Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Valor médio de torres

    ei povo... assim ó... galvanizar torre: é só depois de pronta pra galvanizar a solda junto! quanto a danificar a parede do tubo, usando a amperagem e espessura correta nao tem problema em usar tubo... fica bem melhor com tubo devido a relação peso x capacidade estrutural.. e fica mais confortavel pra trabalhar, pra fixar as antenas sem tuporte..... quanto a valores... varia de lugar pra lugar.... ainda mais com a economia brasileira como esta..

  2. #22

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Como falei 8k sai a torre montada, com mão de obra, cimento, areia,brita, galvanização,cordoalhas,esticadores,parafusos galvanizados,para raios,iluminador, anti torção,eu não coloquei a mão em nada torre toda na cantoneira desde a estrutura lateral como o cruzamento interno,realmente achei o valor em conta.



  3. #23

    Padrão Re: Valor médio de torres

    só o para raio custa 2k

  4. #24

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por AndrioPJ Ver Post
    A diferença entre o tubo galvanizado e o normal é de uns R$ 20,00 por tubo.
    No final, a diferença na ferragem de uma torre 30m galvanizada para outra de ferro, não passa de R$ 400,00


    Uma torre de ferro, tubular de 30m, tem um custo entre R$ 1000,00 e R$ 1250,00 para o serralheiro.

    Uma torre galvanizada tubular de 30m, tem o custo de R$ 1500,00 para o serralheiro.
    Isso contando ferragem, pintura e acabamento.
    Vamos adicionar ai + R$ 100,00 de mão de obra por metro (o que já acho um valor elevado).
    A torre no chão sairia por R$ 4500,00

    O pessoal cobrou R$ 3500,00 de mão de obra para instalação da torre?
    Caro heim...


    Tanto a tubular, como a cantoneira... você pode fazer a galvanização posterior a soldagem.

    De qualquer forma, é como eu disse, existe todo um preparo antes, durante e após.
    quando se solda ferro galvanizado.

    Aqui podemos encontrar algumas dicas:
    http://www.creadigital.com.br/portal?txt=3377393035
    Andrio, sabe que eu sempre fecho com você. Mas me permita neste caso discordar.
    O preço do elemento galvanizado não é tão baixo em comparação com o ferro carbono utilizado normalmente. Pelo menos eu não encontrei esta diferença de preços que você citou na época que pesquisei.

    E depois neste link do laudo que você citou, coincide em linhas gerais com o que eu citei. A solda pode afetar a superficie do elemento. E uma boa proteção sobre a solda pode ajudar a prevenir. Foi o conselho que o engenheiro deu no laudo.

    Só que numa situação de tubo fica muito complicado fazer esta proteção por dentro em cada ponto de solda. Só se enchesse o tubo de tinta e daí retornasse o excesso.
    Além disso no caso citado, o companheiro recebeu a torre pronta incluindo projeto civil e estrutural.
    Eu fiz algumas torres e sei que o preço final é bem além do preço baixo que vários citaram e gostariam de conseguir. Logicamente que vai depende muito do material empregado. Uma torre de cantoneira com 1"x 1/8 é uma coisa. A mesma cantoneira 1"x3/16 já muda de figura.
    Mas já vi muita torre com cantoneira de 3/4"x 1/8. Esta são aquelas que normalmente ao espichar um estaio, a torre se entorta. Daí vai no outro lado e puxa o outro estaio para trazer para o prumo. E assim vai, módulo por módulo para quando chegar lá no fim o sujeito olhar e ver que está uma minhoca.

    Uma barra de cantoneira 1" x 3/4 por 6metros está cerca de 35 reais se não me engano. Faz tempo que não compro. Pode ser que na sua região tenha preços bem melhores.
    E dizer que meu bisavô podia ter sido sócio do avô do Jorge Gerdau. Daí custos não era problema hehehe; Mas o velho não quis saber de morar em cidade grande, isso lá pelo início do século 20. O João Gerdau era sócio do meu bisavô numa ferraria...e meu bisavô não quis ir junto para São Leopoldo fabricar pregos...



  5. #25

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMG-20141130-WA0007.jpeg
Visualizações:	301
Tamanho: 	959,3 KB
ID:      	56121

  6. #26

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por AndrioPJ Ver Post
    legal...
    acho que para suportar isso a bitola da chapa deve ser maior, mais grossa.
    e quanto mais grossa, maior o valor da ferragem.
    Talvez seja isso que aumentou o custo.

    aqui fizemos levantamento de custo com tubo 1 polegada para até 30m.
    e 1.1/4″ polegada para acima de 30m.
    todas chapa 14.


    Estou pensando em bancar essas torres pequenas de até 24m.
    o valor que eu pago para terceiros em uma, eu consigo fazer duas com o mesmo valor.
    Sim vc tem quem faça pra vc na faixa hehe, ja eu male mal consigo fazer os meus suporte kkkk.

    Agora pretendo comprar um projeto para auto portantes até 30mts, pois aqui lote inflacione d+. Tanto que tenho uma de 40mts na loja e nao consegui local para ela aqui a um preço acessivel



  7. #27

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Andrio, sabe que eu sempre fecho com você. Mas me permita neste caso discordar.
    O preço do elemento galvanizado não é tão baixo em comparação com o ferro carbono utilizado normalmente. Pelo menos eu não encontrei esta diferença de preços que você citou na época que pesquisei.

    E depois neste link do laudo que você citou, coincide em linhas gerais com o que eu citei. A solda pode afetar a superficie do elemento. E uma boa proteção sobre a solda pode ajudar a prevenir. Foi o conselho que o engenheiro deu no laudo.

    Só que numa situação de tubo fica muito complicado fazer esta proteção por dentro em cada ponto de solda. Só se enchesse o tubo de tinta e daí retornasse o excesso.
    Além disso no caso citado, o companheiro recebeu a torre pronta incluindo projeto civil e estrutural.
    Eu fiz algumas torres e sei que o preço final é bem além do preço baixo que vários citaram e gostariam de conseguir. Logicamente que vai depende muito do material empregado. Uma torre de cantoneira com 1"x 1/8 é uma coisa. A mesma cantoneira 1"x3/16 já muda de figura.
    Mas já vi muita torre com cantoneira de 3/4"x 1/8. Esta são aquelas que normalmente ao espichar um estaio, a torre se entorta. Daí vai no outro lado e puxa o outro estaio para trazer para o prumo. E assim vai, módulo por módulo para quando chegar lá no fim o sujeito olhar e ver que está uma minhoca.

    Uma barra de cantoneira 1" x 3/4 por 6metros está cerca de 35 reais se não me engano. Faz tempo que não compro. Pode ser que na sua região tenha preços bem melhores.
    E dizer que meu bisavô podia ter sido sócio do avô do Jorge Gerdau. Daí custos não era problema hehehe; Mas o velho não quis saber de morar em cidade grande, isso lá pelo início do século 20. O João Gerdau era sócio do meu bisavô numa ferraria...e meu bisavô não quis ir junto para São Leopoldo fabricar pregos...


    insisto.... torre se fabrica com ferro comum e galvaniza depois de pronta pra galvanizar a solda, ´por imersão a zinco e estanho deretidos, penetra por dentro do tubo tambem... nunca se faz antes sodar

  8. #28
    Avatar de Djaldair
    Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Matupá - MT
    Posts
    637
    Posts de Blog
    2

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Esse negócio de valores de torre sempre dá polêmica, lógico se a torre for construída com projeto, memória de cálculo e tudo mais o valor vai ser bem alto, mas quem adquiri uma torre documentada tem segurança. Eu também acho caro para comprar pronta, por isso fabrico e monto minhas torres, não podemos basear o valor de uma torre pronta só pelo valor do material usado, quem fez Administração sabe que todos os custos e despesas envolvidas devem ser rateados por metro. Quanto a montagem também não tiro a razão de quem monta cobrar um valor alto, pois afinal o cara está arriscando a vida.



  9. #29

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por mpsnet Ver Post
    só o para raio custa 2k
    Pra que para raio?
    A própria torre é um ótimo para-raio.
    Se colocar outro ao lado, corre o risco de ter retorno.

    Quando for colocar uma torre, antes de fazer a base dela... mandem furar, ai no buraco coloque uma barra de cobre, coloque a base e ligue-a a barra de cobre.

    depois de pronta a torre, basta colocar as outras barras de cobre.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Andrio, sabe que eu sempre fecho com você. Mas me permita neste caso discordar.
    O preço do elemento galvanizado não é tão baixo em comparação com o ferro carbono utilizado normalmente. Pelo menos eu não encontrei esta diferença de preços que você citou na época que pesquisei.

    E depois neste link do laudo que você citou, coincide em linhas gerais com o que eu citei. A solda pode afetar a superficie do elemento. E uma boa proteção sobre a solda pode ajudar a prevenir. Foi o conselho que o engenheiro deu no laudo.

    Só que numa situação de tubo fica muito complicado fazer esta proteção por dentro em cada ponto de solda. Só se enchesse o tubo de tinta e daí retornasse o excesso.
    Quanto ao preço:
    Aqui nós fizemos o orçamento na Açofer e em mais outras duas.
    Acima de uma certa quantidade de tubos, o valor ficava a preço de industria... ou seja, era vendido a Atacado.
    A diferença entre UM tubo normal 6M e um tubo galvanizado 6M ficava em torno de R$ 20,00

    Sobre o link:
    eu postei aquele link para que você desse uma olhada na forma como ele recomenda fazer o acabamento.
    Mas existe inúmeros outras matérias/tutoriais na internet, inclusive videos no youtube... falando em como soldar, preparar os tubos antes, fazer o acabamento e pintura.

    Mas claro que a melhor forma é fazer a galvanização depois (independente de ser tubular ou não).

  10. #30

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por mpsnet Ver Post
    insisto.... torre se fabrica com ferro comum e galvaniza depois de pronta pra galvanizar a solda, ´por imersão a zinco e estanho deretidos, penetra por dentro do tubo tambem... nunca se faz antes sodar
    Que que eu disse, hehehe Citei ele só para que aparecesse por aqui
    Taí o Marciano que também já andou pelos caminhos da construção de torres.

    E complementando, mesmo que utilize ferro galvanizado, depois tem que galvanizar tudo de novo. Então o negócio é começar com ferro carbono mesmo.
    No caso de usar cantoneiras, se fica difícil para mandar galvanizar, faz uma boa pintura com zarcão.

    Tchê, não sei se tu chegou a ver a última que fizemos quando esteve aqui. 18 metros autoportante. Tá lá que é uma beleza. Mas neste caso a chumbada dela no chão ficou quase mais que a ferragem.

    Então ficamos assim. para uns ficou cara a torre do companheiro, para outros ficou no preço e para outros ficou barata.
    é isso que marca um sistema democrático, divergimos mas não brigamos. Muito bom.



  11. #31

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Eu percebi uma coisa. Que ao soldar material já galvanizado ele se inflama e torna porosa. Cuidado! Outro detalhe, aterramento pode apenas aterrar a torre como a vivo faZ, porém o ideal é junto por um cabo de decida de cobre devido à velocidade e perda do ferro comum que por em risco os equipamentos. Lembrando q 99% dos raios são cargas negativas de alta tensão VCC que descem do céu, Franklin do para raio tem q estar em contato com a torre pra não ter diferença de potencial
    Última edição por mpsnet; 03-12-2014 às 12:38.

  12. #32

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Fiz uma fundação aqui para torre autoportante leve de 48mts, gastei uns 4mil reais.



  13. #33

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por mpsnet Ver Post
    Outro detalhe, aterramento pode apenas aterrar a torre como a vivo faZ, porém o ideal é junto por um cabo de decida de cobre devido à velocidade e perda do ferro comum que por em risco os equipamentos.
    Esse lance de para-raio é algo que foi muito discutido aqui no forum, e vira e mexe o assunto volta a tona.

    Já foi postado diversos estudos, etc e tal.

    Mas o ponto crucial foi ver alguns amigos comentando que seus problemas acabaram depois que retiraram o para-raio e o seu cabo (o de descida do para-raio), e ligaram as barras de cobre diretamente na torre...

    Pelo que eles comentaram, aquele para-raio ajuda a atrair mais ainda o raio e que aquele cabo dele dava um diferencial/retorno.
    De fato, essa experiencia deles foi de encontro com alguns estudos/teorias que foram postadas aqui no fórum a muito tempo atrás.

    depois disso tudo, passei a fazer mesma coisa.
    Meu vizinho já viu um raio bater diretamente na torre (já que ele alegou ter visto uma bola de fogo na ponta) e pra não dizer que não tive problemas... apenas um equipamento resetou.

    Citação Postado originalmente por delegato Ver Post
    Fiz uma fundação aqui para torre autoportante leve de 48mts, gastei uns 4mil reais.
    interessante...
    Quantos buracos foi feito? e a profundidade?

  14. #34

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por AndrioPJ Ver Post
    Esse lance de para-raio é algo que foi muito discutido aqui no forum, e vira e mexe o assunto volta a tona.

    Já foi postado diversos estudos, etc e tal.

    Mas o ponto crucial foi ver alguns amigos comentando que seus problemas acabaram depois que retiraram o para-raio e o seu cabo (o de descida do para-raio), e ligaram as barras de cobre diretamente na torre...

    Pelo que eles comentaram, aquele para-raio ajuda a atrair mais ainda o raio e que aquele cabo dele dava um diferencial/retorno.
    De fato, essa experiencia deles foi de encontro com alguns estudos/teorias que foram postadas aqui no fórum a muito tempo atrás.

    depois disso tudo, passei a fazer mesma coisa.
    Meu vizinho já viu um raio bater diretamente na torre (já que ele alegou ter visto uma bola de fogo na ponta) e pra não dizer que não tive problemas... apenas um equipamento resetou.


    interessante...
    Quantos buracos foi feito? e a profundidade?
    Aqui foi um buraco triangular de 3mt x 3mt x 3mt e 3.5mt de profundidade para a base concretada no chão. A torre começa com 2.70mt.



  15. #35

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Já vi vários caso como este, vi que em todos os casos nenhum foi usado aterrometro, pra medir a capacidade de descarga e calcular corretamente o número de antes no solo. Que varia de solo pra solo, Nem foi usado solda exotermica pra uni os pontos. Em fim, para raio bom não reseta nem queima equipamento. Para raio ruim só atrapalha e puxa raio. E melhor nem ter dai. Pode ter certeza disto.

  16. #36

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Verdade esta questão do pararraios.

    Ter ou não ter acaba sendo uma decisão pessoal, desde que não dê para fazer da forma correta como o Marciano citou.
    Mas com certeza existe esta forma correta, senão não teria engenheiro fazendo projetos específicos para isso.
    Nunca usamos terrometro porque não temos, muito menos solda exógena, mas temos torres com pararraios e torres sem pararraios e o resultado tem sido o mesmo.
    Passamos por várias tempestades elétricas bem 'cabeludas' nos últimos tempos e temos aguentado firme.
    Pode ser pura sorte... pois não dá para garantir a qualidade do aterramento.

    Apesar de que muitos dizem que o grande problema não é nem o raio direto na torre mas a indução provocada por raios próximos. Porém creio que um projeto bem elaborado vai levar em consideração isso também



  17. #37

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Verdade esta questão do pararraios.

    Ter ou não ter acaba sendo uma decisão pessoal, desde que não dê para fazer da forma correta como o Marciano citou.
    Mas com certeza existe esta forma correta, senão não teria engenheiro fazendo projetos específicos para isso.
    Nunca usamos terrometro porque não temos, muito menos solda exógena, mas temos torres com pararraios e torres sem pararraios e o resultado tem sido o mesmo.
    Passamos por várias tempestades elétricas bem 'cabeludas' nos últimos tempos e temos aguentado firme.
    Pode ser pura sorte... pois não dá para garantir a qualidade do aterramento.

    Apesar de que muitos dizem que o grande problema não é nem o raio direto na torre mas a indução provocada por raios próximos. Porém creio que um projeto bem elaborado vai levar em consideração isso também
    "Não existe projeto algum que irá proteger os equipamentos elétricos e eletrônicos contra interferências eletromagnéticas causadas pelas descargas atmosféricas".

    Existem estudos e projetos que dizem que a torre em si tem maior condutividade do que um cabo de 10mm, devido a "massa metálica" da torre. Logo, basta ligar as barras de cobre do aterramento diretamente na torre.

    Também existem estudos e projetos que dizem que aquele captador (do para-raio) ajuda a puxar mais raio para a torre.
    E como dito acima, o problema em si não é o raio cair na torre, ja que um bom aterramento deve ser capaz de descarrega-lo... O problema é a interferência eletromagnética causada pela descarga.

    como disse anteriormente, aqui no forum já foi discutido muito esse assunto, eis alguns topicos, inclusive tem um relato do Kleber Brasil onde ele seguiu a orientação de um engenheiro da BrT/OI:

    https://under-linux.org/showthread.php?t=132965

    https://under-linux.org/showthread.php?t=101880

    https://under-linux.org/showthread.php?t=89843

    https://under-linux.org/showthread.php?t=160947

  18. #38

    Padrão Re: Valor médio de torres

    andriopj descordo de totalmente de sua opinião, mas eu a respeito! sem mais.



  19. #39

    Padrão Re: Valor médio de torres

    Citação Postado originalmente por mpsnet Ver Post
    andriopj descordo de totalmente de sua opinião, mas eu a respeito! sem mais.
    como disse, não é apenas minha opinião...
    acesse os links que enviei e verá bastante debate sobre esse assunto, alguns postaram estudos/projetos.... teve até sugestão de engenheiro (como no caso do Kleber Brasil)
    Mas existe muitos outros topicos aqui no forum falando sobre isso, tem muito material para estudar.
    Não somente aqui, mas até na lista da Anid já foi discutido esse assunto.
    E de todos, o que testei e comprovei que realmente dá certo, foi o que disse acima:

    Não colocar o captador, e fazer o aterramento apenas da torre.

  20. #40

    Padrão Re: Valor médio de torres

    a parte de sua opiao q discordei foi de que "NAO EXISTE PROJETO A PROVA DE RAIO"

    existe sim, chama-se conhecimento e capricho...

    raio é uma coisa bastante atípica. de energia incalculável, sempre havera discussões, eu mesmo sempre defendi o uso de aterramento na massa da torre e o não uso de captador quando a estrutura for metálica.. o problema q nos provedores usamos geralmente torre estaiada , sem massa suficiente pra dissipar a energia.. quando o aterramento é grande e inferior a a 3 ohms, vc pode tranquilamente estar em cima da torre e tocar no cabo de decida no ato do raio q voce nao leva choque, pq o aterramento neutraliza a carga... te digo isto pq aprendi com um engenheiro eletrico da area de telecom e eu mesmo tenho 16 anos de experiencia e estudo na area,,, sendo só de telecom.. voce ja viu quantas vezes as grandes operadoras (oi vivo embratel) trocam equipamento nas torre? raramente ! mas pq ? equipamento com carcaça blindada e aterrada com fio de COBRE, aterramento com pontos soldado com solda exotérmica, eles nao sae espetando barra até dar na telha, eles espetam e o engenheiro no ato ja calcula com referencia da massa³ vs dados do aterrometro...