+ Responder ao Tópico

  1. Eu não tenho inversor grid tie. Uso o inversor do nobreak para utilizar a energia gerada do aerogerador. E sim o gerador tem imãs de neodímio. Comprei ele de um fornecedor artesanal de minas gerais. As pás têm 1,20, feitas em PVC e são em cinco. O aerogerador está a 8 metros de altura.

  2. Sobre o aerogerador, independente de ser feito em casa ou comprado, essa característica de precisar rotação muito alta pra geração plena não muda.

    O site www.otherpower.com existe faz muito tempo, lá por 2004 eu tentei fazer alguns geradores do estilo dos aerogeradores, gostei meia duzia de latas de resinas com vários modelos, meus pais só tinham energia solar e eu queria aproveitar uma roda d'agua 40RPM, dava pra fazer uma redução 10:1 pra ter gerador a 400RPM, circuito simples com 4 bobinas (Pra não pesar), imãs de neodímio, mas mal chegava a 20W de produção. Em casa, plugado na furadeira a 600RPM passava dos 40W de produção, e com 1200RPM queimei a lâmpada 12V 100W que usava pra teste, sinal que teve mais de uns 17V nela, e circulou mais de 100W, imagino que daria uns 150W. Mas... a roda nem ficava a 40RPM o tempo todo (Se tivesse 20W 24x7 já estaria bom), hora que havia consumo meio alto e casava com o momento que a roda estava empurrando o pistão com água, ela parava. Em outra represa depois metemos um dínamo 220V aí resolveu.

    A baixa rotação mata fácil a capacidade de qualquer conjunto gerador, alternador de carro chega fácil a 1600W (100A em 16V) em rotação alta (>3000RPM), mas na marcha lenta, com motor a 900RPM, a capacidade fica abaixo dos 200W as vezes (Descarrega a bateria se ficar horas na marcha lenta, com todos os faróis ligados. Em carro sem ar com alternados de 60A as vezes até com farol baixo a bateria morre depois de umas horas, pra lidar com gado em curral depois que escurece as vezes se faz isso, deixa o carro ligado com farol aceso, e tem carro que apaga depois de umas 3h por bateria sem carga), a subida na produção conforme a rotação não é uma rampa linear, é uma subida abrupta na capacidade de geração, se mediu 2000W a 180RPM, com vento fraco tipo 5m/s deve ficar nuns 60RPM e ter produção real na casa dos 300W.

    8m eu acho muito baixo pra pegar vento o suficiente, a não ser que seja local muito aberto, sem arvores ou construções por perto. De madeira geral eu diria que ele deve ficar uns 10m acima dos objetos próximos pra pegar o máximo de vento. Pra captação de água, em pasto sem nada de árvores por perto se coloca catavento a pelo menos 12m de altura, mas eles são muito maiores tipo com 24 pás, só se usa instalação a 9m quando é no alto de um relevo. Em local baixo, perto de rio, geralmente os fabricantes não dão garantia nenhuma de captação de água caso fique abaixo de 15m (Essa eu sei porque um roceiro aqui queria processar o vendedor de catavento, não leu as condições de uso e colocou a torre mais baixa quase do lado do rio, sendo que as baixas são feitas pra terreno elevado).



  3. Caros amigos, estou aqui de novo com mais uma dúvida para vcs... Quero medir a energia gerada pelo meu aerogerador. O construtor do meu solicitou leituras com um multímetro para verificar quanto ele está gerando, pois continuo achando que ele poderia dar mais autonomia ao banco de baterias. Mas no ML todos os vendedores que consulto dizem que seus aparelhos não possuem capacidade para 2000 watts. Alguém pode me ajudar citando algum modelo que possa ?

  4. A capacidade depende do vento.

    Um que promete 2000W vai fornecer 2000W provavelmente só com vento de uns 12m/s (Metros por segundo, multiploca por 3,6 (Pois a hora de 3600 segundos) pra saber quantos km/h dá, 12*3,6 = 43km/h). E 12m/s, ou 43km/h, é muito vento.

    Sua média talvez fique em 6m/s (20km/h), com um vento desse só um gerador de 30kW vai gerar 2kW.

    Tem alguma informação de média de vento na sua cidade? Se não tiver, o jeito é estimar por aqui:
    http://www.cresesb.cepel.br/publicac...Brasileiro.pdf

    O que pode fazer: Ligar o multímetro na escala de 10A, em série com o carregador, e ir vendo que corrente circula quando tem muito vento, e quanto circula quando tem pouco vento. Os multímetros comuns são pra 20A, e 20A em 24V são 480W, parece pouco, mas duvido que passe disso a maior parte do dia.

    Outro problema: Se as baterias já estão com 90% de carga, a corrente indo pra elas é limitada severamente, bateria vazia aceita corrente alta de carga (O começo é rápido), mas conforme carrega a resistência interna aumenta e a corrente circulando diminui, então se bateria já está quase carregada e dá uma rajada de vento forte, vai ir pouca corrente pras baterias. Vento forte na hora errada não ajuda muito, pra medir a corrente saindo do aerogerador teria que ligar um consumo no controlador de carga.

  5. Rubem, olá de novo, e obrigado pela disposição em ajudar. Quando vc diz Ligar o multímetro na escala de 10A, em série com o carregador, vc diz ligar no aerogerador? E outra dúvida, quando vc diz pra medir a corrente saindo do aerogerador teria que ligar um consumo no controlador de carga, o que vc quer dizer com consumo? Outro multímetro?






Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L