Ver Feed RSS

Fiberhome

Cabos ópticos e normas ABNT

Avalie este Post de Blog
Diferentes tipos de cabos ópticos e suas aplicações.
Cabos com “tubo looses”:

  • As fibras possuem revestimentos de 250 μm e estão soltas dentro de um tubo;
  • Esta característica permite que a fibra seja um pouco maior que seu recobrimento, permitindo um movimento da fibra dentro do cabo;
  • Isto é importante para instalações externas onde as variações de temperatura podem provocar expansão ou contração da fibra;
  • Também confere uma proteção adicional à fibras durante a instalação do cabo;
  • O tubo geralmente possui um gel viscoso repelente a água;
  • Os cabos ópticos para planta externa tipo DD (duto) e AS (autosuportado) são constituídos com tubos looses.

Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMAGEM 1.png
Visualizações:	97
Tamanho: 	310,2 KB
ID:      	64015


Tipos de cabos e suas aplicações.


Cabo para uso subterrâneo em duto:

  • CFOA-SM-DD-G-36 FO
  • CFOA -> Cabo de fibra óptica de acrilato;
  • SM ou MM -> Tipo de fibra – monomodo ou multimodo;
  • DD ou DDR ou DE -> Uso em dutos, dutos protegidos contra roedores e diretamente enterrado. O cabo DD pode ser utilizado em redes aéreas espinadas com cordoalha;
  • G ou S -> Geleado ou Seco. Os cabos secos são adequados somente para redes aéreas;
  • 35 FO -> Número de fibras.
  • Até 144 fibras, reunidas em grupos de 2, 6 ou 12 fibras.


Cabo para uso aéreo:

  • CFOA-SM-AS-80-G-12-FO-NR
  • CFOA -> Cabo de fibra óptica de acrilato;
  • SM ou MM -> Tipo de fibra – monomodo ou multimodo;
  • AS ou ASU ou AS RA -> Autosuportado, autosuportado com tubo único;
  • 80 ou 120 ou 200 -> Vão entre postes;
  • G ou S -> Proteção contra umidade – gelado ou seco;
  • 12 FO -> Numero de fibras;
  • NR ou RC -> Tipo de capa – normal ou retardante a chama;
  • Ate 144 fibras, reunidas em grupos de 2, 6 ou 12 fibras. Os cabos com tubo único podem ter até 12 fibras.


Cabo para atendimento a clientes:

  • DROP-F8-FTTH-SM-G652D-02 FO-COG
  • DROP -> Cabo para Atendimento a clients;
  • F8-FTTH -> Tipo de cabo – cabo com mensageiro para ancoragem;
  • SM-G652D -> Tipo de fibra – monomodo ou multimodo;
  • 02 FO -> Número de fibras;
  • COG ou LSZH -> Tipo de capa – retardante a chama ou retardante a chama com baixa emissão de fumaça tóxica;
  • Até 12 fibras, reunidas em um único grupo.


Cabo compacto para atendimento a clientes:

  • CFOAC-BLI-A/B-CM-01-AR-LSZH;
  • CFOAC -> Cabo de fibra óptica de acesso;
  • BLI-A/B ou SM -> Tipo de fibra – monomodo com baixa sensibilidade à curvatura ou multimodo;
  • CM ou CD -> Tipo de mensageiro – compacto metálico ou compacto dielétrico;
  • 01 -> Número de fibras;
  • AR ou CO -> Coeficiente de atrito da capa – atrito reduzido ou convencional;
  • LSZH ou COG -> Tipo de capa – retardante a chama ou retardante a chama com baixa emissão de fumaça tóxica;
  • Em geral são cabos de 1 a 8 fibras.



Código de cores das fibras ópticas
Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMAGEM 2.png
Visualizações:	2132
Tamanho: 	13,4 KB
ID:      	64016

Código de cores dos tubos looses
Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMAGEM 3.png
Visualizações:	840
Tamanho: 	13,6 KB
ID:      	64017

Piloto e direcional definem a sequência para cabos padrão ABNT
Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMAGEM 4.png
Visualizações:	256
Tamanho: 	99,9 KB
ID:      	64018

Comentários

  1. Avatar de TreiscBr
    Bom dia! Me veio, hoje, um site de fabricante de componentes óticos e, gostaria de saber dos demais, que atuam já neste campo, dos componentes neste site, qual deles estão utilizando mais, ou de que este site não tenha tudo, falta alguns outros tipos de componentes. Agradeço saber da galera aqui, quais seriam na real os componentes que estariam usando, ou se ligam os cabos óticos diretos, sem filtros, ou sem atenuadores, só para ter idéia da vastidão de como estaria o mercado, hoje. http://http://opticres.com/
  2. Avatar de TreiscBr
    Outra questão, ao ler este artigo, que dou parabéns ao FIBERHOME, muito bom, excelente. Eu, por ser técnico especializado em mecânica fina e isto tudo ai é mecânica fina, mas já trabalhei com cabos óticos na década de 80, não era tão quanto assim, era mais rústico para finalidades na medicina, e outros, não era tão quanto empregado hoje. Se alguém necessitar de um documento do CREA, da famosa ART de engenheiro, estou à disposição, para contato temos hoje o zap ou whatsapp segue o meu caso alguém deseje algum tipo de informação, porém a explanação ai do FIBERHOME para mim é novidade dos tempos de hoje, fiquei desde a década de 80, sem mexer mais com cabos óticos assim estou marginalizado nisto, reconheço a minha ignorância atual, mas como todos nós fazemos outro tipos de serviços, por que cada um tem uma profissão, e assim um que não seja de um campo, recorre a outro. Muito bom, o artigo aqui, fiquei maravilhado pelo expert FIBERHOME.

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L