Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L


Página 6 de 6 PrimeiroPrimeiro ... 23456
+ Responder ao Tópico

  1. Pode ter bitola fina quando a inteção é apenas não levar choque, tipo em chuveiro, fogão, geladeira, computador... mas quando o fio do aterramento vai conduzir orrentes maiores, como um raio, a bitola do fio não deve ter relação com o fio da alimentação.

    Se você leva a alimentação com fio de 3mm², mais que suficiente pra maioria dos equipamentos de telecom, vai usar aterramento com fio de 3mm²? Aterramento que derrete caso circule mais de 30A? (Mas que aguenta 10A de corrente por uma vida toda sem problemas)

    O mínimo recomendado para para-raio (Aterrando uma torre ela vira um grande para-raio) é 16mm², vai usar alimentação com fio mais grosso que isso? (Só se tiver um motor de 10KVA em cima... fio de 8mm² leva 40A sem problemas (Sem aquecimento, sem nenhum efeito químico de longo prazo) nenhum. 40A em 127V são 5KW, que equipamento de telecom consome isso?)

    Quantos aos 8 ohms de resistencia do solo, sem problemas, não é otimo mas é bom, mas a questão não é ter uma resistencia baixa no solo, mas sim o que fazer quando tem resistencia alta: Colocar mais astes. Se a resistencia do solo no metodo das 4 astes fica em 4 ohms você coloca digamos 4 astes de 2m cada, a 1,5m uma da outra, mas se a resistencia é de 8 ohms você não dobra a quantidade de astes, mas multiplica por digamos 1,5, seriam então 10 astes numa malha (Não em linha reta) de 1m de distancia entre elas. Isso é exemplo hipotético, tem que fazer o calculo de altura e area a ser protegida, é só pra dar um exemplo do que muda quando a resistencia do solo muda.
    (Claro que 4 astes de 2m em solo de 5 ohms é pra para-raio nanico de 10m de altura, aterramento decente pra para-raio é coisa de duzias de astes em malha, bem diferente de aterramento pra não levar choque quando encostas descalço no PC, ou pro aterramento pra evitar DDP alto entre neutro e terra de ar-condicionado, ou do aterramento basico pra apenas a malha dos cabos para que nenhuma alta tensão seja induzida e queime o trafo/driver (lan) dos equipamentos (Ubiquiti especialmente, que tem trafo feito com açucar pelo visto, não pode ver chuva que já queima)

    Se não vai ter astes em quantidade adequada pra um aterramento decente, se vai só aterrar a estrutura da torre e não usar para-raio isolado, não se estressa tanto com bitola de fio, qualquer coisa de 16mm² pra cima resolve (Aqui no interior, 1000Km da capital, 4000Km de RJ/SP, o fio de aço-cobreado de 16mm² pra aterramento está R$ 4,5 o metro, pra torre de 30m dá uns R$ 160 em fio, mais barato que as astes (R$ 30 a de 2m, uso 6) e isoladores (Se não me engano R$ 20 cada, uso 15). Enfim, o fio é o menor dos custos, de 16 pra 25mm² muda pouco o preço, e nem são muito mais caros que cabo emplastificado de cobre de 10mm (Fio rígido pra instalação interna, que tem doido que usa pra aterramento), que está uns R$ 3,5 a 4 o metro, economia mínima que estoura no primeiro raio (Mas se a estrutura é baixa, e a intenção é apenas aterrar malhas pra evitar indução, não terá raio, portanto nunca dará problema, apesar de não ser recomendavel isso funciona quando não leva raio (Não é recomendavel porque qualquer coisa exposta pode levar um raio na cabeça).


  2.    Publicidade


  3. Pra aterrar uma torre que está a 200 metros de uma grande lagoa, cavando 1 metro já acha água, quantas astes seriam necessárias?

  4. A grosso modo você precisa qualquer resistencia de solo abaixo de 4 ohms, solo molhado geralmente tem resistencia nessa faixa.

    SE você medir com o terrometro, no metodo das 4 astes, e determinar que perto dessa lagoa, com astes de 2m a 90cm de profundidade, a resistencia é de 4 ohms, meta 2 astes de 2m a 2m uma da outra e seja feliz.
    (Até que a agua baixe e a resistencia do solo aumente...)

    Se você medir com o terrometro resistencia tipo 40 ohms (Agua as vezes fica sobre a argila, argila tem resistencia alta) devido a estratificação do solo, precisará baixar de 40 pra 4 ohms, veja um jeito de calcular como diminuir isso usando malha:
    http://www.mspc.eng.br/tecdiv/para-raios-210.shtml
    No último calculo, malha, com aste 1/2" de 2,4m (Curioso, aqui só tem de 2m), 2m de distancia, 9 astes, resistividade de 40 ohms, cabo de 35mm², em profundidade de 0,8m, terá 3,5 ohms de resistencia total, então 9 astes assim seria suficiente.

    Aqui é solo arenoso, mesmo molhado a resistencia fica acima de 300 ohms, aqui precisaria 64 astes de 3m, a 4m umas das outras, pra chegar a 4 ohms. 64 hastes de 3m!!!! Esse valor varia muito conforme o solo, por isso é imprescindível medir com terrometro, o tipo de solo muda 3 ou 4 vezes em 10.000m² (1 quarteirão daqui, 1 hectare), de modo que a resistencia do solo muda junto, nunca muda radicalmente de 500 pra 5 ohms, mas muda de 200 pra 100.

    Se a torre for alta (50m, digamos), aumente a bitola do fio também na malha, tipo de 35 pra 50mm, e coloque umas astes a mais por precaução (Vai que a lagoa baixa e a terra seca), a medida da resistencia é sujeita a falhas mas mesmo que ela seja excelente a descarga no solo nem sempre será, tem sempre aquele 1% de risco de dano.

    Se não quer usar haste, prefere fio enterrado, no link tem o calculo, no seu caso acho complicado confiar na umidade sempre presente da agua, se a 1m tem agua mas a 1,5m tem argila isso pode ter uma condutividade muito ruim, quando tem gente por perto (Casas, escolas, escritórios) é melhor enterrar mais os dissipadores, se usa poço as vezes por isso, ou espalha tipo malha pros lados, ou tipo poço pra baixo, quanto mais proxima de 0 ohms a resistencia conseguida melhor, mas o mínimo recomendado é 4 ohms.

    Outra coisa que pode ser usada, que não é tão comum no brasil, são as pontas pra descarga no ar, tipo isso:
    http://www.towerbeacon.com/lightning-protection.htm
    Raio é coisa inconstante, difícil de reproduzir sempre igual em laboratorio pra poder analisar, então falta materia prático sobre a funcionalidade dessas buchas dissipadoras de estática.
    (Você verá ponteiras curiosas do meio de torres mundo a fora por isso, trocar com o ar um pouco da carga estática, pra diminuir que seja 0,001% das descargas. Naquele video da troca de lampadas a 540m de altura ( , provavelmente com uns 3000V em relação ao terra) por isso você não vê o cabo do aterramento)


  5.    Publicidade




Tópicos Similares

  1. Respostas: 13
    Último Post: 22-05-2012, 18:57
  2. Respostas: 2
    Último Post: 13-03-2008, 08:59
  3. Proteção para equipamentos no Litoral
    Por haas no fórum Redes
    Respostas: 14
    Último Post: 10-12-2005, 14:04