24 volts é que se tiver qualquer mau contacto no cabo de alimentação a voltagem na entrada pode chegar a 35 a 40 volts, necessitando para isso usar um regulador para em torno de 20 volts.
    O sistema de 12 volts é quando a bateria estiver já com 12,3 volts, é que no equipamento pode chegar só 9 volts aí sem net afff.
    Montar o sistema no alto da torre, tem o problema de atrito com o vento sobre o painel solar/painéis e peso(s) da(s) bateria(s).
    Usar o sistema com inversor pode ser a mais viável, mas precisa levar em conta sobre a perda(potencia consumida versus potencia fornecida).
    Alguns painéis vem com terra no positivo e o controlador o inverso, muito cuidado na hora de adquirir, e os equipamento o terra é o negativo no usual. Equipamento usados pelas grandes teles, costumam ser de positivo ser o terra e com 36 ou 48 volts, aliás muitos equipamentos da ubiquiti, mikrotik, motorola, huawei etc possui um inversor em sua entrada(entrada min. 10 volts/27 volts máx e saída 3,3 volts).
    Algumas regiões temos de tomar cuidado no inverno, e outras no verão onde horas de incidencia solar é menor, e comprar um gerador portátil pode ser útil.

  10. #10

    Padrão Re: Energia solar

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    A princípio o Nanobeam consome 8W de pico, SXT 90° mais 8W, airgrid uns 6W, e um switch de 5 ou 8p com só 3 ou 4 em uso uns 3 a 4W. Total de uns 25W de picos, em 12V isso dá 2A.hora, em um dia todo (24h) dá 48A. Pega 70% disso como realidade (Consumo de pico não corresponde ao real, o real depende do trafego, nível de sinal, potencia, pacotes perdidos, etc), e 70% de 48 dá pouco mais de 33A por dia.

    Sobre a opção de painel de 140W, ele tem captação diária, se bem posicionado, mais ou menos assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Tabela_KM140(P).png
Visualizações:	258
Tamanho: 	31,4 KB
ID:      	57206
    O numero exato depende de como posicionar o painel (Quantos graus de inclinação, orientação com relação ao norte), da época do ano (Se está mais pro sul terá captação melhor quando o sol descer pro trópico de capricornio), e da região, mas ta aí na tabela a média brasil, 38A captados por dia.

    Se seu equipto consumo 33A você tem uma margem de erro muito pequena, qualquer 2h de nuvens das 12 às 14h vai te dar menos captação que consumo, aí teria que colocar bateria bem grande, 140W em 12V dá quase 12A, e a carga ideal é feita com corrente de 10%, então a bateria ideal pra painel de 140W seria uma bateria de uns 120Ah.

    Mas que tal usar 24V? 2 paineis de 83W, com 2 baterias de 90Ah acho uma boa, ia ter margem pra 1 semana nublada.
    O problema de usar 12V é que os cabos precisam OU ser grossos OU ser curtos. Cabo PP de 1,5mm com consumo de 2A não devia passar de uns 4m, então colocar equipto no alto e painel em baixo não dá certo se for torre de uns 30m ou mais. Se a distancia entre equipamento e baterias for maior que uns 10m é bom usar cabo de uns 2,5mm, ou usar 24V.

    (Sobre 2 baterias em serie, isso dá 24V, pra isso precisa 2 paineis. Se quer usar 12V com 2 baterias tem que colocar elas em PARALELO, positivo com positivo e negativo com negativo)
    Muito bom.



  11. #11

    Padrão Re: Energia solar

    Tenho desde novembro rodando painel de 150w + moura clean 105a equipamentos ligados:
    1 - sxt
    2 - rb912
    1 - switch intelbras 8p
    Sai um cabo pp 2x2,5mm de 25mts até outra caixa com patch panel poe e um swith intelbras, tenho o mesmo sistema em mais 2 torres.

  12. #12

    Padrão Re: Energia solar

    amigo concordo quanto a gramatica, agora você provou que não entende muito de baterias, quanto maior a descarga (porcetagem) que a bateria (estacionaria) sofrer menor sua vida util, estude um pouco sobre bateria e vai ver.



  13. #13

    Padrão Re: Energia solar

    E a vida útil cai MUITO se fizer descarga profunda. Nem todo fabricante informa isso na ficha técnica mas a média de vida útil é essa:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         agm-battery-life-cycle-depth-of-discharge-characteristics.jpg
Visualizações:	68
Tamanho: 	35,6 KB
ID:      	57243
    A capacidade cai pra 60% de fizer 500 descargas de 50% da capacidade. E num sistema solar tem 1 descarga por dia, ou seja, em 17 meses a bateria de 100Ah passa a ter capacidade na verdade de apenas 60Ah.

    Se se dimensionar direito e fizer descarga de apenas 30% por dia, essa MESMA bateria vai chegar em 60% da capacidade em 1200 recargas, e 1200 dias são mais de 3 anos. Provavelmente em 4 anos essa bateria estará com metade da capacidade, aí ela vai ter consumo percentual (Com relação à capacidade) cada vez maior e o declínio da vida útil se acelera, de modo que não é fácil fazer bateria estacionária sobreviver 5 anos (Mas é facil matar elas em 2 anos, com sol direto na bateria, descarga profunda, carga desequalizada ou em corrente alta demais).

    Se o equipto consome 30A por dia, e existem dias sem sol (Sem carga consideravel, já que o equipto consome enquanto os paineis carregam), pra ficar nesses 30% de descarga por ciclo seria bom uma bateria de uns 100Ah ou mais. De 90Ah serviria. A grande diferença ocorre quando se compara uma bateria de 120Ah nesse caso (Descarga de 20% em dias sem sol) com uma de 50Ah (Descarga de uns 50% entre noite e uma manhã nublada), a bateria de 50Ah vai chegar a 2 anos com capacidade super-baixa, e a de 120Ah vai estar com capacidade insuficiente só depois de uns 5 anos. Mas o problema vai além, a de 50Ah (Pro consumo diário de 30A) vai ter capacidade insuficiente pra uma noite toda provavelmente em uns 15 meses, e em 1 ano vai descarregar se ficar uma tarde sem sol, ela vai criar muitos incomodos bem cedo, enquanto a de 120Ah no fim da vida só será inútil pra algo tipo 2 dias sem sol, mesmo no fim da vida útil elas tem usabilidades diferentes (A perda de capacidade é percentual, 20% de 120 é 24A, suficiente pra quase 1 dia todo, e 20% de 50 é apenas 10, que mal dá pra chegar sustentar o equipto até as 22h).

    (O problema do sol nem sempre é dia completamente nublado, mas sim a eventualidade de ter nuvens bem no horário que o sol está no melhor angulo com relação ao painel. Dá pra fazer o teste, usando lampada como carga é só ir medindo a tensão e virando o painel uns 2º de cada vez, dá pra ver a tensão variar 20 ou 30%, como a resistencia da lampada é fixa isso indica variação de 20 ou 30% na captação do painel, se tem céu limpo as 9 da manhã não necessariamente o painel vai estar captando mais que 30% da capacidade dele (Depende pra onde está virado, se pro norte, se está inclinado 5º, 10º, ou 2º), o momento em que a insolação chega nuns 3000W por metro quadrado seria quando o sol está nuns 40º pra frente do painel, e se o céu se encher de nuvem justo nesse horário (E somente nele) a captação do painel será bem reduzida, pra metade provavelmente! Então não adianta estar no norte do país e esperar sol o dia todo, sol tem, mas bem no horário que ele ficaria bom pra captar energia geralmente aparecem nuvens, aí as melhores regiões pra captação solar no brasil são no nordeste em regiões onde o micro-clima atrapalha a formação de nuvens entre digamos as 9h e as 16h. Por esse problema das nuvens os bons sistemas solares tem sun-trackers, que vão virando os paineis de manhã até a noite, pra otimizar a captação e não correr risco de ter nuvem justo no horário de sol no angulo ideal. Aí entra a capacidade bem maior da bateria, bateria que sustente o sistema todo por 1 semana é uma boa, não só pela possibilidade de céu nublado, mas pra bateria durar mais, cada dia ela teria descarga de uns 15 a 20%, se o painel fornecer corrente que corresponde a 10% da capacidade da bateria por dia, por 5 horas por dia, a bateria vai estar completamente recarregada em 3 dias (Se colocar painel muito grande, pra recarga completa em 1 dia de sol, vai fazer carga com corrente mais alta que o ideal, que com controlador solar comum só faz é reduzir a vida útil da bateria, carga rápida pode ser benéfica mas precisa controlador de carga apropriado (Que leva em conta temperatura, mudar os picos do PWM conforme tensão, que afere capacidade da bateria antes), se usar controlador típico só vai aquecer as celulas a toa, e depois que perderem 50% da capacidade elas vão morrer (Ter 0% de capacidade, vão agir como um capacitor de uns 10mF) de um dia pro outro, enquanto com corrente ideal na recarga (10% da capacidade) elas vão decaindo de forma previsível, de forma que dê tempo pra providenciar outra pra troca).