+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Cabo, o que pode ser?

    bom dia...

    fui instalar uma antena na casa de um cliente e la ele ja tinha um cabo de uns 15 mts que ele tinha pego do vizinho... me parece que esse cabo era usado para internet ou tv a cabo.... eh um cabo coaxial que por fora me parece um plastico forte um pouco mais grosso que o rgc 58...

    intaum... instalei na casa desse cliente com esse cabo qnd fui verificar o sinal deu de 50 p mais, muito bom o sinal. mais qnd pesso para conectar ele n conecta nem a pau.

    obs. estou utilizando um ap g-120 em 200mw e ja verifikei o mac se o mac esta devidamente cadastrado no servidor.

    pois eh pessoal alguem pod me ajudar qnt a isso teria alguma solução? a naum ser retirar esse cabeamento e colocar outro? gostaria de uma explicação de vcs se for o cabo pq pode estar acontecendo isso.

    obrigado. abs

  2. #2

    Padrão

    BEBE,

    Esse cabo é para usar n maximo uns 8m no raio de 2km se vc usar setorial hyperlik, caso contrario use outro cabo que tem pouca perda de sinal, recomendo que verifique se o cabo está fechando, pois o rgc ou rg58 com 5m não tem perda significativa e da para usar, então até 9m é tolerante mais que isso não é bom fazer o uso do mesmo.



  3. #3

    Padrão

    Tem um povo aqui no forum usando um monte de cabos errados, to vendo a hora de usarem fita de antena de tv pra ligar a laca na antena wireless... esse caso é tipico de economia furada...

    primeiro nem o RGC 213 presta a 15mts; da muita perda... o ideal sera vc colocar um radio perto da antena e configurar.

    Na pior das hipoteses use bons conectores. Nao se pode usar qualquer tipo de cabo pra ligar wireless...

  4. #4

    Padrão

    pois é pessoal obrigado por responderem...

    mais creio q o problema n seja o tamanho naum... eu sei que qnt mais cabo mas perda e etc... mais eu tenho um cliente q ta com +- uns 20 mts de cabo... admito q ele perdeu bastante sinal mais navega uma blz e n tenho prob com ele...

    abs



  5. #5

    Padrão

    para falar a verdade.. o RGC 213 eh para 900mhz ... mas ele funciona mto bem em 2.4 em 50 oms ...

    agora tem nego no forum falando que ta usando 75oms... o cara tem q saber que OMS eh a resistencia... entao... dexa pra lah.. :P

    mas tipo.. rgc213 ateh 10mts no MAXIMO... caso precise usar mais.. coloque uma KODAMA proxima a antena.. e desce um cabo de rede ateh o pc.. :P

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexandrecorrea Ver Post
    agora tem nego no forum falando que ta usando 75oms... o cara tem q saber que OMS eh a resistencia... entao... dexa pra lah.. :P
    E a impendância também... senao nao existiria diferencas entre 75 e 50 ohms



  7. #7

    Padrão Cabo Eca

    Galera, quem usa ap, pega uma caixa hermetica de plastico gruda atras da antena e coloca o radio dentro da caixa e o pigtail direto na antena, com isso é certeza que não vai encomodar.

    abraços.

  8. #8

    Padrão Sem a intenção de criar polêmica...

    Citação Postado originalmente por Pedro0278 Ver Post
    E a impendância também... senao nao existiria diferencas entre 75 e 50 ohms
    Você tem toda razão: é impedância, e não "resistência"!



  9. #9

  10. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexandrecorrea Ver Post
    impedancia = resistencia
    Primeiramente, um abraço a nosso amigo alexandrecorrea ...

    Meu intuito é aprender com os mais experientes como o alexandrecorrea, denominado especialista aqui no under-linux, e eventualmente, ajudar no que eu puder. Talvez até debatendo alguns detalhes expostos por outros usuários; lembrando que posso estar errado e aprender com isso !

    Como já disse, não tenho a intenção de causar polêmica; mas como sou técnico em eletrônica, não concordo com esse conceito sobre resistência e impedância.

    Aprendí que, tecnicamente, impedância é o resultado da reatância capacitiva e da reatância indutiva em um determinado circuito.

    Primariamente, só apresenta impedância bobinas e capacitores. Mas como nem tudo é perfeito, quase todos os outros componentes também apresentam essas características, como o cabo coaxial, por exemplo. Um par de condutores longo comporta-se como um capacitor e indutor - por estarem emparelhados - havendo um campo elétricos entre os dois (como em um capacitor); além do fenômeno de indução de corrente entre os mesmos (comportando-se como uma bobina). É claro que os valores são pequenos, mas existem e são fatores que determinam a impedância do cabo coaxial.

    Um cabo coaxial possui impedância característica (50 ohm, no caso), caracterizado pela capacitância e indutância entre o condutor central, isolador e malha. Grosso modo, diz respeito à impedância entre o condutor central e a malha externa.

    Trabalhar com perfeito casamento de impedância entre os equipamentos, cabos, conectores e antenas, implica na máxima transferência de potência de sinal irradiante para o meio de transmissão (o ar, no caso).

    Possui também resistência ôhmica própria (especificada como resistência por metro nos “datasheets”), caracterizado pela espessura e tipo de material dos condutores (cobre, alumínio). Quanto mais grosso o condutor e mais puro o cobre, menor a resistência à passagem de corrente, tornando-o, portanto, melhor condutor.

    Uma característica da impedância é que esta varia conforme a freqüência (medida em Hz) da corrente elétrica circulante - ao contrário da resistência, que é sempre fixa - não sendo possível, portanto, medir-se a impedância com um multímetro comum; sendo necessário equipamentos mais sofisticados.

    Com um multímetro, podemos medir a resistência ôhmica do cabo coaxial, entre os dois extremos deste, mas jamais sua impedância. Fazendo uso do multímetro, podemos medir a resistência ôhmica de uma bobina, que normalmente possui um valor próximo de sua impedância reativa; mas é impossível medir qualquer impedância capacitiva (como a impedância dos cabos coaxiais).

    Portanto, seria errôneo definir impedância como a resistência elétrica (também medida em Ohms).

    Lembrando que estamos aqui mais para aprender do que ensinar ou corrigir, permanecendo portanto, aberto a qualquer correção ou crítica

    Espero ter ajudado...
    -
    Última edição por w4rh4ck3r; 14-03-2007 às 14:05.