+ Responder ao Tópico



  1. #19

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Citação Postado originalmente por smashclever
    Citação Postado originalmente por Pedro0278
    Ficaram boas as fotos... só nao gostei das antenas Aquario (como o nome diz é um aquario) Todas dessa mesma ai que instalamos entraram água.

    Usamos agora aquelas de grade com o alimentador aberto tipo espinha de peixe.

    As antenas antigas da aquario confesso que era um lixo mesmo pedro, mas fui na fabrica deles la em maringa/PR no começo do ano e confesso, eles estao melhorando, essa antena por ex estao ai a 6 meses e ja deu pé dágua de deixar preocuado, mas nem virar com o vento virou, ela tem uma isolação boa, a galvanização dela também é show de bola, qualidde expcional, não tenho o que reclamar!
    Amigo, usando antenas direcionais aquarios para enviar sinal para os clientes não fica muito direcionada para um único lugar, tipo, se tem um cliente que fica a uma distância de 1000 metros bem na direção da antena, o sinal vai ficar ótimo, mais se tem um na mesma distância mais não tão na direção da antena, como fica, qual o ângulo em Graus que uma direcional pode trabalhar, sem ter que instalar outra, quatro antenas atingem 360 graus ?
    desculpe a minha ignorância, mais nunca usei, só omni mesmo, por isso posso tar falando coisa com coisa, me abre a mente ai por favor...

  2. #20
    Avatar de marcelomg
    Ingresso
    Jan 2006
    Localização
    São Lourenço do Sul, Brazil
    Posts
    1.476

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Teoricamente o angulo de irradiação dessas antenas de grade é de 10 graus, tenho um amigo na cidade vizinha q com 3 de grade cobre toda a cidade, não sei dizer como fica o sinal mas ele tá trabalhando a um bom tempo assim, mas usar essas antenas é ilegal, ultrapassa o potencia maxima permitida, imagine 24 dbis + 100 mw?!



  3. #21

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Citação Postado originalmente por marcelomg
    Teoricamente o angulo de irradiação dessas antenas de grade é de 10 graus, tenho um amigo na cidade vizinha q com 3 de grade cobre toda a cidade, não sei dizer como fica o sinal mas ele tá trabalhando a um bom tempo assim, mas usar essas antenas é ilegal, ultrapassa o potencia maxima permitida, imagine 24 dbis + 100 mw?!
    opa, vc tocou em um assumto que me interessa muito, o que vc quer dizer "potência maxima permitida" o que é, e qual máxima permitida ?

  4. #22

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Segundo mia interpretação da resolução 365/2004 da ANATEL , para frequencias na faixa de 2.4 - 2.4835 GHz, pode se resumir no seguinte:

    1) Nehum sistema pode ultrapassar a potencia maxima irradiada de 400 mW (26 dBm) porem em cidades de mais de 500.000 habitantes pode se pedir uma licencia especial.

    Potencia Irradiada = Potencia transmissor- perda do cabo+ ganho da antena

    2) A potencia maxima do transmissor nao deve ultrapassar os 125 mW (21 dBm)

    3) Caso seja sistema ponto a ponto, utilizando antena direcional (caso das antenas de grade), com ganho maior de 6 dB deverá se reduzir a potencia do transmissor em 1 dB por cada 3dB de ganho exedido pela antena.

    Exemplo: se tiver usando uma antena de grade de 24 dBi deverá reduziar a potencia do transmissor em (26 -6) / 3 = 6,6 dB aproximadamente. Se estiver usando um AP com potencia de saida de 21 dBm deverá se regular para (21 - 6,6) = 14,4 dBm.

    4) Resumindo : em nehuma hipotese a potencia irradiada (Potencia Transmissor - atenuação do cabo + Ganho da antena) deverá ser maior que os 400 mW ( 26 dBm). Isto faz o maior sentido pois dessa forma se evita as interferenças entre os varios usuarios da tecnologia. Posso assegurar categoricamente que 99% das interferenças que acontecem é devido ao des-respeito dessa norma pois a tecnologia 802.11 a/b/g não foi criada para alcances maiores que o radio de 1 Km porem existe a opção dos repetidores que nos permite atender uma cidade completa sem problemas.




  5. #23

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Citação Postado originalmente por emilidani
    Segundo mia interpretação da resolução 365/2004 da ANATEL , para frequencias na faixa de 2.4 - 2.4835 GHz, pode se resumir no seguinte:

    1) Nehum sistema pode ultrapassar a potencia maxima irradiada de 400 mW (26 dBm) porem em cidades de mais de 500.000 habitantes pode se pedir uma licencia especial.

    Potencia Irradiada = Potencia transmissor- perda do cabo+ ganho da antena

    2) A potencia maxima do transmissor nao deve ultrapassar os 125 mW (21 dBm)

    3) Caso seja sistema ponto a ponto, utilizando antena direcional (caso das antenas de grade), com ganho maior de 6 dB deverá se reduzir a potencia do transmissor em 1 dB por cada 3dB de ganho exedido pela antena.

    Exemplo: se tiver usando uma antena de grade de 24 dBi deverá reduziar a potencia do transmissor em (26 -6) / 3 = 6,6 dB aproximadamente. Se estiver usando um AP com potencia de saida de 21 dBm deverá se regular para (21 - 6,6) = 14,4 dBm.

    4) Resumindo : em nehuma hipotese a potencia irradiada (Potencia Transmissor - atenuação do cabo + Ganho da antena) deverá ser maior que os 400 mW ( 26 dBm). Isto faz o maior sentido pois dessa forma se evita as interferenças entre os varios usuarios da tecnologia. Posso assegurar categoricamente que 99% das interferenças que acontecem é devido ao des-respeito dessa norma pois a tecnologia 802.11 a/b/g não foi criada para alcances maiores que o radio de 1 Km porem existe a opção dos repetidores que nos permite atender uma cidade completa sem problemas.



    emilidani, agora me diz, quem nesse mundo respeita regras, se todo mundo respeitasse e entendesse que pra melhorar o sinal basta colocar repetidoras e não amplificador por exemplo, haveria espaço pra todos , masss como sempre sofremos com o a falta de fiscalização, o jeito é se segurar e torcer pra que a antena do vizinho caia heheheheh abraço valeu pela explicação!

  6. #24

    Padrão Re: Demorou mais tirei fotos do MK...

    Esta placa dlink dwl g520 aparece como no mikrotik? Ela deixa setar a potência até quanto?